Esporte - BARRA GRANDE 24 HORAS
WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pousada cravo canela apaixona camamu

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: ‘Esporte’

Gravações do filme “As Verdades” da Globo em parceria com a Gullane começa nesta terça em Maraú

 Entre os atores já confirmados no elenco estão: Lázaro Ramos, Drica Moraes e Bianca Bin.

MARAÚ – O diretor Geral de Locações da Gullane entretenimento, Juliano Mundim, se reuniu na última quarta-feira com a prefeita Gracinha Viana, Secretário de Infraestrutura, Tinho e com o Gerente de Cultura, Ademar Luz, para discutir sobre o início das gravações de um longa-metragem.

Ruas da sede do município serão fechadas para o início das gravações que estão programadas para começar nesta terça-feira, dia 08. Uma das ruas que serão cenários do filme é a avenida beira-mar na orla de Maraú. A praça do Quiosque e também o popular ‘Canto’ e a rua da Secretaria de Educação serão um dos cenários do longa.

 

O longa-metragem “As Verdades” conta a história de um crime em um pequeno município do litoral da Bahia. É o primeiro caso de Josué, o delegado (Lázaro Ramos) recém-chegado na cidade. A história é contada de pontos de vista diferentes, dos três personagens presentes no momento do crime.

Vice-Presidente da Confederação Brasileira de Canoagem parabeniza atletas de Maraú pelas conquistas

A Canoagem segue rendendo bons frutos para o município de Maraú. O último campeonato brasileiro disputado em Brasília, colocou novamente Maraú como destaque na modalidade, ao garantir os 100% de aproveitamento. Os dez canoístas conquistaram 10 medalhas com dez atletas, um feito inédito para o esporte marauense. Foram seus de ouro, um de prata e três de bronze.

O vice-presidente da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCA), Darci Oberdam de Souza,  afirmou que isso é um fruto de um trabalho exemplar do técnico Figueroa Conceição em parceria com a Prefeitura de Maraú, que oferece todo apoio a canoagem na cidade. Darci, parabenizou figueroa e a toda equipe de atletas marauenses pelos bons resultados.

No encontro, estavam Ione Silva, chefe de gabinete, Cleverson Abreu, Assessor de Ações do Gabinete, o técnico Figueroa Conceição e a primeira marauense a conquistar duas medalhas de ouro no brasileiro, Radija Ferreira.

Canoístas de Maraú conquistam 10 medalhas no campeonato brasileiro em Brasília, 6 de ouro, 1 de prata e 3 bronze

Delegação de Maraú no Campeonato Brasileiro de Canoagem em Brasília | Foto: ASCOM MARAÚ

A canoagem de Maraú encerrou sua passagem no Campeonato Brasileiro em Brasília com a sua melhor participação da história. Os 10 representantes marauenses garantiram 10 medalhas na competição, garantindo assim, 100% de aproveitamento. Foram conquistadas 6 medalhas de ouro, 1 de prata e 3 medalhas de bronze. Com os resultados, Maraú garantiu o décimo lugar geral na disputa.

Max Santana, jovem canoísta de Maraú ao lado de Isaquias Queiroz | Foto: Darlim Santos

José Júnior, o “Zé Filho” de 44 anos, foi campeão nas três provas que disputou (K1 1000m, K1 500m e K1 200m master). O atleta foi o canoísta marauense com mais medalhas de ouro. Em 2018, Zé Filho conquistou a primeira medalha de ouro no campeonato nacional na categoria K1 Master masculino, em Curitiba, classificando para o campeonato Sul-americano que aconteceu na Argentina, onde o mesmo garantiu 6 medalhas de bronze.

Radija medalha de ouro

Já a jovem desportista Radija Conceição participou das provas na categoria Feminino Menor e garantiu duas medalhas de ouro nos (1000m e 500m ). Com estes resultados, Radija tornou-se a aprimeira atleta marauense a conquistar duas medalhas de ouro no campeonato, despertando assim, os olhares da Seleção Brasileira de Canoagem. 

Salles Luz e Magno Coutinho, medalha de bronze.

Magno Coutinho conquistou duas medalhas de bronze no C1 1000m masculino cadete e no C1 500m. Já no C2 masculino Cadete, no qual fez dupla com Salles Luz, eles também garantiram a medalha de bronze.

Valdenice é uma das grandes apostas brasileira para disputar os Jogos Olímpicos de 2020 no Japão, também fez bonito e garantiu duas medalhas. No C1 200m feminino Sênior, Valdenice que compete por Maraú, voltou a conquistar a medalha de Ouro, comprovando o seu reinado na categoria. Já no C1 500m feminino Sênior, a canoísta, Valdenice Nascimento ficou com a Prata.

A Escola Olímpica de Canoagem de Maraú tem como treinador o experiente Figueroa Conceição, o popular “Figo”, Presidente da Federação Baiana de Canoagem e técnico que revelou o campeão mundial Isaquias Queiroz. O homem que revelou Isaquias Queiroz, agora revela talentos em Maraú.

Além dos medalhistas, também disputaram as provas do Campeonato Brasileiro de Canoagem representando Maraú: Max Santana, Ismael Pinto (5º melhor atleta do Brasil em sua categoria), Jemmis Santana, Leonardo Conceição e Jonas Malta. 

Os dez atletas são patrocinados pela Prefeitura Municipal de Maraú, que vem custeando a viagem da equipe. O projeto de Canoagem em Maraú, foi implantado pela Prefeita Gracinha Viana e tem como técnico, Figueroa Conceição. Graças ao projeto implementado na Gestão da Prefeita Gracinha, os jovens marauenses competem por todo Brasil e até no exterior com todo patrocínio da prefeitura municipal.

Thiago Carvalho que foi o chefe de equipe, Ione Silva, Chefe de Gabinete e o Assessor de Ações do Gabinete, Cleverson Abreu integraram em Brasília, a delegação marauense na competição.

O CAMPEONATO

A competição reuniu mais de 450 atletas e entre eles, os melhores canoísts do país como os medalhistas mundiais Isaquias Queiroz e Erlon Souza. Forama 40 associações inscritas no Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem, que teve início na última quinta (29), e foi até domingo (1/9), no Lago Paranoá, em Brasília.

Confira o quadro de medalhas 

  1. K1 1000m masculino Master – José Junior – Ouro
  2. K1 500m masculino master –   José Júnior – Ouro
  3. K1  200m masculino master – José Júnior –  Ouro
  4. C1 1000m feminino menor – Radija Conceição – Ouro
  5. C1 500m feminino menor –   Radija Conceição – Ouro
  6. C1 200m feminino Sênior –   Valdenice Conceição – Ouro
  7. C1 500m feminino Sênior –   Valdenice Nascimento – Prata 
  8. C1 500m masculino Cadete – Magno Coutinho – Bronze 
  9. C1 1000m masculino cadete – Magno Coutinho – Bronze
  10.  C2 1000m masculino cadete – Salles Luz e Magno Coutinho – Bronze

ASCOM – PREFEITURA DE MARAÚ

Isaquias Queiroz parabeniza atleta de Maraú pela conquista de dois ouros no Campeonato brasileiro de Canoagem em Brasília

Max Santana, jovem canoísta de Maraú ao lado de Isaquias Queiroz | Foto: Darlim Santos

Neste fim de semana, a capital do país recebe o Campeonato Brasileiro de Velocidade e Paracanoagem. Evento serve para composição de seleções de base e preparação rumo às Olimpíadas de Tóquio-2020

Figueroa, Isaquias e Zé Filho | Foto: Darlim

Os ateletas da Canoagem de Maraú estão competindo e já garantiram 8 medalhas até o momento. O multicampeão, Isaquias Queiroz, está competindo tambem em Brasília e conversou com membros da delegação marauense.

Ione Silva, Chefe de Gabinete da Prefeitura ao lado de Isaquias Queiroz | Darlim

Zé Filho, de 44 anos, já conquistou duas medalhas de ouro na competição e foi parabenizado por Isaquias. O atleta marauense é treinado pelo mesmo treinador que descobriu Isaquias, o renomado Figueroa Conceição. Figo, como é chamado por muitos, é o técnico da escola de canoagem implantado pela Prefeita Gracinha Viana, em Maraú.

Em Brasília, os dez atletas de Maraú estão fazendo bonito e faturando várias medalhas, como é o caso da Jovem Radija Conceição. A adolescente já garantiu dois ouros no campeonato brasileiro. Todos atletas contam com total patrocínio da Prefeitura de Maraú.

 

Prefeitura de Maraú patrocina dez atletas da Canoagem no Campeonato Brasilieiro em Brasília

Cerca de 460 atletas estão confirmados no Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem, que teve início na última quinta (29), e vai até domingo (1/9), no Lago Paranoá. Entre os 460, estão dez atletas que representam a cidade de Maraú. A competição reúne os melhores atletas do país como os medalhistas mundiais Isaquias Queiroz e Erlon Souza. Os atletas de Maraú são treinados pelo técnico Figueroa que já mostraram bons resultados.

Valdenice é uma das grandes apostas brasileira para disputar os Jogos Olímpicos de 2020 no Japão. Valdenice, Max Santana, Jemmis Santana, Magno Coutinho, Zé Filho, Radija Ferreira, Ismael Conceição, Leonardo Conceição, Salles Luz e Jonas Malta completam o time de atletas marauenses no campeonato brasileiro. Os dez atletas estão por conta da Prefeitura Municipal de Maraú, que vem custeando a viagem da equipe.

O projeto de Canoagem em Maraú, foi implantado pela Prefeita Gracinha Viana e tem como técnico, Figueroa Conceição. Graças ao projeto implementado na Gestão da Prefeita Gracinha, os jovens marauenses competem por todo Brasil e até no exterior com todo patrocínio da prefeitura municipal. (Redação: Ubaitaba Urgente) – Fonte dessa matéria: https://ubaitabaurgente.com.br

Lutador de jiu-jitsu de Aurelino Leal conquista 1º lugar no Pretorian International Pro BJJ de Brasília

 

O atleta de Jiu Jitsu de Aurelino Leão, John Herbert, de 23 anos, disputou na última semana, o Campeonato Pretorian International Pro BJJ, que aconteceu em Brasília, no Distrito Federal. John é aluno da Academia Ryujin de Aurelino Leal, no Sul da Bahia e vem acumulando excelentes resultados na curta, mas promissora carreira nos tatames.

“É muito gratificante representar minha cidade e minha academia e sair campeão de duas categorias importantíssimas”, conta o atleta. De acordo com John, ele permanece na capital federal treinando na academia Barreto com total apoio da equipe. John venceu seu oponentes da categoria Galo, após finaliza-lo na americana.

 

Como prova do planejamento a Pretorian International Pro BJJ, que foi realizado em Brasília e contou com grande presença de público, além de inúmeros competidores. Com o sucesso do torneio, a expectativa é de que as próximas edições contem com ainda mais atletas em ação.  John teve o apoio da: Império Açaí, Academia Big Friends, MF Doces e Bebias, Ingrid Fahning, Central Artes e Vereadora Rosana

 

Maraú conquistam 2 medalhas de ouro e 2 medalhas de bronze no Campeonato brasileiro de Canoagem em Brasília 

 

Radija medalha de ouro

Os atletas marauenses estão fazendo bonito no Campeonato brasileiro de Canoagem em Brasília. Zé Filho e a jovem Radija Conceição, conquistaram medalhas de ouro em suas categorias.

Salles Luz e Magno Coutinho, medalha de bronze.

Tanto Zé Filho como Radija, disparam na frente e deixaram os concorrentes para traz abrindo uma boa vantagem até a chegada. Salles Luz e Magno Coutinho conquistaram a medalha de bronze no C2 MIL CADETE.

 

Magno Coutinho conquistou também medalha de bronze na prova individual C1 Mil CADETE. Ao todo, os atletas de Maraú já conquistaram 2 medalhas de ouro e duas de bronze.

Zé Filho ao lado do técnico Figueroa Conceição

A prefeitura de Maraú, por meio da Prefeita Gracinha Viana, está patrocinando todos dez canoístas que estão competindo na capital federal. O projeto foi implementado pela Prefeita Gracinha em 2017, e de lá, pra cá, muitas medalhas já foram conquistas pelos atletas.

O presidente da federação Baiana de Canoagem e técnico da delegação marauense, está contente com os resultados e parabenizou os canoístas que estão dando o máximo de si.

 

 

Canoístas de Maraú participam do Campeonato Brasileiro de Canoagem em Brasília

Dez atletas de Maraú estão em Brasília para participar do Campeonato Brasileiro de Canoagem. Pelo menos 460 atletas estão confirmados no Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem, que ocorrerá de quinta (29) a domingo (1/9), no Lago Paranoá. O evento vai reunir os melhores atletas do país como os medalhistas mundiais Isaquias Queiroz e Erlon Souza. 

Os atletas de Maraú são treinados pelo técnico Figueroa que já começaram a mostrar resultado. Valdenice é uma das grandes aposta brasileira para disputar os Jogos Olímpicos de 2020 no Japão. Ela já está com a delegação marauense em Brasília e entrou nas águas do lago Paranoá para os primeiros treinos.

Max Santana, Jemmis Santana, Magno Coutinho, Zé Filho, Radija Ferreira, Ismael Conceição, Leonardo Conceição, Salles Luz e Jonas Malta completam o time de atletas marauenses no campeonato brasileiro. O projeto de Canoagem em Maraú, foi implatado pela Prefeita Gracinha Viana e tem como técnico, Figueroa Conceição. 

Graças ao projeto implementado na Gestão da Prefeita Gracinha, os jovens marauenses competem por todo Brasil e até no exterior com todo patrocínio da prefeitura municipal. 

 

 

 

Serviço

Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem

Data: 29 de agosto a 1 de setembro de 2019

Horário:  das 7h às 18h

Local: Lago Paranoá. As provas serão entre a Ponte das Garças e o  Clube Nipo, no Setor de Clubes Esportivos Sul.

A entrada é gratuita

Maraú: Valendo vaga olímpica, Valdenice se classifica para semifinal do C1 200m no mundial de Canoagem

Representando Maraú, a brasileira Valdenice Conceição começou bem a participação do Mundial de Canoagem, em Szeged, na Hungria. Nesta quinta-feira, ela se classificou para a semifinal do C1 200 metros, após ser a terceira colocada de sua bateria com a marca de 47s47.  Valdenice Conceição é a única mulher da delegação olímpica do Brasil no Mundial de canoagem em Szeged, na Hungria.

A baiana tenta tornar-se a primeira atleta do país a competir na canoa olímpica no feminino. Valdenice participa do projeto de canoagem implantado pela Prefeitura de Maraú, que atende jovens e adultos da sede do município. O SporTV transmite o evento a partir de sexta-feira.

Vereador Gustavo pede apoio da Prefeitura para viagens de atletas de Barra Grande em competições

O vereador Gustavo Magalhães (PP) encaminhou um ofício ao Poder Executivo solicitando a criação de projetos que auxiliem atletas de Barra Grande com as despesas de viagens. O objetivo é fortalecer o esporte, principalmente àqueles que se deslocam para representar o Município em competições fora da cidade. 

O pedido foi realizado através de ofício enviado ao Secretário de Educação, Cultura e Esporte na última semana. Na justificativa, o vereador afirmou que muitos atletas não têm condições de arcar com despesas de deslocamento e hospedagem em competições foras da cidade.

 





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia