WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia






Jequié volta a ter alta em casos do vírus e registrou 89 novos casos nos últimos 03 dias

De acordo com os boletins epidemiológicos emitidos nos últimos três dias, Jequié está, novamente, com casos do coronavírus em alta. Durante segunda, terça e esta quarta-feira (14), foram registrados 89 novos casos do vírus. Hoje, conforme informou a Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, houve o registro de mais 37 novos casos, perfazendo um total de 6.013 pessoas confirmadas com a doença, até agora.

Mais 51 pessoas tiveram alta, sendo liberadas para suas atividades, contabilizando 5.604 pacientes que encontram-se recuperados e não apresentam mais o sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 478 pessoas.O número de óbitos é de 89. Conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI/adulto é de 72,41%. Destes, 11 leitos estão ocupados por residentes de Jequié e 10 leitos ocupados por pessoas de outros municípios. *Com informações do Blog Marcos Frahm

A ESCOPOWER GERADORES É A SOLUÇÃO PARA EVITAR PREJUIZOS COM A FALTA DE ENERGIA NA PENÍNSULA DE MARAÚ

Este ano realmente as coisas estão um pouco mais difíceis. Nem vamos entrar no mérito da Pandemia, até porque é só abrir qualquer site de informação e, mesmo sem tanta ênfase, mas a notícia ainda está lá.
 
Cada um de sua forma tentando se adaptar aos novos tempos, novas normas, novas situações, mas sempre buscando os mesmos objetivos. Viver e sobreviver. Bem sabe aqueles que são empreendedores, das dificuldades já conhecidas e sempre presentes, e ainda assim persistem na sua luta. E como não bastasse, em uma região em pleno crescimento, uma das mais conhecidas e constantes frustrações a que são submetidos é a Falta de energia elétrica.
 
Os valores cobrados para ter acesso à energia elétrica são, em geral, elevados. O que gera angústia e frustação aos usuários do sistema é exatamente a precariedade no atendimento, por vezes o longo período em que são diretamente afetados e prejudicados por essa deficiência e pela qual têm que pagar.
 
Pequenos e grandes consumidores nesta região, acumulam prejuízos em seus negócios em função da frequência de interrupção na oferta da energia. São punidos duas vezes. Pagam caro e não tem onde reclamar. Então, o que fazer? Como todo Brasileiro, não desistir nunca e continuar lutando pelos seus direitos. Reclame na concessionária, reclame na Aneel e até reclamação judicial.
 
Outras formas de se precaverem é a auto geração de emergência. Solar OFF-GRID, Eólica e Grupos Geradores. Esta última, mais barato e rápida na aquisição e implementação, apesar do custo com combustível e manutenção. Existem hoje geradores projetados precisamente para atender às exigências do mercado com alta qualidade. Geradores para uso em construção, agricultura, logística, prédios, casas, comércios e outros. É um investimento a se avaliar, uma vez que dificilmente a concessionária irá acompanhar e adequar o crescimento da região com os investimentos necessários na rede de distribuição. Sem contar o tempo que se leva para conseguir uma simples ligação monofásica de consumo mínimo.
 
Quem já passou por isto, ou está passando entende bem. Um ponto importantíssimo a se considerar, antes de partir para adquirir um equipamento é, sem dúvida, o suporte de atendimento durante todo o processo e principalmente o póscompra. De que adianta vasculhar a internet atrás de preço, se o custo real está oculto em outros detalhes, como frete, custo de mão de obra e material de instalação, uma boa assessoria no dimensionamento correto e principalmente, atendimento rápido e garantido.
 
A ESCOPOWER GERADORES possui técnico LOCAL credenciado para este tipo de atendimento, deste a visita inicial para ajuda no dimensionamento da real necessidade do Cliente, como todo suporte na instalação, start-up, entrega e atendimento futuro. Se sua opção para acabar com os prejuízos causados pelas constantes e futuras faltas de energia causadas pela concessionária é um Grupo Gerador, então procure adquirir com quem conhece e está presente na região. Consulte, pergunte, analise.
 
A ESCOPOWER GERADORES tem toda a linha de equipamentos, todos os tamanhos, novos e semi-novos com garantia. Entre em contato. A ESCOPOWER GERADORES tem o pacote completo para a sua necessidade. Não deixe para a última hora. Saia na frente. Temos muito o que recuperar e o tempo é curto. Investimento com retorno garantido não é CUSTO. É LUCRO. VAI CONFIAR NA CONCESSIONÁRIA DE ENERGIA? OU DORMIR TRANQUILO? ESCOPOWER GERADORES E SERVIÇOS. Há 28 anos levando energia a seus Clientes.

(73) 3012-2222 (73) 9 8802-4111 (73) 9 8802 7000

email: [email protected]

Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação será dia 17 no colégio estadual em Barra Grande

A Secretaria de Saúde de Maraú informa toda comunidade do distrito de Barra Grande, que acontecerá no dia 17/10, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação das crianças e adolescentes até 15 anos de idade.

Esta ação tem como objetivos reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no país, oportunizar o acesso às vacinas, atualizar a situação vacinal, aumentar as coberturas vacinais e homogeneidade, diminuir a incidência das doenças imunopreveníveis e contribuir para o controle, eliminação e/ou erradicação dessas doenças.

O grupo alvo da vacinação contra a poliomielite são as crianças menores de 5 anos de idade, com estratégias diferenciadas para as crianças menores de um ano e para aquelas na faixa etária de 1 a 4 anos de idade. Na multivacinação, o público-alvo são as crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade. Serão ofertadas todas as vacinas do calendário básico de vacinação da criança e do adolescente, visando diminuir o risco de transmissão de enfermidades imunopreveníveis, assim como, reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal.

Data: 17/10/20
Horário: 08:00 às 16:00 h
Local: Colégio Estadual ( próximo a escolinha do Cajueiro)

Levar cartão de vacina e documentos!

Sesab envia nota técnica ao TRE e pede proibição de comícios e passeatas na Bahia

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), através do Centro de Operações de Emergência em Saúde da Bahia (Coes), enviou nota técnica ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) onde pediu pela proibição da realização de comícios, passeatas, caminhadas e acompanhamento a pé durante carreatas em todo o estado da Bahia.

“O objetivo é evitar o crescimento acelerado de casos e redobrar atenção em diversas localidades, a exemplo das regiões Sudoeste, Sul, Norte e Nordeste que tem permanecido com um platô elevado de infectados e taxas de ocupação de leitos em percentuais de atenção”, explicou o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Villas Boas.

Na nota técnica, a recomendação pela proibição de Comícios e passeatas justifica que “tais eventos promovem grandes aglomerações de pessoas, colocando seus participantes em risco de infecção pela Covid-19″. A decisão por acatar a recomendação transita na esfera municipal, devendo ser acatada pelo Juiz Eleitoral de cada município.

A Nota Técnica 81 está disponível no site e detalha as recomendações, sempre ratificando o uso de máscara, higienização frequente das mãos e manutenção do distanciamento social.

COVID-19: SECRETÁRIO DE SAÚDE DA BAHIA DIZ QUE PREFEITOS ESTÃO SE RECUSANDO A TESTAR POPULAÇÃO COM MEDO DE APARECER NOVOS CASOS E TER IMPACTO ELEITORAL

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, disse que as taxas de internação no interior do estado estão aumentando e associou o crescimento às aglomerações em comícios e passeatas eleitorais. Sem citar cidades, ele afirmou que os prefeitos frearam as notificações da Covid-19 por temerem efeitos políticos.

“Dezenas de municípios estão se recusando a testar a população, com medo de aparecerem casos e isso ter impacto eleitoral. Isso é extremamente grave. Nós estamos ficando no pé de vários municípios. Estamos oferecendo uma capacidade de testagem próxima a cinco mil exames por dia no Lacen [Laboratório Central], e estamos processando menos da metade”, afirmou Vilas-Boas.

“Alguns municípios, ativamente, estão procurando colocar para debaixo do tapete os casos que estão acontecendo”, disse Vilas-Boas.

Segundo a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), na região sul, os municípios que apresentaram o maior aumento de novos casos confirmados de Covid-19 nos últimos sete dias foram Itabuna (270 casos), Jequié (116 casos), Ilhéus (109 casos), Ibicaraí (51 casos), Ibirataia (44).

O secretário citou ainda há dificuldade em reduzir taxa de internação para percentuais abaixo de 70% em cidades do interior. Ele explicou que esses percentuais estão em desaceleração da queda, ou seja: mais pessoas passaram a ser hospitalizadas, o que fez as taxas caírem com menos rapidez.

“Nós estamos observando, ao longo desses primeiros 10 dias do mês de outubro, um aumento na taxa de internação em alguns hospitais privados, da mesma forma como aconteceu no começo da pandemia. Mas não apenas isso, nós estamos observando desaceleração no processo de queda das taxas de internação no interior”, explicou o secretário.

“Não conseguimos reduzir os números abaixo de 70%, em várias regiões do interior. Principalmente nas regiões Sul e Sudoeste. E isso significa que outras pessoas estão se contaminando e nós estamos trabalhando de forma ativa para poder reverter as principais causas responsáveis por isso”, afirma Vilas-Boas.

Ainda de acordo com o secretário, todos os hospitais da Bahia, sejam eles públicos ou privados, têm que notificar os casos de contaminação por coronavírus, para que medidas preventivas sejam tomadas adequadamente.

“Os hospitais privados, assim como os públicos, são obrigados a notificar os casos de Covid, e nós estamos observando um aumento do número de casos, fato confirmado através de monitorização telefônica. Isso tem se repetido em hospitais públicos no interior da Bahia”, ponderou.

“Em Salvador, a gente caiu abaixo de 50%, a gente começou a desativar leitos. No interior do estado, nós não estamos conseguindo fazer isso, e isso está muito ligado ao processo eleitoral, com centenas de eventos acontecendo nos distritos, em bairros, em todos os municípios da Bahia”, afirmou Vilas-Boas.

Os atos de campanha que provocarem aglomeração irregular de pessoas e não respeitarem as medidas sanitárias obrigatórias serão enquadrados como crime de desobediência nos termos do artigo 347 do Código Eleitoral.

Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.

Na último sábado (10), o Centro de Operações de Emergência em Saúde da Bahia (Coes) da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) recomendou que a Justiça Eleitoral adote medidas sanitárias mais restritivas para esse período, como a proibição de comícios, passeatas, caminhadas e acompanhamento de pessoas a pé durante as carreatas.

“Nós fizemos uma reunião técnica na secretaria, discutimos com membros do Ministério Público, do Tribunal de Justiça, e no sábado nós enviamos à Justiça Eleitoral, ao presidente do TRE – o desembargador Edmilson Jatahy Jr. –, uma recomendação para que a Justiça Eleitoral proíba os eventos de caminhada e eventos de comícios presenciais”, disse o secretário

“Estamos recebendo pedidos de socorro de secretários de diversos municípios, de dezenas de municípios no interior do estado. Eu tenho recebido vídeos de aglomerações eleitorais, caminhadas misturadas com carreatas, pessoas sem máscaras bebendo latinha de cerveja, pulando atrás de minitrios, aqueles paredões móveis. E isso é algo sistemático que está acontecendo no interior”, exemplificou Vilas Boas.

Regulamentação da Justiça Eleitoral

Até esta manhã, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) não se posicionou sobre a recomendação da Sesab. No entanto, em uma resolução publicada no final de setembro, o TRE-BA regulamentou a atuação da Justiça Eleitoral baiana no contexto da pandemia de Covid-19.

Na publicação, o TRE-BA determinou que os partidos deverão adotar as medidas sanitárias necessárias, como o uso de máscara, distanciamento social e limite de público máximo de 100 pessoas por evento, e que os eventos eleitorais podem ser adequados pela administração de cada município, com base na realidade local.

Ainda na regulamentação, o TRE-BA também estabeleceu que os juízes eleitorais deverão coibir atos de campanha que violem as regulamentações sanitárias, podendo usar a polícia para dispersar as aglomerações.

MARAÚ TEM 23 CASOS ATIVOS DA COVID-19 E 07 NOVOS CURADOS EM BARRA GRANDE

 

Maraú tem 23 casos ativos da COVID-19 e 361 curados de acordo com o boletim da Secretaria de Saúde desta segunda-feira, 13. Foram confirmados mais 07 pacientes curados em Barra Grande, além de 01 novo caso positivo em Taipu de Dentro.

A Vigilância Epidemiológica registrou 03 novos casos suspeitos: 01 em Campinho, 01 na Sede e 01 em Barra Grande, além de 1 descartado em Taipu de Dentro, 03 na Sede, 07 em Barra Grande e 02 em Tremembé. Maraú tem 1 óbito por outras causas, já que um paciente infectado com a COVID-19, morreu em decorrência de outra patologia.

Até a presente data, Maraú contabiliza, 390 casos confirmados, 361 pacientes recuperados, 23 ativos, 6 óbitos, 06 suspeitos, 06 aguardando resultado e 412 casos negativos. Disk Covid (73) 9 9965-9338 – (73) 9 9836-5649.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta a população a reforçar as medidas sanitárias definidas para evitar a disseminação da COVID-19, utilizando máscaras caseiras, realizando a higienização adequada das mãos, evitando contato físico (mantendo a distância mínima de 2 metros entre as pessoas) e se mantendo em domicílio sempre que possível.

ASCOM – Prefeitura de Maraú

PM COÍBE CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS NAS PRAIAS DA PENÍNSULA DE MARAÚ 

Desde o último feriadão, a Polícia Militar de Maraú, realiza um importante trabalho de fiscalização nas areias das praias da península. A ação preventiva, intensificada no último feriadão de 12 de outubro, procura coibir o tráfego de veículos na faixa que é reservada para o lazer de turistas e moradores.

A utilização de veículos na areia das praias, além de por em risco a vida de banhistas, causam poluição ambiental e violam a segurança de animais marinhos. A medida, que garante a tranquilidade dos marauenses e visitantes, será repetida e intensificada. Quem informa é o comandate da PM de Maraú, Tenente Barreto.

novembro 2020
D S T Q Q S S
« out    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia