WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia






SECRETARIA DE SAÚDE CONFIRMA MAIS 04 NOVOS CASOS ATIVOS DA COVID-19 EM BARRA GRANDE

Maraú tem 20 casos ativos da COVID-19 e 375 curados de acordo com o boletim da Secretaria de Saúde desta segunda-feira, 26. Foram confirmados mais 04 casos ativos em Barra Grande, através do exame RT-PCR.

A Vigilância Epidemiológica registrou  05 novos casos suspeitos: 01 na Sede, 01 em Algodões e 03 em Barra Grande. Foram descartados 01 caso suspeito em Taipu de Dentro e 01 em Barra Grande. Maraú tem 1 óbito por outras causas, já que um paciente infectado com a COVID-19, morreu em decorrência de outra patologia.

Até a presente data, Maraú contabiliza, 402 casos confirmados, 375 pacientes recuperados, 20 ativos, 6 óbitos, 22 suspeitos, 22 aguardando resultado e 439 casos negativos. Disk Covid (73) 9 9965-9338 – (73) 9 9836-5649.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta a população a reforçar as medidas sanitárias definidas para evitar a disseminação da COVID-19, utilizando máscaras caseiras, realizando a higienização adequada das mãos, evitando contato físico (mantendo a distância mínima de 2 metros entre as pessoas) e se mantendo em domicílio sempre que possível.

ASCOM – Prefeitura de Maraú

Ruas de Uruçuca e Coaraci ficam alagadas após chuva forte; ventos e mau tempo são registrados no sul da Bahia

As ruas das cidades de Uruçuca e Coaraci, no sul da Bahia, ficaram alagadas na manhã desta segunda-feira (26), após uma chuva forte atingir a região. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o mau tempo na região sul da Bahia é influenciado por um ciclone subtropical que se formou no Espírito Santo. Além de Uruçuca e Coaraci, foram registradas chuvas em cidades como Ilhéus, Itabuna, Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália.

Na região de Abrolhos, houve rajadas de ventos de 103 km/h, mas sem registros de destruição. Em Ilhéus, Itabuna, Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, não houve alagamentos.

Já em Uruçuca, de acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura, em aproximadamente 2h, o registro foi de 90 mm de chuva, chegando próximo aos 120 mm, que é a média de todo o mês. A secretaria destacou que o volume muito grande de chuva causou o acúmulo de água e pontos de alagamento no município.

Chuva em Uruçuca nesta segunda-feira (26), deixou ruas alagadas na cidade — Foto: Redes Sociais

Chuva em Uruçuca nesta segunda-feira (26), deixou ruas alagadas na cidade — Foto: Redes Sociais

Em Coaraci, uma das ruas da cidade estava semelhante a um rio, devido a quantidade de água escorrendo pelo asfalto. Informações iniciais da prefeitura são de que choveu 62 mm, mas não foi informado o quanto é esperado para o mês de outubro.

Além da chuva, uma árvore caiu na BA-262, entre Ilhéus a Uruçuca. Agentes da Polícia Rodoviária Estadual e Corpo de Bombeiros estiveram no local. Um sentido da rodovia ficou bloqueado pelos galhos, mas a pista já está liberada e ninguém ficou ferido.

Mau tempo

Cidades do sul da Bahia devem enfrentar o mau tempo durante toda a semana. De acordo com o Inmet, nesta segunda, a previsão é de tempo nublado em Uruçuca, com chance de chuva a qualquer hora. A temperatura mínima é 23ºC e a máxima 31ºC.

Em Coaraci, a temperatura varia entre 22ºC e 29ºC. Nas outras cidades, a previsão é a seguinte: Porto Seguro 21º (mínima) e 30º (máxima) ; Itabuna 23º (mínima) e 30º(máxima); Ilhéus 23º (mínima) e 31º(máxima); Santa Cruz Cabrália 21º(mínima) e 29º(máxima).

Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.

Comitê Científico do NE alerta para aumento da letalidade da Covid-19 na Bahia e alto risco epidêmico no estado

O Comitê Científico do Consórcio Nordeste atualizou a situação dos estados da região. Em um boletim, os especialistas alertam para o risco do aumento da letalidade da Covid-19 na Bahia. O comitê analisou os registros da Covid-19 entre 16 de agosto e 16 de outubro. O boletim assinala que a Bahia seguia em tendência lenta de queda no número diário de infectados e mortes causadas pela doença. No entanto, essa redução foi interrompida na segunda metade de setembro, segundo o Consorcio Nordeste.

A taxa de letalidade teve aumento de 8% nesse período, saltando de 2,02% para 2,18%. Em contrapartida, a média do país nesse mesmo intervalo foi de queda também de 8%, uma redução de 3,23% para 2,95%.

Os especialistas atribuíram o estremecimento da estabilidade ao efeito do relaxamento do distanciamento social, no feriado prolongado da Independência do Brasil. Ainda sob essa perspectiva, o comitê alertou para a necessidade de atenção aos meses de outubro e novembro, que também têm feriados prolongados, além das aglomerações de campanhas eleitorais.

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas já havia dito, há cerca de 15 dias, que o aumento das taxas de internação por Covid-19 no interior estava diretamente ligado às aglomerações promovidas por campanhas eleitorais.

Verão e o risco de segunda onda no NE

A Bahia não é o único estado do Nordeste com aumento nas taxas de letalidade. No entanto, o Comitê Científico do Consórcio Nordeste detalhou que dos nove estados da região, apenas o Rio Grande do Norte teve diminuição do risco epidêmico.

Os especialistas também divulgaram um quadro demonstrativo sobre a situação geral da pandemia nos nove estados. Esse quadro contempla: situação da pandemia, risco epidêmico e número de óbitos. A Bahia aparece com risco de epidemia alto, apesar da situação pandêmica apontar para tendência de estabilização. [Veja quadro abaixo]

Os especialistas pontuaram que o Nordeste tende a atrair turistas europeus no verão e que, com isso, há um risco real de aumento do fluxo de pessoas contaminas pela Covid-19, já que a Europa está em fase de segunda onda da pandemia.

Para que o risco de novos picos de contaminação sejam evitados, o comitê recomendou que os governos estaduais adotem medidas de prevenção, como implantação de equipes de saúde, com aferição de temperatura e testagem rápida nos aeroportos e quarentena de 14 dias para turistas que não tenham atestado negativo de contaminação do novo coronavírus.

Até esta segunda-feira (26), o governador Rui Costa não havia se manifestado sobre atender ou não as recomendações do Comitê Científico do Consórcio Nordeste.

Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.

Governo da BA prorroga decreto que suspende aulas, e altera de 100 para 200 o nº pessoas em eventos

O decreto estadual que suspende as aulas das redes pública e privada na Bahia foi prorrogado nesta sexta-feira (23) pelo governo da Bahia. Com a decisão, as atividades estão suspensas até o dia 15 de novembro. Além disso, a publicação alterou de 100 para 200 o número máximo de pessoas em eventos.

O primeiro decreto da suspensão das aulas foi publicado no mês de março, e desde então vem sendo renovado cada vez que vence, como medida de prevenção da Covid-19. A última prorrogação ocorreu no dia 10 de outubro.

Além das atividades escolares, a prorrogação também revogou o trabalho remoto de servidores que tenham 60 ou mais anos de idade, e proibiu as atividades com público superior a 200 pessoas, como shows, eventos religiosos, feiras, apresentações circenses, eventos científicos e passeatas.

A decisão será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) no sábado (24).

BARRA GRANDE NÃO TEM MAIS CASOS ATIVOS DA COVID-19 

Maraú tem 16 casos ativos da COVID-19 e 375 curados de acordo com o boletim da Secretaria de Saúde desta sexta-feira, 23. Foram confirmados mais 10 pacientes curados: 01 em Taipu de Dentro e 09 em Barra Grande que agora não registra nenhum caso ativo da doença.

A Vigilância Epidemiológica registrou 09 novos casos suspeitos: 01 em Taipu de Dentro, 07 em Barra Grande e 01 na Sede. Maraú tem 1 óbito por outras causas, já que um paciente infectado com a COVID-19, morreu em decorrência de outra patologia.

Até a presente data, Maraú contabiliza, 398 casos confirmados, 375 pacientes recuperados, 16 ativos, 6 óbitos, 23 suspeitos, 23 aguardando resultado e 437 casos negativos. Disk Covid (73) 9 9965-9338 – (73) 9 9836-5649.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta a população a reforçar as medidas sanitárias definidas para evitar a disseminação da COVID-19, utilizando máscaras caseiras, realizando a higienização adequada das mãos, evitando contato físico (mantendo a distância mínima de 2 metros entre as pessoas) e se mantendo em domicílio sempre que possível.

ASCOM – Prefeitura de Maraú

Tartaruga-gigante é resgatada com vida no litoral da Península de Maraú

Uma tartaruga-gigante foi resgatada com vida na praia do Aibim, no litoral da Península de Maraú, na manhã desta quinta-feira (22). A tartaruga foi encontrada bastante debilitada e foi  encaminhada com ajuda do Inema para uma clínica veterinária, onde receberá tratamento adequado. O animal foi visto por banhistas na Praia, onde estava encalhada.

APONTADO COMO CHEFE DO TRÁFICO MORRE EM CONFRONTO COM A RONDESP E POLÍCIA CIVIL EM BARRA GRANDE

Um homem suspeito de tráfico de drogas morreu em confronto com a polícia, nesta quinta-feira (22), em Barra Grande, na Península de Maraú. Na ação, foram apreendidos um revólver, calibre 38 de marca e numeração não aparentes, com 03 projeteis deflagrados, 02 picotados e 01 inracto.

Segundo a delegada titular de Maraú, Dra Andréa Oliveira, equipes da RONDESP SUL e da Polícia Civil, a operação foi necessária para dar cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pelo Vara do Júri de Itabuna.

Ainda de acordo com informações da polícia civil, o acusado recebeu as equipes policiais a tiros e houve confronto. O suspeito acabou baleado. Ele chegou a ser socorrido e levado para o Posto Médico de Barra Grande, mas não resistiu aos ferimentos.  Ele também era investigado como autor/partícipe de homicídios em Barra Grande e comandava o tráfico de drogas no bairro Mangue Verde.

 

outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia