WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
premio destaques itacare feito bahia pousada cravo canela

:: ‘Turismo’

COVID-19: Prefeitura mantém por tempo indeterminado a interdição das praias da Península de Maraú 

A prefeita Gracinha Viana informou na última quarta-feira (01) que renovou o decreto que mantém por tempo indeterminado as praias da península de Maraú. A medida restritiva ocorre por causa da pandemia do coronavírus. Agentes municipais com apoio da polícia militar poderão evacuar os locais, caso algum usuário das praias desobedeça.

A medida mantém o fechamento de casas de shows, academias, salão de beleza, rede Hoteleira (hotéis, pousadas, casas de temporada e camping). Fica suspensa a circulação, saída e chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades: regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans, inclusive de ônibus de turismo, barcos, moto aquáticas, escunas e qualquer outro transporte do gênero, no território do Município e Maraú, pelo prazo de 15 (quinze) dias.

Prefeitura de Maraú adere à campanha “Não cancele sua viagem, remarque!”

A prefeitura de Maraú, através da Secretaria de Turismo e Lazer, aderiu a campanha “Não cancele sua viagem, remarque!”. O movimento ganha o país, e diversas cidades já divulgam suas marcas e atrativos utilizando a frase. O objetivo é ajudar trabalhadores e empresários do setor de turismo, num momento em que a ordem para a população é ficar em casa.

A orientação é que os empresários do setor hoteleiro do município possam negociar o adiamento dos pacotes de hospedagens para um momento mais oportuno, após a crise do coronavírus. A manutenção dos empregos é o ponto central da questão, como avalia a prefeita de Maraú, Gracinha Viana.

“Esta ação visa diminuir o impacto nas empresas do ramo de turismo, poupando muitos empregos em pousadas, hotéis, agências de viagem entre outros. A nossa gestão teve que tomar medidas rígidas para evitar o contágio do coronavírus em Maraú. Por isso, se você é turista e tem viagem marcada para a Península de Maraú, não desista do seu passeio e remarque sua estadia para uma ocasião melhor”. Enfatiza a gestora. 

 

 

Donos de imóveis na Península de Maraú precisam comprovar que não são portadores de coronavírus

Vista aérea de Barra Grande | Foto: Darlim Santos

Parte do pacote de medidas da prefeitura de Maraú visando o enfrentamento ao coronavírus, visa também a a suspensão da autorização para que pessoas que possuam residências de veraneio no litoral do município ‘escapem’ de suas cidades durante a suspensão dos trabalhos realizada pelas empresas.

A intenção é proibir este tipo de conduta das pessoas que se aproveitam dessa parada nos trabalhos para vir à península de Maraú, onde possuem casas de veraneio para se refugiar e fazer a ‘quarentena’ no município. A prefeitura com apoio da polícia militar controla a entrada de veículos, permitindo apenas a passagem dos moradores. Conforme o Decreto 1231 – 2020 – Medidas complementares de Contenção do COVID-19-Maraú-BA, nem mesmo os proprietários de casas de praia estão liberados.

Para entrar na Península, o proprietário de imóveis no município terá que comprovar por exame laboratorial que não é portador do COVID-19. Após comprovação, os que ingressarem no município deverão ficar em isolamento em suas propriedades pelo período mínimo de 14(quatorze) dias.

Em caso de apresentarem qualquer sintoma de gripe (febre, tosse, dor de cabeça ou dificuldade de respiração), a pessoa natural deverá entrar em contato com a Secretária de Saúde imediatamente, que adotará as medidas tecnicamente necessárias, além de responderem questionário à equipe médica sobre situação de saúde, local de origem e outras perguntas.

Só terão acesso à cidade carros de abastecimento e aqueles que morem na cidade. Aqueles que têm casas de praia devem ficar em seus lares. O momento não é de vir para cá curtir as belezas naturais. O momento é de ficar em casa para que a pandemia não se alastre — afirma Nilza Vicente, Secretária de Turismo.

Decreto interdita praias da Península de Maraú por tempo indeterminado por conta do coronavírus

A Prefeitura de Maraú interditou na última segunda-feira (23), por tempo indeterminado, as praias do litoral da península de Maraú. A decisão se dá como medida contra avanço do novo coronavírus, que causa a Covid-19. Maraú não tem casos suspeitos de Covid-19 até a última segunda-feira, 23, segundo a secretaria de saúde. De acordo com o Decreto 1231 – 2020 – Medidas complementares de Contenção do COVID-19-Maraú-BA, os usuários das praias do município serão conscientizados a não descumprirem com a determinação, mas em caso de não atendimento poderá ser requisitado, pelo servidor público ou qualquer agente público, a Polícia Militar para que seja efetivada a evacuação da área.

Bares, restaurantes e demais barracas de praia que descumprirem com as determinações será a interdição temporária, cassação do alvará de funcionamento ou aplicação de multa. Se forem ambulantes, MEI ou pequenos empresários deverão cumprir as determinações sob pena de terem seu direito de exercerem as atividades suspensas por prazo indeterminado.

Após decreto da prefeitura, começa bloqueios nas entradas Península de Maraú 

A prefeita de Maráu, Gracinha Viana, assinou nesta sexta-feira (20) o decreto nº 1229/2020, que estabelece uma série de medidas de enfrentamento e precaução, a fim de evitar a disseminação da pandemia do Covid-19 em todo município. Uma dessas medidas é a suspensão das visitas turísticas ao município e o fechamento do comércio local.

Está permitido, desde que se adote as medidas estabelecidas para prevenção ao contágio do Covid-19, serviços essenciais como: farmácias, mercados, padarias,  postos de gasolina e revendedores de gás e água. O decreto proíbe o funcionamento de hoteis, pousadas, bares, restaurantes, boates, casas de shows e demais comércios.

A travessia Camamu/Barra Grande fica suspensa para turistas, sendo apenas permitido o tráfego de moradores. Agentes da prefeitura de Maraú com apoio da polícia militar estão intensificando as fiscalizações. A única entrada terrestre da Península de Maraú está sendo monitorada por agentes do poder público.

Maraú: Pousadas e restaurantes começam a suspender atividades em Barra Grande, por causa do coronavírus

O trade turístico de Barra Grande, na Península de Maraú, vem aderino voluntariamente ao isolamento social por conta do coronavírus. O objetivo é ajudar no controle da chegada do Covid-19 em Barra Grande. Vários estabelecimentos estarão fechados por tempo indeterminado.

A preocupação de todos é com a saúde e está em consonância com as medidas de prevenção determinadas por decreto pela prefeitura de Maraú. Nos mercados da península, já começa faltar álcool em gel.

O trade turístico espera que com a diminuição do fluxo de turistas e visitantes na região a possível redução no risco de contágios aos residentes. A prefeitura deve publicar mais um decreto com mais restrições como forma de prevenção ao COVID-19. Casas de shows como Santo Forte e Lá em Casa também foram fechados.

Maraú deixa Costa do Dendê e passa integrar a câmara técnica e zona turística da costa do cacau

Secretária de Turismo de Maraú, Nilza Vicente.

Maraú participou da assembleia extraordinária da Câmara de Turismo da Costa do Cacau, realizada no distrito de Serra Grande, em Uruçuca. O encontro que aconteceu na Casa Azul do Instituto Arapyaú, marca a volta do município a zona turística da costa do cacau. Antes, Maraú integrava a câmara técnica e zona turística da costa do dendê.

O evento que contou com a participação de secretários e dirigentes de turismo dos municípios da região, discutiu e iniciou a elaboração do calendário turístico de 2020. Lá também foi apresentado o novo regimento interno e apresentação de novas ações e projetos para o turismo regional.

A Câmara Técnica de Turismo da Costa do Cacau é a primeira instância de governança institucionalizada da Bahia a ser reconhecida com certificação pelo Ministério do Turismo (MTur). O grupo já tem inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), funciona como uma espécie de associação e tem como mantenedores os 11 municípios da zona turística, dentre eles, Ilhéus, Itacaré e agora também Maraú.
De acordo com o novo mapa do turismo brasileiro, construído pelo MTur com apoio da Setur-BA, os municípios que compõem a Costa do Cacau são Ilhéus, Itacaré, Maraú, Ipiaú, Una, Canavieiras, Itabuna, Uruçuca, Santa Luzia, Pau Brasil e São José da Vitória. A partir de 2021, somente os municípios que participarem de câmaras técnicas institucionalizadas poderão se manter ou ingressar no mapa turístico.

abril 2020
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia