Um homem foi detido pela polícia civil de Maraú, acusado de furtar dois relógios, um celular, quatro perfumes, além de bebidas em uma casa e estabelecimento comercial no povoado de Algodões, no dia 20 de abril. O suspeito confessou o crime e indicou a localização dos objetos furtados.
Em depoimento, o acusado alegou ter furtado Do comércio um revólver calibre 38, com 10 munições e disse ter vendido por 1.050 para um indivíduo de UBATÃ. A delegada de Maraú, Andreia Oliveira, acionou o delegado de UBATÃ, Lane Andrade que prendeu o comprador do revólver com 16 munições em posse do receptador que foi autuado em flagrante.