Destaque5 - BARRA GRANDE 24 HORAS
WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pousada cravo canela apaixona camamu

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: ‘Destaque5’

 ‘Barra Grande conta sua história’, Desfile cívico do Colégio Maria Amélia celebra Independência 

Um ato cívico em comemoração à semana da pátria com o tema “Barra Grande conta sua história” foi realizado na manhã da última quinta-feira (5), nas ruas do distrito de Barra Grande, envolvendo os alunos do Colégio Municipal Maria Amélia Genê Pirajá e a fanfarra da própria unidade.

Com alunos que brilharam com as fantasias e suas alegorias, destacando é claro, um pouco da história de Barra Grande. Pais e familiares juntos, ensinando desde pequeno sobre o civismo. Coreografias das tradicionais balizas da professora Dalva e também sobre o Karatê, arrancaram aplausos do público.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mais de 5 mil eleitores já foram biometrizados em Maraú, diz TSE

O Site oficial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta terça-feira (03) que o número de eleitores cadastrados no sistema biométrico de votação chegou a 5.470, ou seja, 41,35% do eleitorado. Ainda assim, a Justiça Eleitoral alerta para que o eleitorado restante realize o procedimento até o mês de fevereiro. O eleitor que não atender à convocação terá o título cancelado.

Vista da Sede de Maraú | Foto: Aleilton Oliveira

Os eleitores que votam ou desejam transferir o título para Maraú podem realizar os procedimentos na sede do município. O atendimento acontece graças a uma parceria da Prefeitura de Maraú com o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) visando  ampliar a capacidade, proporciona maior conforto para o eleitor. A unidade instalada na antiga Cesta do Povo, foi cedida pela Prefeitura e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Com o título cancelado, o eleitor ficará impedido de receber diversos benefícios, além disso não poderá tirar passaporte ou concorrer em concursos públicos.

Confira as principais consequências do cancelamento do título:

– não poder se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles;

– não receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo ou que exerçam serviço delegado, correspondentes ao segundo mês subsequente ao da eleição;

– não obter passaporte ou carteira de identidade;

– não participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias;

– não obter empréstimos nas autarquias, sociedades de economia mista, caixas econômicas federais ou estaduais, nos institutos e caixas de previdência social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo, ou de cuja administração este participe, e com essas entidades celebrar contratos;

– não renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;

– não praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda;

– não obter certidão de quitação eleitoral, conforme disciplina a Res.-TSE nº 21.823/2004;

– não obter qualquer documento nas repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Veja documentos necessários para fazer o recadastramento biométrico

Atendimento

Para ser atendido, o eleitor deverá apresentar documento original de identificação com foto (RG, CNH, carteira profissional e/ou passaporte) e comprovante de residência atualizado (máximo de três meses) em nome do solicitante ou de parente (com comprovação de parentesco). As pessoas que tiveram os dados cadastrais alterados por, dentre outras razões, casamento ou separação, devem levar um documento comprobatório para atualização das informações.

Os homens que farão a primeira via do título devem levar o comprovante de quitação militar, seja carteira de reservista ou certificado de alistamento militar. 

 

É festa! População toma as ruas de Maraú para receber atletas da canoagem

Este slideshow necessita de JavaScript.

A última segunda-feira (02/09) está eternizada na história de Maraú. A cidade de 21 mil habitantes parou para receber os dez canoístas marauenses que fizerem bonito no Campeonato Brasileiro de Canoagem que foi realizado no Lago Paranoá, em Brasília, no Distrito Federal.  O evento premiou e selecionou os melhores canoístas do país.

Os 10 representantes marauenses garantiram 10 medalhas na competição, garantindo assim, 100% de aproveitamento. Foram conquistadas 6 medalhas de ouro, 1 de prata e 3 medalhas de bronze. Com os resultados, Maraú garantiu o décimo lugar geral na disputa. 

Feliz com o investimento que vem fazendo no esporte, a prefeita Gracinha Viana foi para o meio do povo receber os atletas. “Não me arrependo de ter implantado a canoagem em Maraú, estou orgulhosa de ver este momento lindo e que entra para a história do município.

Os dez atletas são patrocinados pela Prefeitura Municipal de Maraú, que vem custeando a viagem da equipe. O projeto de Canoagem em Maraú, foi implantado pela Prefeita Gracinha Viana e tem como técnico, Figueroa Conceição. Graças ao projeto implementado na Gestão da Prefeita Gracinha, os jovens marauenses competem por todo Brasil e até no exterior com todo patrocínio da prefeitura municipal.

Além dos medalhistas, também disputaram as provas do Campeonato Brasileiro de Canoagem representando Maraú: Max Santana, Ismael Pinto (5º melhor atleta do Brasil em sua categoria), Jemmis Santana, Leonardo Conceição e Jonas Malta. 

Thiago Carvalho que foi o chefe de equipe, Ione Silva, Chefe de Gabinete e o Assessor de Ações do Gabinete, Cleverson Abreu integraram em Brasília, a delegação marauense na competição.

Confira o quadro de medalhas 

 

  1. K1 1000m masculino Master – José Junior – Ouro
  2. K1 500m masculino master –   José Júnior – Ouro
  3. K1  200m masculino master – José Júnior –  Ouro
  4. C1 1000m feminino menor – Radija Conceição – Ouro
  5. C1 500m feminino menor –   Radija Conceição – Ouro
  6. C1 200m feminino Sênior –   Valdenice Conceição – Ouro
  7. C1 500m feminino Sênior –   Valdenice Nascimento – Prata 
  8. C1 500m masculino Cadete – Magno Coutinho – Bronze 
  9. C1 1000m masculino cadete – Magno Coutinho – Bronze
  10.  C2 1000m masculino cadete – Salles Luz e Magno Coutinho – Bronze

O CAMPEONATO

A competição reuniu mais de 450 atletas e entre eles, os melhores canoísts do país como os medalhistas mundiais Isaquias Queiroz e Erlon Souza. Forama 40 associações inscritas no Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem, que teve início na última quinta (29), e foi até domingo (1/9), no Lago Paranoá, em Brasília.

ASCOM – PREFEITURA DE MARAÚ

Maraú: Mais uma baleia encontrada morta em praia de Barra Grande começa a ser removida 

Essa é a segunda baleia encontrada morta nas praias de Barra Grande | Foto: Barra Grande 24h

MARAÚ – Uma baleia jubarte foi encontrada morta nas areias da Praia da Bombaça, em Barra Grande, na Península de Maraú, mudando a paisagem na manhã do último domingo (01). Os banhistas foram surpreendidos pela cena e entraram em contato com a prefeitura, que enviou equipe ao local para retirada do animal. Ainda não se sabe as causas da morte do animal.

Nas redes sociais, moradores de Barra Grande questionam o motivo. Um dele questiona: O internauta cita a poluição, mas questiona a existência de outros fatores: “Muitos aparecendo mortos, em pouquíssimo tempo. Não é só lixo essa parada ae!”. Outra pessoa reitera: ‘Muitos animais mortos em pouco tempo. Acho que deve ser investigado se tem algo na água do mar que estaria causando a morte deles.’4

Ao todo são 4 animais encontrados mortos nas praias da Península de Maraú. Saquaíra e Cassange registraram um caso cada. Já em Barra Grande, são duas baleias encontradas mortas em menos de uma semana. No domingo, 25 de agosto, um filhote morreu em Taipu de Fora, mas teve seu corpo puxado para o alto mar por uma lancha. Dias depois, o corpo de um filhote foi encontrado também na praia da Bombaça, deixando a suspeita é que o corpo do filhote encontrado na praia da Bombaça, possa ser do animal que encalhou em Taipu de Fora.

 

 

Canoístas de Maraú conquistam 10 medalhas no campeonato brasileiro em Brasília, 6 de ouro, 1 de prata e 3 bronze

Delegação de Maraú no Campeonato Brasileiro de Canoagem em Brasília | Foto: ASCOM MARAÚ

A canoagem de Maraú encerrou sua passagem no Campeonato Brasileiro em Brasília com a sua melhor participação da história. Os 10 representantes marauenses garantiram 10 medalhas na competição, garantindo assim, 100% de aproveitamento. Foram conquistadas 6 medalhas de ouro, 1 de prata e 3 medalhas de bronze. Com os resultados, Maraú garantiu o décimo lugar geral na disputa.

Max Santana, jovem canoísta de Maraú ao lado de Isaquias Queiroz | Foto: Darlim Santos

José Júnior, o “Zé Filho” de 44 anos, foi campeão nas três provas que disputou (K1 1000m, K1 500m e K1 200m master). O atleta foi o canoísta marauense com mais medalhas de ouro. Em 2018, Zé Filho conquistou a primeira medalha de ouro no campeonato nacional na categoria K1 Master masculino, em Curitiba, classificando para o campeonato Sul-americano que aconteceu na Argentina, onde o mesmo garantiu 6 medalhas de bronze.

Radija medalha de ouro

Já a jovem desportista Radija Conceição participou das provas na categoria Feminino Menor e garantiu duas medalhas de ouro nos (1000m e 500m ). Com estes resultados, Radija tornou-se a aprimeira atleta marauense a conquistar duas medalhas de ouro no campeonato, despertando assim, os olhares da Seleção Brasileira de Canoagem. 

Salles Luz e Magno Coutinho, medalha de bronze.

Magno Coutinho conquistou duas medalhas de bronze no C1 1000m masculino cadete e no C1 500m. Já no C2 masculino Cadete, no qual fez dupla com Salles Luz, eles também garantiram a medalha de bronze.

Valdenice é uma das grandes apostas brasileira para disputar os Jogos Olímpicos de 2020 no Japão, também fez bonito e garantiu duas medalhas. No C1 200m feminino Sênior, Valdenice que compete por Maraú, voltou a conquistar a medalha de Ouro, comprovando o seu reinado na categoria. Já no C1 500m feminino Sênior, a canoísta, Valdenice Nascimento ficou com a Prata.

A Escola Olímpica de Canoagem de Maraú tem como treinador o experiente Figueroa Conceição, o popular “Figo”, Presidente da Federação Baiana de Canoagem e técnico que revelou o campeão mundial Isaquias Queiroz. O homem que revelou Isaquias Queiroz, agora revela talentos em Maraú.

Além dos medalhistas, também disputaram as provas do Campeonato Brasileiro de Canoagem representando Maraú: Max Santana, Ismael Pinto (5º melhor atleta do Brasil em sua categoria), Jemmis Santana, Leonardo Conceição e Jonas Malta. 

Os dez atletas são patrocinados pela Prefeitura Municipal de Maraú, que vem custeando a viagem da equipe. O projeto de Canoagem em Maraú, foi implantado pela Prefeita Gracinha Viana e tem como técnico, Figueroa Conceição. Graças ao projeto implementado na Gestão da Prefeita Gracinha, os jovens marauenses competem por todo Brasil e até no exterior com todo patrocínio da prefeitura municipal.

Thiago Carvalho que foi o chefe de equipe, Ione Silva, Chefe de Gabinete e o Assessor de Ações do Gabinete, Cleverson Abreu integraram em Brasília, a delegação marauense na competição.

O CAMPEONATO

A competição reuniu mais de 450 atletas e entre eles, os melhores canoísts do país como os medalhistas mundiais Isaquias Queiroz e Erlon Souza. Forama 40 associações inscritas no Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem, que teve início na última quinta (29), e foi até domingo (1/9), no Lago Paranoá, em Brasília.

Confira o quadro de medalhas 

  1. K1 1000m masculino Master – José Junior – Ouro
  2. K1 500m masculino master –   José Júnior – Ouro
  3. K1  200m masculino master – José Júnior –  Ouro
  4. C1 1000m feminino menor – Radija Conceição – Ouro
  5. C1 500m feminino menor –   Radija Conceição – Ouro
  6. C1 200m feminino Sênior –   Valdenice Conceição – Ouro
  7. C1 500m feminino Sênior –   Valdenice Nascimento – Prata 
  8. C1 500m masculino Cadete – Magno Coutinho – Bronze 
  9. C1 1000m masculino cadete – Magno Coutinho – Bronze
  10.  C2 1000m masculino cadete – Salles Luz e Magno Coutinho – Bronze

ASCOM – PREFEITURA DE MARAÚ

Prefeitura de Maraú patrocina dez atletas da Canoagem no Campeonato Brasilieiro em Brasília

Cerca de 460 atletas estão confirmados no Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem, que teve início na última quinta (29), e vai até domingo (1/9), no Lago Paranoá. Entre os 460, estão dez atletas que representam a cidade de Maraú. A competição reúne os melhores atletas do país como os medalhistas mundiais Isaquias Queiroz e Erlon Souza. Os atletas de Maraú são treinados pelo técnico Figueroa que já mostraram bons resultados.

Valdenice é uma das grandes apostas brasileira para disputar os Jogos Olímpicos de 2020 no Japão. Valdenice, Max Santana, Jemmis Santana, Magno Coutinho, Zé Filho, Radija Ferreira, Ismael Conceição, Leonardo Conceição, Salles Luz e Jonas Malta completam o time de atletas marauenses no campeonato brasileiro. Os dez atletas estão por conta da Prefeitura Municipal de Maraú, que vem custeando a viagem da equipe.

O projeto de Canoagem em Maraú, foi implantado pela Prefeita Gracinha Viana e tem como técnico, Figueroa Conceição. Graças ao projeto implementado na Gestão da Prefeita Gracinha, os jovens marauenses competem por todo Brasil e até no exterior com todo patrocínio da prefeitura municipal. (Redação: Ubaitaba Urgente) – Fonte dessa matéria: https://ubaitabaurgente.com.br

Começam os preparativos para o 3º Concurso Garota Península de Maraú

Dois meses depois do início da seleção dos candidatos que querem disputar o título de Garota e Garoto Península de Maraú, parte da equipe do concurso já iniciou os trabalhos para mais uma realização de sucesso. Em Jequié, o Diretor de Eventos, Anderson Muniz, se reuniu com membros da equipe de produção do desfile.

Entre produtores, fotógrafos e maquiadores, os preparativos do Garota Península de Maraú começaram a ganhar forma. Este ano, a modelo de Jequié, Sara Maia, de 16 anos, deve fazer parte da cerimônia de abertura do concurso.

A reunião contou com a presença de: Alana Filmagens, Anderson Muniz, Aroldo Brito (Produtor de moda), Cleiton Santos (Fotógrafo), Camila Teixeira (Maquiadora) e da jovem Sara Maia, que foi modelo profissional revelação de Jequié em 2018. Quer ficar por dentro de tudo que acontece no concurso? Então segue o perfil do evento no Instagram

O desfile tem a realização de Darlim (Portal Barra Grande 24 Horas) do Diretor de Eventos, Anderson Muniz e de Jamile Sena, com apoio da Prefeitura de Maraú, Secretarias de Turismo e Lazer e In9pro.

 

Vereador Adson faz indicações na Câmara pedindo melhorias para localidades do Minério e Ambumba

 
 
O vereador de Tremembé, Adson do Nascimento, fez várias indicações ao executivo na ultima sessão ordinária, na Câmara Municipal de Maraú. As Indicações são solicitações da comunidade em geral que procuram o vereador para pedir ajuda para sanar problemas relacionados ao poder público.
 
https://youtu.be/zpFlcN6M0TA
 
 
Entre as indicações, Adson solicitou que a Secretaria de Infraestrutura de Maraú, faça melhorias nas estradas do Minério e da Ambumba. O parlarmentar ainda solicitou a instalação de lâmpadas na entrada do povoado de Tremembé. Adson também agradeceu a prefeita Gracinha pela limpeza do Campo da localidade da Santa Luzia.

[Atenção!] Concurso “Garota Península de Maraú” tem inscrições prorrogadas.

As garotas interessadas em concorrer ao título do tradicional concurso “Garota Península de Maraú” têm até a próxima quinta-feira (22) para realizar a sua inscrição. As interessadas devem entrar em contato pelo What’s App do Barra Grande 24h (73) 9 81891460 ou  com Anderson Muniz (73) 9936-7297 e efetuar a inscrição.

O concurso destina-se para jovens a partir dos 15 (moradoras de qualquer parte do município de Maraú), que sonham com glamouroso mundo da moda. 

Polícia Militar localiza plantação de maconha e um corpo na zona rural de Camamu

Equipes da PM de Camamu e Travessão, juntamente com a RONDESP Sul, foram recebidas à tiros por dois homens nesta segunda-feira (19), por volta das 11h da manhã, numa plantação de maconha localizada na região da Cascalheira, em Camamu.

Os policiais receberam uma denúncia anônima e foram averiguar o ocorrido, quando, ao chegar ao local indicado na denúncia, encontraram uma área para cultivo e manejo de maconha. Após troca de tiros, os homens evadiram-se do local pelo matagal.

Fora encontrados vários sacos contendo maconha pronta para o consumo e uma área de aproximadamente um 1 hectare ocupada com plantação de Cannabis Sativa. Ainda no local os policiais encontraram o corpo de um homem encoberto por sacos e uma grande quantidade de folhas de maconha.

O DPT- Departamento de Polícia Técnica foi acionado e todo material apreendido foi apresentado na Delegacia de Polícia Territorial de Camamu para a adoção das medidas legais e cabíveis. Todo o fato foi registrado no BO nº 00982/2019. (Portal Pratigi)

Fonte: Ascom/33ª CIPM





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia