WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pousada cravo canela

:: ‘Destaque2’

Ubatã tem mais dois casos de coronavírus, informa Secretaria de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de Ubatã informou, na noite desta terça-feira (12), que dois ubatenses testaram positivo para o Covid-19. O diagnóstico da doença ocorreu após relação de teste rápido no Centro de Triagem do Covid-19. Assim, o município de Ubatã já registrou 09 casos positivos de coronavírus até o momento. Desses, 06 já receberam alta médica e estão curados e há 03 casos ativos. Há, ainda, segundo, a Secretaria de Saúde, 03 exames aguardando resultado do Lacen. Em tempo, a Pasta da Saúde orienta a população a manter os hábitos de higiene, evitar aglomerações e só sair de casa em casos de extrema necessidade. (Ubatã Notícias)

Bolsonaro estuda forma de estender o ‘coronavoucher’ para mais que três meses

O presidente Jair Bolsonaro, participa da solenidade de assinatura da medida provisória da liberdade econômica.

O coronavoucher, auxílio de R$ 600 dado pelo governo federal a trabalhadores informais microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados durante a crise, pode ser estendido para além dos três meses a que teria como validade inicial. Segundo o jornal O Globo, atualmente o Ministério da Economia estuda duas formas para aumentar o prazo para o auxílio. A primeira é prorrogar o benefício por um período de dois a dois meses. O segundo seria criar um programa de renda básica para ser implementado no momento em que o pico da pandemia passar no país. Oficialmente, o governo não comenta o assunto. (Giro em Ipiaú)

Dois casos confirmados de coronavírus em Camamu estão curados, diz prefeitura

A Prefeitura de Camamu, confirmou que os dois casos confirmados para COVID-19 no município estão curados. O primeiro caso, logo após o resultado, iniciou o isolamento e monitoramento, assim como seus contatos diretos domiciliares. Contatos esses que foram submetidos a exames, aos quais testaram negativo.

O segundo caso, iniciou o isolamento 1 semana antes da coleta do exame, por ter vindo de alta de um Hospital com elevado índice de contaminação. Assim como o 1º caso, seus contatos domiciliares também foram isolados e toda a família monitorada pela equipe de saúde, sendo também coletados exames e os mesmos tiveram resultados negativos.

Após serem realizadas avaliações médicas, os dois pacientes foram caracterizados com CURA. Seus familiares também estão sem a doença. Assim, parabenizamos a todos os envolvidos, e enfatizamos sobre a importância do apoio, colaboração e engajamento das equipes de saúde, familiares e pacientes. (Ascom Camamu)

Maraú: Chuva provoca transtornos e muitos alagamentos em Barra Grande

As fortes chuvas que caíram durante toda manhã desta terça-feira, 12, em Barra Grande deixaram algumas ruas e avenidas completamente alagadas. Uma das mais críticas foi a estrada que liga o centro do distrito a praia de Taipu de Fora e região dos Três Coqueiros onde houve grande concentração de água.

A rua do ponto de táxi, localizada na região central, também ficou completamente alagada, assim como boa parte da região dos Tres Coqueiros e Bombaça, por onde trafegam centenas de motoristas e pedestres diariamente.

Nas proximidades da loja de materiais para construção na saída de Barra Grande, a estrada ficou totalmente coberta pela água. Os motoristas enfrentaram grandes dificuldades para trafegar.

Em alguns trechos da estrada, uma retroescavadeira da prefeitura municipal e funcionários da secretaria de infraestrutura estavam realizando o trabalho de escoamento das águas.

 

Cairu: 5 pessoas que participaram de velório testam positivo para Covid-19

Cinco pessoas que estavam no velório da mulher que morreu de Coronavírus, em Cairu, no Baixo Sul, testaram positivo para Covid-19, nesta terça-feira (12), segundo informações divulgadas pela Secretaria Municipal da Saúde. O Comitê Municipal de Prevenção e Controle da Covid -19 fez a testagem rápida nos familiares e contatos próximos da primeira vítima fatal da Covid -19 que teve o resultado positivo confirmado ontem pelo LACEN.

Os cinco pacientes encontram-se em isolamento domiciliar, adotando as medidas de precaução respiratória e de contato. Quinze pacientes com síndrome gripal também encontram-se sendo monitorados e em isolamento domiciliar. Sete pacientes testaram negativo nesta terça-feira (12). Estes casos somam-se aos anteriores descartados, totalizando nove pacientes com exames negativos para Covid -19, em Cairu.

As novas contaminações foram confirmadas após realização, nesta terça (12), de teste rápido em 12 pessoas que participaram do velório, no distrito da Gamboa. Entretanto, antes disso, conforme relatos de moradores da região, a equipe da prefeitura sofreu com a resistência dos familiares, que inicialmente se recusaram a fazer o exame, agrediram servidores e até ameaçaram com um facão.

A prefeitura informou ainda que foram registrados trinta e cinco pacientes que não apresentam sintomas, mas tiveram passagem por outros municípios brasileiros que já registram Covid-19 sendo monitorados pela Secretaria Municipal da Saúde. Esse número de pacientes é composto essencialmente por moradores do município-arquipelágo que se encontravam fora do território do município por conta da suspensão do transporte marítimo e só agora tiveram autorização para retornar para suas residências. Todos deverão cumprir o período determinado de isolamento domiciliar.

A Prefeitura de Cairu disponibilizou o Zap Covid Cairu, que através do WhatsApp (75) 99978 – 5857, profissionais da Saúde estão de plantão diariamente, das 8h às 17h, de segunda a sexta, orientando e esclarecendo à população, por meio de mensagem, sobre os sintomas da Covid-19.

Covid-19: Setor de turismo já demitiu mais de 470 trabalhadores formais na península de Maraú

Vista área de Barra Grande, principal destino turístico da Península de Maraú. | Foto: Darlim Santos | Barra Grande 24h

Os reflexos da pandemia do Coronavírus (Covid-19), estão atingindo em cheio a situação econômica do turismo da península de Maraú, devido ao fechamento do setor hoteleiro e também de bares e restaurantes, por decreto, desde o dia 20 de março. O fechamento pela prefeitura segue recomendações de autoridades em saúde. Até o momento, o município registra 3 casos confirmados, 1 óbito e 5 casos suspeitos.

A grande maioria dos empresários da península já fizeram, pelo menos até o fim de abril, alterações no seu quadro de funcionários e colaboradores. Levantamento feito por um escritório de contabilidade que atende diversos empresários de Barra Grande e demais povoados turísticos, com as pousadas fechadas o faturamento delas zerou desde 23/03. Os bares e restaurantes também.

De acordo com o escritório de Luis Contabilidade na península algumas pousadas já fecharam as portas definitivamente. “Processamos aqui em nosso escritório, só do Município de Maraú, no período de 27/03 a 30/04 um total de 473 demissões (Somente Pousadas e Restaurantes). Um número alarmante. São 172 suspensão de contrato por 60 dias.” Explica.

Ainda de acordo com o escritório, os números são referentes ao trabalhador formal. O número de demissões de trabalhadores clandestinos (sem registro em carteira) deve ser ainda maior. A estimativa é que no município de Maraú, foram demitidos mais de 1.800 pessoas.

Uma boa parcela destes trabalhadores, são de outras cidades e alugavam casas, mas, com as demissões, voltaram para seus domicílios de origem, desocupando os imóveis, gerando ainda mais prejuízos e instabilidade agora no setor imobiliário.  Bares e restaurantes tem apostado no serviço de entrega, mas, está longe de ser a solução. A alternativa de migrar para vendas em delivery não foi suficiente para manter o negócio com a mesma força, devido a alta concorrência que surgiu nesse meio.(Fonte:Barra Grande 24horas)

 

 

Eleições 2020: como vereadores são eleitos? Entenda o que é o quociente eleitoral

Milhões de brasileiros vão às urnas no dia 4 de outubro para eleger prefeitos e vereadores que atuarão a partir de 2021 nas prefeituras e câmaras municipais do País. Diferentemente dos prefeitos, que se elegem com a maioria dos votos, os vereadores precisam atingir o chamado quociente eleitoral para garantir uma cadeira. Na prática, nem sempre os candidatos mais votados são os que serão eleitos.

O que é o quociente eleitoral?

Prefeitos, governadores e presidentes são eleitos pela maioria dos votos, o chamado sistema majoritário. Eventualmente disputam o segundo turno, mas precisam apenas ficar na frente dos concorrentes para vencer.

No caso de deputados e vereadores, não é assim que funciona. Eles são eleitos pelo sistema proporcional, em que nem sempre o mais votado vai ser eleito. A conquista ou não de uma cadeira no Parlamento depende do chamado quociente eleitoral, calculado a partir da soma do total de votos válidos (em candidatos e legendas) dividido pela quantidade de vagas disponíveis.

Exemplo:

Total de votos válidos = 1.000

Total de cadeiras na Câmara = 10

Quociente eleitoral =100

Na prática, é como se todos os candidatos a vereador de um partido estivessem disputando as eleições como um grande bloco. É a partir da soma de todos os votos obtidos pela legenda que a Justiça Eleitoral define a quantidade de cadeiras que cada sigla terá direito, a partir de um outro quociente, o partidário.

Exemplo:

Votos válidos recebidos pelo partido = 200 (nesta eleição não haverá coligações proporcionais)

Quociente eleitoral = 100

Quociente partidário = 2 (mesmo número de vagas)

São esses dois cálculos que definem o total de vagas que o partido terá direito no Legislativo Municipal. No exemplo fictício acima, a sigla ficará com duas vagas no Legislativo em questão.

Normalmente os mais votados acabam sendo eleitos. No entanto, o sistema proporcional pode passar por distorções quando aparecem os “puxadores de voto”, que acabam, sozinhos, aumentando a quantidade de votos do partido e “puxando” candidatos com votações muito menores.

Um exemplo em Maraú é o do vereador Adson que é residente do povoado de Tremembé (PRTB). Em 2016, quando se elegeu pela primeira vez, o parlamentar teve 418 votos. Os votos que “sobraram” acabaram “puxando” o vereador Júlio César, que reside no povoado da Santa Maria, que atingiu apenas 224 votos e foi eleito com o menor número de votos.

Em 2015, o Congresso aprovou uma cláusula de desempenho mínimo que obriga os candidatos a atingirem, ao menos, 10% do quociente eleitoral para poderem tomar posse. A medida minimiza as distorções causadas pelos “puxadores de voto”.

O fim das coligações

As eleições deste ano também contam com uma novidade. Com o objetivo de tentar evitar o “Efeito Tiririca”, o Congresso aprovou também uma emenda à Constituição que proíbe a formação de coligações nas eleições proporcionais. A partir das eleições de 2020, os partidos só poderão contar com votos de seus próprios candidatos para atingir o quociente eleitoral.

A proibição ajuda a diminuir distorções dos “puxadores de voto”, mas deve prejudicar partidos pequenos, que terão mais dificuldade para atingir o quociente eleitoral. Outro efeito colateral esperado é o aumento expressivo no número de candidatos, já que os partidos devem lançar mais candidaturas para tentar receber um número maior de votos.

Quais são os requisitos para ser vereador?

De acordo com o artigo 14 da Constituição, para qualquer cargo, o cidadão precisa atender os seguintes requisitos para poder se candidatar:

  • Nacionalidade brasileira
  • Pleno exercício dos direitos políticos
  • Alistamento eleitoral
  • Domicílio eleitoral na circunscrição
  • Filiação partidária
  • Idade mínima

O cargo de vereador é o que permite a eleição com a menor idade, a partir dos 18 anos.

junho 2020
D S T Q Q S S
« maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia