WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Penísula’

Ipiaú chega a 99 infectados por coronavírus; 40 dos novos casos foram registrados no Abrigo dos Idosos

O município de Ipiaú chegou a marca de 99 casos confirmados de covid-19. De acordo com a Prefeitura de Ipiaú, através da Secretaria de Saúde, na tarde desta terça-feira (05) foram confirmados mais 46 casos do novo coronavírus. Conforme o boletim, destes, 06 são adultos jovens, 03 detectados por exames na Clínica São Roque e 03 por testes rápidos feitos pela equipe epidemiológica do município.

Os demais 40, foram constatados na Instituição privada Fundação de Amparo a Velhice Casa de Dona Deraldina, conhecida como “Abrigo dos Idosos”. 34 são idosos e 6 colaboradores da instituição. Na semana passada foram realizados 91 testes no abrigo, dos quais foram obtidos o resultado de 54, sendo 14 negativados e 40 positivos para o novo corona vírus. O restante dos exames devem ser divulgados ainda essa semana.

O local no último final de semana passou por desinfecção realizada por equipes da vigilância sanitária com o apoio do Corpo de Bombeiros. A prefeitura informou que havia protocolado o ofício nº 076/2020, no dia 19 de março, através do qual indicou todas as medidas de prevenção a serem adotadas no local com a finalidade de preservar a saúde dos residentes e trabalhadores da instituição.  Na tarde desta terça-feira 05, a prefeitura notificou a fundação, solicitando o isolamento de todos os idosos e a remoção imediata daqueles que testaram negativo para evitar a disseminação do contágio.

Até esta terça-feira, Ipiaú registra um total de 346 casos suspeitos para COVID-19, sendo 99 casos confirmados, 119 casos descartados, 15 pessoas curadas, 74 casos em fase de investigação, 493 pessoas em quarentena e 02 óbitos. Em 24 horas houve  aumento do número de casos de 46,5%. (Giro em Ipiaú)

Auxílio emergencial: Moradores de cidade da BA usam capacetes e bancos plásticos para marcar lugar em fila de agência

Do G1 BAHIA

Moradores da cidade de Ipiaú, no sul da Bahia, formaram uma fila inusitada em mais um dia do pagamento do auxílio emergencial do governo federal, no valor de R$ 600. Eles colocaram bancos plásticos e capacetes para “guardar” o lugar na fila desde a madrugada e manhã desta segunda-feira (4).

O caso ocorreu na agência localizada na Rua Dois de Julho. De acordo com o Diretor de Trânsito do município, Antônio Carlos dos Santos, diante da pandemia do coronavírus e da aglomeração de pessoas por causa do pagamento do auxílio emergencial, no domingo (3), a prefeitura resolveu marcar o chão para evitar aproximação entre as pessoas.

Segundo ele, quem chegou ainda na noite de domingo e na madrugada, acabou colocando objetos no local de marcação da fila. Entretanto, por volta das 7h, as pessoas ocuparam os lugares.

“Fizemos a separação de dois metros por pessoa. Muita gente chegou de madrugada e já foi marcando seu lugar. Quando os funcionários da Caixa chegaram, por volta das 7h, todo mundo tirou seus objetos e voltou para a fila”, explicou.

Prefeitura de Maraú prorroga decretos e mantém medidas de prevenção e exige teste negativo de Covid-19 para veranistas 

Vista área da sede de Maraú | Foto: Darlim Santos

A prefeitura de Maraú prorrogou os decretos com medidas de prevenção e combate a pandemia do coronavírus. Uma das medidas que seguem em vigor é o impedimento do ingresso de turistas e veranistas ao município. Aqueles que têm casa de veraneio na cidade, por exemplo, precisam apresentar exame laboratorial que confirme negativo para o Covid-19. No início de abril, dois turistas estrangeiros tiveram que deixar a cidade após entrarem de forma clandestina.

No início de abril, a prefeitura decretou situação de emergência para enfrentamento da pandemia e suspendeu todos os eventos públicos e privados de qualquer natureza. Também foi prorrogada a interdição de todas as praias da península por tempo indeterminado.

Foram instaladas barreiras sanitárias nos acessos a Maraú. A ação busca, segundo a gestão municipal, medir a temperatura corporal das pessoas que tentam entrar na península. Caso apresente febre alta, o morador é orientado a procurar um médico.

As vedações anteriores previstas e suas alterações posteriores, ficam mantidas por mais 15 dias. Ou seja, no decreto continua suspenso a circulação, saída e chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário.

Movimento intenso durante a semana na única Casa Lotérica de Maraú

A semana foi de filas enormes e de aglomerações na única casa lotérica do município de Maraú. Com muita gente em busca do saque do Auxílio Emergencial de R$ 600. Os moradores da cidade enfrentam filas enormes para o saque do benefício.

A liberação de saques em dinheiro segue um calendário que depende da data de nascimento do beneficiário. Com ás informações do G1, Por meio de nota, a Caixa informou que tem atuado para amenizar os impactos econômicos, que implementou o saque escalonado e que tem empenhado esforços para otimizar o atendimento, destacando que a prioridade é manter o atendimento digital.

É válido ressaltar que correspondentes bancários e a casa lotérica devem ter um orientador para organizar filas externas, com permanência de uma pessoa a cada metro, além de distribuição de álcool em gel para higienização e máscaras de proteção.

Comerciantes de Ubaitaba fazem protesto após prefeitura proibir entrada dos moradores de Maraú na cidade

 

View this post on Instagram

Comerciantes de Ubaitaba fazem protesto após prefeitura proibir entrada dos moradores de Maraú na cidade Comerciantes de Ubaitaba realizaram uma carreata na manhã deste sábado (02), em protesto contra a proibição da entrada de moradores da zona rural de Maraú no município. Acontece que a Prefeitura de Ubaitaba montou uma barreira sanitária no distrito de Faisqueira e barrou a entrada dos moradores de outras cidades (relembre aqui). O objetivo da prefeita de Ubaitaba é evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19), no município. “Sabemos da importância em combater o vírus e a entrada de pessoas vindas de outras cidades, mas a prefeita Suka precisa entender que barrando a entrada dos moradores de Maraú, prejudica muito o comércio de Ubaitaba. Sem falar que eles não têm outro lugar para fazer feira e pagar suas contas”, disse um comerciante que preferiu não se identificar. A carretada contou com a adesão de várias comerciantes e percorreu as principais ruas e avenidas de Ubaitaba em apoio aos moradores de Maraú. A prefeita Suka (PSB), vai realizar uma reunião nesta terça-feira (05), com seu Comitê de Combate ao Covid-19 (relembre aqui), para avaliar reavaliar se permite ou não a entrada de moradores de outras cidades no município. (Redação: Ubaitaba Urgente) #ubaitaba #marau #comercio #barreira #sanitaria #uniao #covid19 #bahia #zonarural

A post shared by Barra Grande 24horas (@barragrande24h) on

Comerciantes de Ubaitaba realizaram uma carreata na manhã deste sábado (02), em protesto contra a proibição da entrada de moradores da zona rural de Maraú no município. Acontece que a Prefeitura de Ubaitaba montou uma barreira sanitária no distrito de Faisqueira e barrou a entrada dos moradores de outras cidades (relembre aqui). O objetivo da prefeita de Ubaitaba é evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19), no município.

“Sabemos da importância em combater o vírus e a entrada de pessoas vindas de outras cidades, mas a prefeita Suka precisa entender que barrando a entrada dos moradores de Maraú, prejudica muito o comércio de Ubaitaba. Sem falar que eles não têm outro lugar para fazer feira e pagar suas contas”, disse um comerciante que preferiu não se identificar.

A carretada contou com a adesão de várias comerciantes e percorreu as principais ruas e avenidas de Ubaitaba em apoio aos moradores de Maraú. A prefeita Suka (PSB), vai realizar uma reunião nesta terça-feira (05), com seu Comitê de Combate ao Covid-19 (relembre aqui), para avaliar reavaliar se permite ou não a entrada de moradores de outras cidades no município. (Redação: Ubaitaba Urgente)

Covid-19 afeta turismo na península de Maraú e provoca demissões no setor hoteleiro de Barra Grande

Vista aérea de Barra Grande | Foto: Darlim Santos

A crise mundial causada pela pandemia do coronavírus reflete na rede hoteleira da península de Maraú. Com decreto que determinou o fechamento de meios de hospedagens, bares, restaurantes, interdição das praias e suspensão da travessia marítima para Camamu, empresários do setor hoteleiro relatam que os hotéis e pousadas de Barra Grande vivem um quadro de falta de hóspedes sem precedentes, que deve zerar o faturamento no período.

“O impacto é muito grande, como nada visto antes, no setor de turismo e hotelaria. Muito grave, porque nós somos o primeiro a entrar e vamos ser  os últimos a sair”, declara um empresário local. Férias coletivas, redução de salários e até demissões já estão ocorrendo em todos os cantos da península.

É um momento delicado. É uma crise mundial e a maioria dos donos de hotéis entende que tem que esperar essa crise passar. As pessoas só vão voltar a viajar quando se sentirem seguras. É um momento de incerteza muito grande.

De acordo com a secretaria de turismo de Maraú, vários hotéis e pousadas de Barra Grande e demais localidades já anunciaram demissões e o horizonte não é nada animador.

Nordeste é o destino preferido para viagens pós-Coronavírus, diz pesquisa

Do Voopter

A gente sabe bem que o momento é de ficar em casa, em isolamento social. E por que não passar esse período sonhando com a sua próxima viagem? Isso tudo vai passar e quando isso acontecer, vamos precisar de férias! E para onde você quer ir quando puder viajar novamente? Europa, Estados Unidos, Região dos Lagos, Serra Gaúcha, Litoral de São Paulo,….

O que não faltam são destinos, perto ou longe, baratos ou mais caros, para a gente escolher! Mas a maioria prefere mesmo curtir uns dias de descanso no Nordeste brasileiro. É o que aponta uma pesquisa do Laboratório de Inteligência de Negócios em Viagens TRVL LAB. Uma pesquisa com 300 viajantes e outra com 325 profissionais de Viagens e Turismo apontou a região do Nordeste, cercado de belas praias e rica gastronomia, como destino preferido para viajar pós-quarentena.

Segundo a pesquisa, Nordeste aparece como opção favorita. seguida pelas praias regionais, Serra Gaúcha e Rio de Janeiro. A Europa é o “destino” mais pensado internacionalmente. No entanto, aparece com menos de 8% na intenção dos viajantes.  Apesar de ainda ser cedo para que haja um panorama mais concreto, visto que estamos iniciando a ascensão da curva de contágio, a maior parte dos entrevistados acredita que a retomada acontecerá nos meses de maio e junho.

E você…. pra onde quer ir quando acabar essa quarentena?

setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia