Destaque3 - BARRA GRANDE 24 HORAS
WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Destaque3’

Deputado Federal Ronaldo Carletto destina emenda para aquisição de uma ambulância para Maraú

O município de Maraú acaba de ser beneficiado com uma ambulância no valor de R$ 80 mil, fruto de emenda parlamentar do deputado Ronaldo Carletto, que atendeu a uma reivindicação da prefeita Gracinha Viana. O valor para a aquisição do veículo já está na conta da prefeitura e será um grande reforço na área da saúde no município.

A prefeita de Maraú, Gracinha Viana (PP), destacou a importância desse benefício para a rede municipal de saúde e agradeceu o deputado pelo compromisso com toda a população de Maraú. “A saúde é prioridade na nossa administração e tenho certeza que essa ambulância será muito útil para o nosso município. Toda a comunidade de Maraú agradece o deputado Ronaldo Carletto por essa ambulância e pela atenção para com a nossa cidade”, disse.

Carletto reafirmou o compromisso com o município de Maraú. “Tenho satisfação em destinar emenda para contribuir com o avanço da saúde e tenho certeza que esse equipamento será importante para salvar vidas.” Destacou o deputado.

Por: Barra Grande 24 Horas

 

Bandidos armados roubam carro de empresário de Barra Grande próximo a cidade de Gandu

S10 Branca do empresário de Barra Grande foi tomada de assalto. (Foto: Ilustrativa)

Um veículo Chevrolet, modelo S10 de cor branca, de placa okm 7800 de Camamu, foi tomado de assalto, na tarde desta quinta-feira (14), quando passava perto do entrocamento de Gandu com a BR-101. De acordo com informações, quatro elementos armados abordaram o motorista e levaram o veículo até uma estrada vicinal, onde os bandidos roubaram os pertences do condutor e levaram o carro que é de um empresário de Barra Grande.

Carro foi roubado por 4 elementos armados.

Ainda segundo informações repassados ao Site Barra Grande 24 Horas, o condutor do veículo era o pai do blogueiro de Camamu, Dudu-Face que foi levar o empresário de Barra Grande, que é o proprietário do veículo, na cidade de Jequié.

Os bandidos ainda deixaram a vítima em um estrada próximo ao distrito de Itamaraty. A família pede para quem ver esse veículo em qualquer localidade, entrar em contato pelos números. 190 ou 73 98177 7301

Noite do Dia dos Namorados é no Tio sazo pizzaria, cachaçaria e casa de vinhos, em Barra Grande

Para comemorar o dia dos namorados, a Tio sazo pizzaria, cachaçaria e casa de vinhos oferece um convite delicioso para os amantes da culinária italiana. Aproveite a oportunidade para tornar seu Dia dos Namorados inesquecível. Confira o cardápio.

Garrafa de vinho por R$ 69,90 e nossa pizza do dia com molho de tomate, mussarela, tomate e molho pesto. E ainda com a noite de vinhos malbec argentino e regionais portugueses pra te enamorar muito mais. Tio sazo um clássico da praça da tainha com 15 anos de qualidade e bom atendimento.

Ligue: 73 3258 6338

 

 

 

Covardia: Pai usa a filha de 3 anos como “escudo” e acaba morto. Menina foi para UTI

A vítima de 29 anos achou que os bandidos não atirariam na criança. Os dois acabaram baleados pelos criminosos.

O ex-presidiário Elinaldo José da Silva, 29 anos, foi surpreendido em casa por três homens armados. Acreditando que eles não atirariam na criança, Elinaldo tentou se proteger segurando a filha. Os criminosos atiraram mesmo assim e acabaram por matar Elinaldo e ferir gravemente a criança. A polícia já tem uma suspeita do que seria a motivação do crime. O delegado disse que o pai da criança, vítima do homicídio, “discutiu com uma pessoa em uma boca de fumo e ‘teria dado um tapa’ no rosto dessa pessoa”.

“Essa pessoa para se vingar voltou no período da tarde com mais duas pessoas e efetuou os disparos”, A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa possui a identificação de um dos autores do crime, e há a suspeita de outros dois. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

Estado de saúde da menina

A criança de apenas três anos que foi alvejada com três tiros ao ser usada como escudo pelo próprio pai teve alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na manhã deste sábado (9), mas permanece internada na clínica pediátrica do Hospital de Urgência de Teresina (HUT). A informação foi repassada pela assessoria de Comunicação do hospital.

[better-ads type=”banner” banner=”111439″ campaign=”none” count=”2″ columns=”1″ orderby=”rand” order=”ASC” align=”center” show-caption=”1″][/better-ads]

A criança apresentou melhoras de ontem para hoje, mas o estado ainda é grave. Dois dos tiros atingiram a região do abdômen e um a cabeça, mas não chegou a perfurar o crânio. O braço direito foi fraturado. A menina passou por cirurgia exploratória e foi constatado que os tiros do abdômen atingiram o diafragma, fígado, estômago e baço. Segundo a assessoria, a criança está estável, a sedação já foi retirada e ela está consciente.

Tristeza: Adolescente toma choque e morre ao recarregar seu celular em sala de aula

Jovem Iago Bastos Mendes, de de 16 anos, estava assistindo aula no momento do choque elétrico. Familiares, amigos e a escola lamentaram o ocorrido.

Um estudante de 16 anos morreu após receber uma descarga elétrica ao atender o próprio celular nesta quinta-feira (7) na cidade de Tianguá, interior do Ceará. O jovem estava carregando o aparelho telefônico, quando pegou o objeto e foi eletrocutado. Uma amiga do estudante, que preferiu não se identificar, contou que ele estava assistindo a uma aula de informática no colégio onde estudava. O celular estava carregando em um dos computadores no momento do choque elétrico.

Iago Bastos Mendes recebeu a descarga elétrica e ficou desacordado. Segundo o Verdes Mares, o jovem chegou a ser socorrido ao Hospital e Maternidade Madalena Nunes, em Tianguá, mas não resistiu. A Delegacia de Tianguá informou que o corpo do estudante foi conduzido para a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) de Sobral. O laudo com as causas da morte ainda não foi divulgado, segundo a polícia.

Amigos lamentam

Amigos e familiares de Iago Bastos lamentaram o ocorrido. “Era muito jovem, alegre. Uma tristeza pra todo mundo”, disse uma amiga do estudante. O Colégio Santa Maria, onde Iago estudava, emitiu uma nota de pesar lamentando ocorrido. O jovem estava na escola desde a infância e, atualmente, cursava o 2º ano do Ensino Médio. “O Colégio Santa Maria, por meio da direção, professores, funcionários, colegas e comunidade, une-se à família de Iago, lamentando profundamente esta fatalidade, e pede a Deus, confiando em Sua infita misericórdia, para que Ele nos conceda sabedoria, força e discernimento nesta hora tão difícil”, comunicou, em nota, a instituição de ensino. O velório do estudante ocorre na manhã desta sexta-feira (8), em Tianguá. O enterro deve ocorrer na cidade no período da tarde, conforme uma amiga da família.

[better-ads type=”banner” banner=”111439″ campaign=”none” count=”2″ columns=”1″ orderby=”rand” order=”ASC” align=”center” show-caption=”1″][/better-ads]

Cenas fortes: Bebê índia recém-nascida é resgatada após ser enterrada viva em MT. VÍDEO

‘Ouvimos o choro embaixo da terra… foi um milagre’, diz policial sobre resgate. Família seguiu costumes e enterrou a menina por pensar que ela morreu no parto.

O resgate da índia recém-nascida – que foi resgatada depois de ser enterrada viva pela família dela, nessa terça-feira (5), em Canarana, a 838 km de Cuiabá, é visto como um milagre por policiais que ajudaram a salvá-la. A polícia descobriu que a recém-nascida estava viva no momento em que os policiais cavavam para retirar o corpo do local. “Podíamos ouvir um choro, bem pequeno, embaixo da terra”, declarou o major e comandante da Polícia Militar em Canarana, João Paulo Bezerra do Nascimento. Assista com cautela . Cenas fortes:

Os policiais calculam que a criança ficou enterrada por seis horas – entre as 14h e 20h de terça-feira em uma cova de 50 centímetros de profundidade. A menina está no Hospital Regional de Água Boa, a 736 km de Cuiabá. A família indígena, seguindo os costumes deles, enterrou a menina no quintal da casa deles. A bisavó, Kutz Amin, de 57 anos alegou que a criança não chorou e, por isso, acreditou que estivesse morta. Ela acabou presa nesta quarta-feira (6). A reportagem não localizou o advogado dela. Segundo o comandante, os policiais se surpreenderam com a história por duas vezes: primeiro, pelo fato da família ter enterrado a criança e não comunicado às autoridades. Segundo, pelo fato da menina ter sobrevivido embaixo da terra por tantas horas.

“Ela foi enterrada por volta de duas horas da tarde e fomos acionados já no período da noite. Foi um lapso temporal muito grande. Já tinha acabado com qualquer esperança de encontrá-la viva”, declarou Nascimento. O procedimento legal é a PM comunicar a situação à Polícia Civil, que por sua vez liga para a Perícia Oficial e que faz a retirada do corpo. Como os peritos estavam em outra cidade, longe dali, os policiais civis deveriam primeiramente encontrar o corpo. “Quando o policial começou a escavação, podíamos ouvir um choro bem pequeno, embaixo da terra. Vimos que a criança estava viva, a tiramos dali e levamos para o hospital”, comentou o comandante. A bebê indígena está sob os cuidados intensivos de uma pediatra desde que deu entrada no Hospital Regional de Água Boa, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES). “Foi como um milagre, ninguém acreditava que essa criança pudesse estar viva e acabou emocionando a todos ali”, concluiu o comandante.

A mãe da criança, de 15 anos, sentiu contrações e deu à luz no banheiro da casa, por volta do meio-dia de terça-feira. O bebê teria batido a cabeça no chão e não teve reação após o nascimento, segundo a família. Conforme apurou o G1, a denúncia anônima feita à polícia na tarde de terça-feira dizia que o bebê havia morrido durante o parto e sido enterrado no quintal dessa casa. Com isso, os policiais foram até o local para saber o que tinha acontecido e retirar o corpo e levá-lo ao Instituto Médico Legal (IML). A mãe da adolescente e a mãe do bebê foram ouvidas na delegacia e liberadas. A adolescente está com um quadro de saúde debilitado e com hemorragia. A Fundação Nacional do Índio (Funai) acompanha a situação com a família.

[better-ads type=”banner” banner=”111439″ campaign=”none” count=”2″ columns=”1″ orderby=”rand” order=”ASC” align=”center” show-caption=”1″][/better-ads]

Prisão da bisavó

A bisavó deve ser apresentada à Justiça em uma audiência de custódia entre esta quarta e quinta-feira (7). A Polícia Civil autuou a bisavó por tentativa de homicídio. Ela disse à polícia que cortou o cordão umbilical e enterrou a menina. “Ela confessou que cortou o cordão umbilical do bebê e, por não ter chorado, ela acreditou que a menina estava morta. Ela fez o enterro do bebê na cultura deles, sem comunicar às autoridades”, disse o delegado Deuel Paixão de Santana. O estado do bebê é estável e estão sendo aguardados os resultados de diversos exames que já foram realizados. A pediatra pediu ainda novos exames, dentre eles um de tomografia.









WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia