WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
premio destaques itacare feito bahia pousada cravo canela





feito bahia pousada cravo canela seguranca wf

Moradores de Barra Grande se revoltam com ‘Camamu Adventure’ por descumprir decreto e prometem protestos

Decretos municipais publicados pela Prefeitura de Maraú, visando prevenir o avanço do novo coronavírus, determinou a suspensão da travessia de lanchas rápidas e demais embarcaçoes de turismo em toda península de Maraú. Apesar da proibição, a empresa Camamu Adventure, parece não está cumprindo o decreto, ao menos é o que demonstra vídeos postados por moradores.

A comunidade das duas cidades, Camamu e Maraú, estão revoltados com a situação e cobram punição duras das autoridades das duas cidades com a empresa. Nas redes sociais, moradores estão se organizando para protestar contra a empresa em Barra Grande.

A prefeitura de Maraú tem intensificado o trabalho de fiscalização no comércio local e ressalta que quem tiver descumprindo o decreto irá sofrer as sanções previstas na legislação em vigor. De acordo com a gestão municipal de Maraú, todas medidas legais estão sendo tomadas para punir a empresa citada.

Ministro da Saúde sugere adiamento das eleições por conta do coronavírus: ‘Vai ser uma tragédia’

BRASÍLIA — Em teleconferência com prefeitos neste domingo, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, recomendou o adiamento das eleições deste ano. Mandetta disse que esse é o momento de o Congresso Nacional tratar o assunto, para que o combate à crise do coronavírus não seja contaminado pela ação política.

O ministro fez a sugestão ao responder ao questionamento do prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho (PSDB). Coutinho pediu a liberação de recursos que, segundo ele, estariam sendo represados pelo estado do Pará, governado por Helder Barbalho (MDB).

— Estou alertando que todos vocês precisam, com todas as diferenças políticas, (se entender). Aliás, eu faço aqui até uma sugestão para vocês discutirem. Está na hora de o Congresso olhar e falar: “olha, adia (as eleições)”. Faça um mandato tampão desses vereadores e prefeitos. Eleição no meio do ano vai ser uma tragédia. Vai todo mundo querer fazer ação política. Eu sou político. Não esqueçam disso — disse Mandetta.

Centro de Barra Grande fica vazio após decreto municipal com medidas de prevenção contra coronavírus na Península de Maraú

Centro de Barra Grande | Fotos: Tiago Medeoa

As ruas do centro de Barra Grande, ponto turístico da Península de Maraú, ficaram vazias neste sábado (21) após a adoção de medidas de prevenção contra o novo coronavírus (Covid-19). A região é o principal destino turístico do município de Maraú e um dos principais do estado.

Na quinta-feira, a Prefeitura de Maraú publicou decretos  e determinou a suspensão do funcionamento de hotéis, pousadas, restaurantes e pontos turísticos. Apenas serviços essenciais devem seguir em atividade. Não há casos confirmados no município.

“Nós estamos atuando com medidas mais duras para intervir no convívio social e dessa maneira diminuir a curva de contaminação do vírus em Maraú.”, afirmou a prefeita Gracinha Viana (PP).  Neste sábado, os restaurantes já estavam fechados e o cenário em Barra Grande, um dos pontos preferidos dos turistas na península, era de ruas vazias.

No caso do setor hoteleiro, a determinação é de que seja suspenso o funcionamento e que as reservas previstas sejam remarcadas. De acordo com o documento, apenas farmácias, supermercados, padarias e estabelecimentos voltados aos serviços essenciais – como distribuição de água e gás – podem permanecer abertos.

https://youtu.be/Yu4QGspVOo0

PREFEITURA DE MARAÚ IRÁ PUNIR HOTELEIROS E DEMAIS COMERCIANTES QUE DESCUMPRIREM DECRETOS 

Vista de Barra Grande | Foto: Darlim Santos

A prefeitura de Maraú, informa que irá punir com rigor, todos hoteleiros que estiverem descumprindo as determinações dos Decretos nº 1223/2020, de 17/03/2020, 1229/2020, de 20 de março 2020 e 1230/2020, de 20 de março 2020. A prefeitura reconhece que as medidas são drásticas, mas ressalta a necessidade da restrição de atividades públicas previstas pelos referidos Decretos. A medida que visa conter o Coronavírus (COVID-19), permite que apenas serviços essenciais podem ser mantidos abertos. Quem não cumprir as referidas determinações poderão ser punidos rigorosamente, com suspensão de alvará ou até mesmo a detenção.

“Fazemos um apelo a toda a Comunidade marauense para que toda população mantenham-se em suas casas isolados. Qualquer pessoa que não for residente no município de Maraú e que não tenha nenhum empreendimento que requeira a sua presença, e que estiver vindo apenas para se refugiar dos lugares em estado de risco; estarão infringindo às determinações de ordem Nacional, Estadual e Municipal, incorrendo em crime de desobediência (Lei nº 13.641/18), atentado à sua pública (Lei nº 8072 de 25/07/1990), e do fato resulta morte, a pena é aplicada em dobro. O município só estará autorizando a entrada de moradores residentes, funcionários públicos ou prestadores de serviços essenciais – Disse a Secretária de Saúde, Juliana Lemos. ”

“Alertamos ainda, que os donos e/ou responsáveis pelos hotéis, pousadas, casas de aluguel e campings, bares, restaurantes, boates, academias, salão de cabeleireiro, que insistirem no descumprimento no exposto nos Decretos estabelecidos (1223/2020, 1229/2020 e 1230/2020) poderão ter a suspensão de seu Alvará de Funcionamento, tendo seu estabelecimento fechado imediatamente e/ou ainda o proprietário poderá ser detido pela Polícia Militar. Estes decretos determinam a suspensão do funcionamento destes estabelecimentos, proibindo a entrada de novos hóspedes, aeronaves e assemelhados, embarcações e assemelhados, bem como a SUSPENSÃO IMEDIATA de visitação a cachoeira, praias e rios, conforme determinado também no Artigo 2º, do Decreto n° 1229/2020, emitido em 20/03/2030. É uma determinação, não é uma recomendação. Alerta o Secretário de Administração, Samar Santos”.

Agentes da administração municipal estão nas ruas do município fiscalizando todo o comércio local com apoio da polícia militar. A medida se faz necessária para previnir a proliferação do Coronavírus. Hotéis e pousadas que estão descumprindo os decretos serão interditados.

Fonte: Diário Oficial do Município (http://marau.ba.io.org.br/diarioOficial/download/499/1462/0

 

Com apoio da PM, prefeitura fecha comércio da sede de Maraú após descumprirem decreto

A Prefeitura de Maraú, com apoio da Polícia Militar está fiscalizando o cumprimento do decreto que suspende o funcionamento dos comércios no município. A medida que visa conter o coronavírus, permite que apenas serviços essenciais podem ser mantidos abertos. Neste sábado (21) agentes da prefeitura municipal intensificaram a fiscalização na sede de Maraú.

Alguns comerciantes da sede insistiam em descumprir o decreto publico no diário ofical e mantiam seus estabelecimentos abertos. O comércio foi fechado com apoio da polícia militar. O Secretário de Administração, Samar Santos e o Coordenador de Gabinete da Prefeita acompanharam o cumprimento das medidas.

PM quer prender empresários baianos que estocarem álcool em gel

Comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, o coronel Anselmo Brandão afirmou que a corporação busca identificar e prender empresários que estocarem álcool em gel. “É um problema que estamos sentindo [o estoque de [álcool em gel e outros materiais]. Temos dificuldade de adquirir álcool em gel, queremos achar quem está fazendo estoque e prender. É crime econômico”, reclamou, em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole.

Ainda de acordo com Brandão, a PM tem recebido muitas doações. “Nós temos dinheiro para comprar. Não temos encontrado o produto, mas temos recursos”, disse. Ainda segundo o coronel, “infelizmente” ainda existem aglomerações. “Mas o processo é lento e gradual. Ontem o governador determine que a gente uso os microfones das viaturas e peça que as pessoas evitem aglomerações. É um trabalho de cultura”, afirmou. (Metro1)

Estado de São Paulo decreta quarentena por 15 dias

O governo do Estado de São Paulo decretou a instalação de uma quarentena obrigatória de 15 dias a partir da próxima terça-feira 24 para frear a pandemia de coronavírus. Segundo o governador João Doria (PSDB) anunciou neste sábado, 21, todos os serviços não essenciais devem fechar as suas portas até 7 de abril, com a possibilidade de prorrogação.

A quarentena restringe o funcionamento do comércio. Serviços de saúde, como farmácias e hospitais e alimentação, como supermercados e padarias, poderão continuar a operar normalmente. As transportadoras, serviços de transporte público, serviços de call center e pet shops continuam funcionando com as orientações dos sanitaristas. O serviço de Segurança Pública, tanto estadual, quanto municipais, continuam funcionando normalmente. Os bancos e lotéricas também continuam abertos, assim como o setor das indústrias.

abril 2020
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia