WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Penísula’

GOVERNO PRORROGA MAIS UMA VEZ A SUSPENSÃO DAS AULAS E EVENTOS NA BAHIA

Prorrogado até o dia 21 de junho o Decreto 19.586, que determina a suspensão das aulas na rede estadual e a realização de eventos com mais de 50 pessoas na Bahia. O governador Rui Costa anunciou a continuidade da suspensão das atividades na noite desta segunda-feira (1º), via transmissão ao vivo, por meio das redes sociais. O decreto venceria nesta terça-feira (2), mas, nesta data, será publicada, no Diário Oficial do Estado, a prorrogação das medidas por mais 19 dias, com a finalidade de conter o avanço do novo coronavírus na Bahia.

O decreto também mantém suspenso o transporte coletivo intermunicipal em 247 cidades baianas que registraram casos da Covid-19 recentemente. O governador lembrou que os dados da doença são analisados diariamente.

“Essas medidas de proteção são necessárias para que possamos diminuir a taxa de crescimento. Antes da antecipação dos feriados, por exemplo, a média de crescimento diário do número de novos casos e da necessidade de novos leitos era superior a 5%, agora conseguimos baixar os casos para 4,6% e a necessidade de novos leitos para 2%. A nossa expectativa é controlar esse avanço da doença para que possamos, em breve, voltar à normalidade”, disse Rui. (Pimenta)

PREFEITURA DE MARAÚ INICIA SERVIÇOS DE RECUPERAÇÃO DAS RUAS DE BARRA GRANDE

Com o objetivo de garantir melhor trafegabilidade, a Prefeitura segue realizando intenso trabalho de recuperação das ruas de Barra Grande. Nesta quarta-feira, 27, os esforços se concentraram na recuperação das ruas centrais de Barra Grande, nos trecho que interligam Centro ao Três Coqueiros e Mangue Verde.

Uma ação que consiste na recuperação, patrolamento, abertura dos pontos mais estreitos e limpeza das laterais para o escoamento das águas.

 

 

AURELINO LEAL: DOIS JOVENS TESTAM POSITIVO PARA COVID-19; MUNICÍPIO TEM 14 CASOS CONFIRMADOS

Subiu para 14 o número de casos confirmados de coronavírus (Covid-19), na cidade de Aurelino Leal. Na tarde desta Terça-Feira (26), dois pacientes suspeitos testaram positivo para a doença. Um paciente tem 21 anos e a outra tem 25 anos. Ambos apresentam o quadro leve da doença. Os dois jovens e seus familiares já foram isolados pela Secretaria Municipal de Saúde. O município conta agora com 13 pacientes ativos e 01 paciente curado. Quatro pessoas aguardam a realização de exames. (Redação: Ubaitaba Urgente) – Fonte dessa matéria: https://ubaitabaurgente.com.br

Decreto de Bolsonaro congela reajuste tarifário de energia até 2021

Brasília – Por causa da pandemia do coronavírus, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai adiar os reajustes tarifários da energia até o início do próximo ano tanto para grandes consumidores quanto para clientes residenciais. Cálculos da agência previam um aumento médio de 11,51% neste ano caso o setor não recebesse ajuda do governo.

O socorro chegou na segunda-feira (18) por meio de um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro que prevê ainda a possibilidade das empresas do setor buscarem empréstimos junto a bancos públicos e privados para compensarem perdas de receita e alta da inadimplência. Os custos desses empréstimos serão compartilhados entre as companhias e seus grandes consumidores, como as indústrias. Os clientes residenciais não vão pagar essa conta.

A Aneel decidiu, nesta terça (19), que fará uma regulamentação com as diretrizes dessas operações e proibiu que, futuramente, as empresas, particularmente as distribuidoras, peçam reequilíbrio contratual se sofrerem qualquer tipo de perda decorrente desses empréstimos. No reequilíbrio, os benefícios concedidos passam a ser compartilhados por todos os consumidores, independente da categoria.

Segundo o presidente da agência, André Pepitone, o objetivo é cumprir o decreto, que impede o subsídio cruzado. Entre 2014 e 2015, a ex-presidente Dilma Rousseff socorreu as elétricas e houve rateio generalizado desses custos por meio de aumento de tarifas. Desta vez, o decreto e a Aneel deixaram claro que o consumidor residencial não terá aumento na conta de luz decorrente da ajuda do governo ao setor.

O ponto central da ação emergencial do governo é garantir a solvência das distribuidoras, que concentram 80% da arrecadação do setor. No final, depois de repasses para os demais elos da cadeia, o segmento fica com 18% das receitas.

Nas duas últimas semanas, associações vinham pressionando por um reequilíbrio contratual junto à Aneel para cobrir as perdas sofridas com a crise. Isso poderia gerar aumento nas tarifas. As empresas reclamam de uma queda média de 30% no consumo e dados do Ministério de Minas e Energia mostram uma inadimplência de 11,84%, em abril, contra a média mensal do primeiro semestre de 2019 de 3,26%. Desde meados de março, as perdas geradas pela Covid foram de R$ 5,4 bilhões, sendo R$ 3,2 bilhões devido ao aumento da inadimplência.

Empresário de Barra Grande doa cestas para Secretaria de Desenvolvimento Social de Maraú 

A rede do bem estabelecida na Península de Maraú continua surtindo efeito positivo entre a comunidade. O empresário Rafael da Pousada Barra Trip doou 35 cestas básicas para a Secretaria de Desenvolvimento Social do município. Considerando a atual crise, Rafael ressaltou a importância da multiplicação de ações que visem ao bem das famílias necessitadas de auxílio.

Para Secretária do social, as cestas chegaram em muito boa hora, uma vez que desde o início da pandemia do novo coronavírus a procura por alimentos cresceu bastante e que toda ajuda é bem-vinda para amenizar a nessecidade de parte da população, sobre tudo dos mais necessitados.

As cestas serão destinadas para as pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social e aquelas que já estão sentido os efeitos econômicos da crise provocada pelo coronavírus, por meio de critérios objetivos para beneficiar as famílias que mais precisam.

 

Valença: Cidade tem primeira morte em decorrência do novo coronavírus

O município de Valença, no Baixo Sul do estado, confirmou sua primeira morte em decorrência do novo coronavírus (Covid-19). Conforme noticiou o site Livre Notícias, a vítima foi um homem de 89 anos que estava hospitalizado e teve o quadro de saúde evoluído e chegou a óbito no último sábado (16), após crises respiratórias.

De acordo com a publicação, a Vigilância em Saúde procedeu seguiu as orientações necessárias para que o corpo fosse sepultado sem que oferecesse risco para outras pessoas.

Na Santa Casa, segundo o diretor médico Ricardo Fonseca todos os cuidados foram tomados após a retirada do corpo do homem do local isolado para o tratamento. “Fizemos a desinfecção terminal. Procedemos com o rastreio de nossos profissionais que tiveram acesso ao homem, realizamos sorologia e pedimos para alguns o isolamento domiciliar”, explicou. (Giro em Ipiaú)

Coronavírus: hotéis e pousadas de Barra Grande denunciam cobrança indevida de energia elétrica durante quarentena 

Empresas da península de Maraú (BA) denunciaram nesta terça-feira (19) que estão recebendo contas de luz com valor incompatível com o uso de energia elétrica durante a quarentena por conta do novo coronavírus. Relatos de leitores ao Barra Grande 24h dão conta de que estaria ocorrendo aumento significativo nos valores das contas de luz, mesmo sem mudanças significativas nos hábitos de consumo.

“Não estamos com hóspodes e a conta do mês com vencimento de maio veio superior ao mês de abril. Acho que não é justo, porque é um momento que o nosso faturamento cai, chegou a praticamente zero. Então, a gente não tem uma receita na pousada”, explica o empresário Max Santana.

Média de consumo

Em março deste ano, em função da disseminação do coronavírus, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a suspensão do trabalho dos leituristas em todo o território nacional. A cobrança das demais contas de luz seria feita utilizando a média de consumo dos últimos 12 meses, conforme orientação da Aneel.

Esta alteração tem suscitado questionamentos por parte de alguns consumidores. Mas, diversos consumidores reclamam que os valores estão vindo maiores do que deveriam ser, considerando a média. Os consumidores também relatam que encontram dificuldades para acionar a Coelba para solucionar a questão.

Direitos do consumidor

Advogado especializado em direito do consumidor, Thomás de Figueiredo Ferreira afirma que a determinação da Aneel é no sentido de que a companhia disponibilize ao cliente o envio da leitura para que seja feita a correção da fatura ou compensação do valor pago na próxima fatura. O consumidor que se sentir lesado deve registrar reclamação no Procon, pelos canais online, por exemplo, e na Aneel, pelo telefone 167.

setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia