Destaque5 - BARRA GRANDE 24 HORAS
WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pousada cravo canela apaixona camamu

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: ‘Destaque5’

Presidente da Câmara, Manassés se reúne com agricultores da região do Pau Seco, zona rural de Maraú

No último domingo (20), aconteceu uma reunião com a Associação dos Pequenos Agricultores, na região do Pau Seco, na zona rural de Maraú. O encontro teve a presença do vereador e Presidente da Câmara Municipal, Manassés, juntamente com o Secretário de Agricultura, Meio Ambiente, Aquicultura e Pesca, Valdemir Lisboa. 

Manassés ouviu as reivindicações, perspectivas e propostas dos produtores rurais através do presidente da associação e demais associados. “Todos nós sabemos do enorme potencial de geração de renda e qualidade de vida que nossas comunidades rurais possuem. É preciso seguir o trabalho que a prefeita Gracinha vem dando ao homem do campo, para que assim, eles sigam no caminho do crescimento como vem acontecendo.”, explicou Manassés. 

O presidente do lesgislativo municipal, se colocou à disposição da população, garantindo total apoio aos membros daquela associação e os demais moradores da região. Também participaram da reunião o vereadore, Adelino Batista, o popular Dudu, e a Secretária de Desenvolvimento Social, Anaildes Porto. 

Camila e banda, som de qualidade “Made in” Barra Grande

Que bela surpresa foi apresentada na oitava edição do Luau Fases, que rolou na noite deste sábado (19), na Área Verde da Vila Saudável, em Ituberá, no Baixo Sul. Conhecida das noites de Barra Grande e dona de uma musicalidade rica, Camila e banda se apresentaram no Luau e deixou o público extasiado com um show brilhante.

Camila e banda, de Barra Grande, em show no Luau Fases, em Ituberá. Foto: Marcão Billy

Com repertório variado, Camila passeou por canções que fazem parte da música popular brasileira com muita personalidade. 

A banda apresentou um som pop rock de primeiríssima qualidade num repertório de clássicos de Djavan, Charlie Brown Jr, Titãs e Cazuza, por exemplo. Camila ainda trouxe releituras de sons internacionais, como a clássica “Valerie”, de Amy Whinehouse, um pouco do axé da Bahia com versões de Ivete Sangalo, mas sempre mantendo seu estilo pop bem praiano. Camila usou da simplicidade para ganhar o público que vibrou com cada música de um repertório muito bem elaborado.

Camila e banda, de Barra Grande, em show no Luau Fases, em Ituberá. Foto: Marcão Billy

Conversando com o Portal Pratigi, Camila disse que a proposta é oferecer um som de qualidade e diferenciado, uma vez que o mercado necessita de oxigenação e de oferta de música boa. Camila e banda podem ser vistas em apresentações nos Pubs’ e bares de Barra Grande.

Prefeitura de Maraú recupera estrada que liga distrito de Ibiaçú ao distrito de Faisqueira

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Várias estradas que dão acessos aos distritos, vilas e povoados de Maraú já estão sendo recuperadas pela Prefeitura e beneficiadas com os serviços de patrolamento e limpeza. Um dos trechos que já está recebendo as melhorias é a estrada que liga o distrito do Ibiaçu, município de Maraú ao distrito de Faisqueira, pertecente a cidade de Ubaitaba. 

A proposta da prefeita Gracinha Viana é realizar as obras de melhorias nas mais diversas estradas vicinais de Maraú. O problema é a falta de maquinário e equipamentos suficientes para atender as estradas de todo o município. Mas apesar de todas as dificuldades, o município vem fazendo a sua parte e vai ampliar ainda mais os serviços, beneficiando diversas comunidades com a melhoria das estradas.

ASCOM – Prefeitura de Maraú 

 

 

Homem é preso pela Polícia Civil depois de agredir e ameaçar ex-esposa com um ‘Cavador’ em Barra Grande

Lucas Porto Xavier, foi preso depois de agredir e ameaçar a ex-esposa em Barra Grande, na Península de Maraú. O crime aconteceu na noite da última segunda-feira, dia 14, por volta das 23h, na rua do Santo Forte. A mulher foi agredida com um ‘Cavador’ e ameaçada de morte pelo ex-companheiro. 

Policiais Civis de Barra Grande, foram acionados e prenderam em flagrante o autor que foi enquadrado na Lei Maria da Penha pela Delegada de Maraú, Dra Andréa Oliveira. A chefe da Polícia Civil do município, solicitou ainda medidas protetivas para a vítima e o acusado segue preso na carceragem da Delegacia da Polícia Civil em Barra Grande. 

 

 

Prefeitura monitora praias da Península de Maraú e prepara plano para eventual chegada de óleo

 

A prefeitura de Maraú prepara um plano de emergência em conjunto com o Ibama, Marinha e comunidade local, para a proteção e limpeza das praias caso a mancha de óleo avance e chegue as praias da Península. Como as manchas do petróleo já chegaram nas praias de Salvador e na Praia do Forte, o receio é que o mancha continue vindo na direção sul.

Na manhã desta segunda-feira, dia 14, a pedido da prefeita Gracinha Viana, o Secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca, Valdemir Lisboa, reuniu toda equipe da pasta para montar um plano emergencial para uma eventual chegada do óleo nas praias do município. Equipes estiveram no último fim de semana, vistoriando as principais praias da península.

De acordo com Secretário, as equipes das Secretarias de Meio Ambiente e em parceria com o pessoal do setor de Infraestrutura, poderão ficar de prontidão 24h para monitorar e retirar todo o material que vier a chegar nas faixas de areias da Península de Maraú. Também a qualquer hora do dia, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente poderá ser acionada, no telefone (73) 3258-2264.  

A prefeita Gracinha autorizou a compra de materiais de Epi (Equipamentos de Proteção Individual) para ser distribuído à população e aos funcionários das secretarias envolvidas para auxiliar na limpeza. Um grupo de What’sApp com membros do poder público municipal e de moradores de vários povoados da Península foi criado pela SEMAGRI, para ajudar no monitoramento. 

É importante a população evitar o contato direto com o material. Ao avistar manchas de óleo nas praias é recomendado informar a prefeitura o mais rápido possível. 

Ibama prevê chegada de óleo à Baía de Todos os Santos, cartão-postal de Salvador, e aciona plano urgente de contenção

BRASÍLIA — O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis ( Ibama ) prevê que o petróleo que vem contaminando o litoral do Nordeste vá chegar à Baía de Todos os Santos , em Salvador, nos próximos dias, com extensão à Baía de Aratu, onde ficam uma base naval, um porto e um estaleiro.

Por isso, o órgão decidiu, em caráter urgente, acionar o plano de área da Baía de Aratu, que inclui ações na Baía de Todos os Santos. O plano é o único existente na área atingida e permitirá a adoção de medidas para tentar minimizar o impacto do petróleo num dos lugares mais bonitos e emblemáticos da Bahia.
 

Óleo encontrado na Praia do Forte, na Bahia. Foto: Carlos Valério Mendonça / Oceanauta

Técnicos do Ibama confirmaram ao GLOBO que a expectativa é que o petróleo chegue a Baía de Todos os Santos, cartão-postal de Salvador. É na baía, por exemplo, que está a Praia de Porto da Barra, a mais central da capital baiana.

Até agora, conforme o levantamento atualizado pelo Ibama, o óleo chegou em Calçada e Pituaçu, em Salvador, Vilas do Atlântico, em Lauro de Freitas, e Praia do Forte , em Mata de São João, entre outras localidades.

O óleo previsto para chegar nas Baías de Todos os Santos e de Aratu é o que vem percorrendo o litoral no Nordeste. Os técnicos do Ibama sobrevoaram a área onde foi detectada uma mancha de 21 quilômetros quadrados e constataram que não se tratava de óleo, mas de uma mancha de chuva. O mesmo vale para o borrão menor que apareceu nos mapas de satélites, de 3 quilômetros quadrados.

Até agora, as manchas de petróleo já atingiram 156 localidades, em 71 municípios dos nove estados do Nordeste. Muito pouco se sabe sobre esse óleo. O governo já disse que o petróleo tem o DNA do óleo extraído na Venezuela , sem precisar como esse petróleo chegou à costa brasileira. A Marinha e a Polícia Federal (PF) investigam o que está por trás da contaminação.

 
 
 

Deputada Dayane Pimentel na luta pelo asfalto da BR-030 em Maraú e pede apoio da bancada baiana

A deputada federal mais votada da Bahia, com mais de 135 mil votos, mais conhecida como Professora Dayane Pimentel, entrou de vez na luta pelo asfalto para Maraú. A deputada solicitou em Brasília, que a bancada baiana no Congresso Nacional possa ajuda-la a conseguir uma emenda de bancada para a pavimentação asfaltica da rodovia BR-030. 

 

A parlamentar esteve com a prefeita de Maraú, Gracinha Viana, que aproveitou a oportunidade para pedir apoio para o tão sonhado asfalto da BR-030 até a entrada da sede. Dayane Pimentel recebeu fotos e vídeos da rodovia e ficou chocada com a situação precária da rodovia. 

Formada na área de educação, a parlamentar destacou que a problemática vem afetando também os alunos do município que sofrem diariamente com a dificuldade de acesso as escolas do município. Além da educação, Dayane também falou sobre a dificuldade que as ambulâncias da Secretaria de Saúde vem sofrendo com a precariedade da estrada federal.

C

Maraú: Prefeita Gracinha será entrevistada nesta quarta no programa ‘Alô Litoral’ da rádio Litoral FM

Prefeita de Maraú, Gracinha Viana (PP)

 

 

Gracinha Viana, Prefeita de Maraú é a convidada desta quarta-feira (9) do Programa Alô Litorala, na rádio Litoral FM 95,7 a partir das 12h, na apresentação do radialista Antônio Carlos. Gracinha falará sobre a situação econômica de Maraú, audiência pública sobre a BR-030 em Brasília, a votação das contas de sua gestão e também sobre os trabalhos que estão sendo feitos em todo município de Maraú além de projetos futuros.

Letícia Santana e Carlos Alberto vencem Garota e Garoto Península de Maraú 2019

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os jovens Letícia Santana e Carlos Alberto venceram no dia, 21, de setembro o concurso ‘Garota e Garoto Península de Maraú 2019’, em Barra Grande.

Os dois eram representantes do distrito de Barra Grande, Letícia que desfilou pela segunda vez na passarela do concurso ficou em terceiro lugar na edição de 2018 e agora conquista o título de 2019. 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Caio Lima e Juliana Oliveira

Já na primeira edição masculina, destaque foi para o nativo Carlos Alberto também de Barra Grande que conquistou o primeiro lugar. Douglas conquistou a segunda colocação e Marconi a terceira colocação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O evento contou com um júri composto pela Prefeita de Maraú, Gracinha Viana, Secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco, a delegada do município, Andréa Oliveira, Sócio do Réveillon Mil Sorrisos, Omar Maluf, do Jornalista e  fotógrafo profissional, Jorge Thadeu, pelo ex-cabeleleiro de Daniela Mercury, Liva Perazzo e da empresária da Pousada Ravenalas, Helaine Marley. 

Os grandes vencedores levaram para casa cada um o prêmio de R$ 1 mil reais entre outros prêmios. O DJ Júnior Pelegrine animou a noite. Juliana Oliveira vencedora do concurso em 2018 passou a faixa para a grande campeão do Concurso deste ano.

A praça das mangueiras ficou lotada para acompanhar a terceira edição do concurso que já é tradição da Península. Anderson Muniz, agradeceu também o apoio dos vários patrocinadores locais que abraçaram o evento. Os modelos Caio Lima e Sara Maia fizeram o desfile de abertura.

Feliz com o sucesso do evento, a Prefeita Gracinha Viana, destacou que o desfile atrai as famílias e une a península com a zona rural e enfatizou que serve de vitrine para alavancar o sonho da molecada. “O evento já faz parte do calendário cultural do município. As famílias dos participantes e munícipes em geral comparecem em massa.”, disse.

O evento realizado pelo diretor de eventos, Anderson Muniz, Darlim Santos (Barra Grande 24h) Jamile Sena e com a parceria de Camilla Diniz, contou com o apoio da prefeitura de Maraú, Secretaria de Turismo, Réveillon Mil Sorrisos, da Ramos Simbora Produções e do Salão de Beleza Ellos. 

 

Secretário de Turismo Fausto Franco, Prefeita Gracinha e Juliana Oliveira

Empresário José Victor Oliva investe R$ 11 milhões em festa de Réveillon em Itacaré

Do Correio 24H

Salvador foi a cidade escolhida pelo empresário José Victor Oliva, do grupo Holding Clube, para inaugurar o Road show que ele fará por diversas capitais brasileiras para apresentar o Réveillon Nº 1 que será realizado pela primeira vez em Itacaré, no sul do estado. O evento que vai reunir 30 atrações, entre nacionais e internacionais, vai colocar em dois diferentes palcos, artistas como Ivete Sangalo, Jorge & Mateus, Kevinho, Durval Lelys, os Dj’sAlok, ZehPretim, Sunroi, DreGuazzeli, Aline Rocha e BlackOut, além do duo ONA Beat e do trio Rooftime.

No destino, além das festas e beachclubs que integram o Réveillon Nº1, os visitantes poderão curtir programações e atrações que agradam a todos os tipos de público. A festa vai acontecer de 28 de dezembro a 2 de janeiro, totalizando cinco dias, com ingressos diários a partir de R$ 300 reais. 

Os pacotes para todos os dias custam a partir de R$2,4 mil, com open bar.  Nesta quinta-feira (3) o paulistano receberá a imprensa às 10h, para um café da manhã, no Wish Hotel da Bahia, para divulgar o evento que promete reunir quatro mil pessoas em cada uma das cinco noites. Considerado um dos nomes mais importantes do entretenimento no Brasil, Oliva está preparando uma edição especial do Camarote Nº 1 para o Carnaval do Rio de Janeiro em 2020, que está completando 30 anos. Antes do encontro com a imprensa, ele recebeu o Correio para uma entrevista exclusiva onde detalhou o projeto e explicou porque elegeu a Bahia para sediar a festa, que ele garante, será o maior Réveillon do Brasil. Confira: 

Porque o senhor elegeu Itacaré para sediar o Réveillon Nº1?
Quando a gente fez o Réveillon de Jericoacoara (CE) no ano passado, me deu a sensação de que foi legal, mas não foi o máximo, porque não era uma coisa completa, o lugar ficava longe da praia, em cima de um monte. Então pensei, vamos fazer esse negócio direito. A gente que trabalha com evento é exibido, gosta de ser o melhor, de receber elogios. A gente tem o Camarote Nº 1 há 30 anos, que é um super sucesso, então resolvemos fazer o São João Nº 1, o Halloween Nº 1, enfim, uma plataforma de eventos com esta marca que está consolidada e que nos pertence. Então foi pensar onde fazer. Numa dessas coincidências, fui jantar com o Fausto (Franco, secretário estadual de Turismo) que me sugeriu Itacaré.

O senhor já conhecia Itacaré?
Não, não conhecia, mas fui lá conhecer, me encantei, conversei com o prefeito, disse que queria fazer e eles toparam. Então eu disse, mas pra fazer um negócio desses tem que ser por uns 10 anos, porque no primeiro e segundo ano você toma ferro, não tem jeito. Então fechamos um acordo comercial, a prefeitura se comprometeu a fazer algumas coisas de infra-estrutura, como mudar o sentido de algumas ruas, eles já estavam construindo uma estrada vicinal pra não passar por dentro da cidade, enfim, coisas simples. Fomos então visitar alguns lugares onde pudéssemos montar a estrutura, inclusive a fazenda do Durval (Lelys) que é maravilhosa, mas que não dava por conta da dificuldade de circular, até chegarmos a Itacarezinho, onde encontramos o lugar ideal. Parece que foi feito pra isso. Fechamos com o dono do local e vamos fazer lá e trabalhar para que este evento fique lá por muitos anos.

Qual o investimento para um evento desse porte?
Hoje, nossa estimativa é de R$ 11 milhões, mas queremos fechar em R$ 10 milhões. Obviamente tem um monte de outros custos que não estão aí, mas isso é com o Réveillon em si, nossa meta é chegar nessa soma.

Que ações de sustentabilidade o senhor vai realizar durante o evento?
Estamos fazendo uma espécie de mini usina para trabalhar a questão dos resíduos. Nossa política é que, diariamente, uma hora depois do último show da noite, não haja um único copo, papel, lata, bituca de cigarro, nada no chão. Tudo será recolhido, encaminhado a essa usina, selecionado e prensado, para que possamos doar esses dejetos para cooperativas de reciclagem. E, claro, devolver o lugar muito melhor do que encontrou.

E como está a relação com a população local, já que esta será impactada com um evento desse porte?
Antes de fazermos tudo isso, realizamos uns três mini congressos com representantes da comunidade, conversamos com todos os secretários do município, falamos com lojistas, hoteleiros, restaurantes etc. E a cidade…, eu fico pensando no Brasil em geral, na Bahia, quando você tem Dorival Caymmi, João Gilberto, Jorge Amado, tantos outros ícones da cultura local, não tem muita dúvida que teu negócio é turismo. Só um débil mental, num segundo, não perceber isso. Mas é triste ver que você vai no Vesúvio, em Ilhéus, está destruído! Imagine isso num país como os Estados Unidos… Mas claro que para isso cabe interesses privados, empresários que venham e façam coisas. Eu to fazendo um pedaço, outro vem e faz outro pedaço, e assim vai.

São cinco dias de festa, mais de 30 atrações, como será a logística para o público que vai para lá?
Temos uma ótima estrutura local. São cerca de cinco mil leitos, só em pousadas, resort, casas de aluguel, estamos negociando a ampliação de voos para lá. E como te digo, é o primeiro ano, poderemos ter falhas, mas que consertaremos nas próximas edições. Vamos contratar apenas gente de lá, a não ser o pessoal de som, de luz, essas coisas. Mas a mulher da empada vai estar lá, a da coxinha, e por aí vai. 

 





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia