WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
faculdade de ilheus faculdade de ilheus faculdade de ilheus

:: ‘Destaque1’

Maraú: Dono de posto de gasolina de Barra Grande rebate acusações sobre suposta gasolina adulterada e garante qualidade dos combustíveis vendidos nos postos

O empresário Luciano Fahning, proprietário da rede de postos de combustíveis de Barra Grande e Maraú, rebateu nesta terça-feira, 09, as acusações que circulam nas redes sociais sobre o abastecimento com gasolina supostamente adulterada em veículos que são abastecidos nos postos de Barra Grande.

Alguns motoristas alegam que após abastecer no posto, os veículos teriam começado a apresentar problemas porque a gasolina vendida poderia está misturada com água. Um vídeo amplamente compartilhado nas redes sociais e outras pessoas afirmam que também tiveram problemas após abastecerem no mesmo posto.

Luciano contesta as acusações e garante com todos combustíveis vendido nos postos são de qualidade.

“O que foi proposto pra ele foi fazer a análise, fizemos os testes nos dois postos no qual comprovaram a qualidade da gasolina vendida no posto. A gente tem quase 45 anos com comércio com combustível, atuamos na península de Maraú desde 2010, temos 2 anos que arrendamaos o posto de Barra Grande e 5 anos com posto em Taipu de Fora e não é agora que a gente vai adulterar combustível. Até porque a gente não precisa. Não é dá família, não é a índole”, salienta.

“Além das acusações atingir a gente como proprietário, ela atingiu os funcionários. São pessoas que vêm pra destruir. A gente tá há 10 anos gerando emprego, trabalhando e vendendo produto de qualidade.”, comenta.

Ele também lembrou que todos os combustíveis chegam ao posto em caminhões lacrados e que é “impossível misturar com outra composição porque o caminhão faz o abastecimento direto no posto”.

“Eu garanto e provo que a nossa gasolina não é adulterada. E o posto está aberto pra qualquer esclarecimento, pra qualquer órgão, qualquer pessoa. O que a gente passou foi um constrangimento muito grande. Todas as medidas estão sendo tomadas, dentro da lei. Processos”, conclui.

 

SECRETARIA DE SAÚDE DE MARAÚ CONFIRMA MAIS UM CASO POSTIVO DE CORONAVÍRUS NO POVOADO DE SANTA MARIA

Nesta quinta-feira, 11, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde confirmou mais um caso positivo de coronavírus. Trata-se de uma mulher, de 39 anos, sem comorbidades, refere ter tido contato com um caso confirmado para COVID-19, apresentou febre, coriza, dor de garganta e tosse a uma semana.

Ainda de acordo com boletim atualizado da Secretaria de Saúde, dois casos suspeitos da doença na região da Paragem, também na zona rural foram descartados após exames negativos para COVID-19. Há ainda quatro casos suspeitos aguardando resultado, sendo três pessoas na sede e uma em Barra Grande.

Desta forma o boletim desta quinta-feira, (11/06), consta 12 casos confirmados, 02 óbitos, 20 descartados, 04 suspeitos, 04 aguardando resultado, 74 notificados e 03 curados.

A Prefeitura de Maraú reforça que todas as medidas de prevenção ao coronavírus. A recomendação do orgão de saúde é para que as pessoas só saiam de casa para irem ao trabalho e em casos de extrema necessidade. Use sempre máscara ao sair de casa, lave suas mãos com frequência. A prevenção ainda é a melhor medida.

ASCOM – Prefeitura de Maraú

Dia 14, a partir das 17h, tem live do DJ Holiver gravado em Camamu

Dia 14, às 17 horas, terá a exibição da LIVE do DJ Holiver gravado em Camamu. A live será transmitido em seu canal do youtube. Inscreva-se no canal pra não perder nenhum momento, link: https://www.youtube.com/holivermusic

“Estamos ansiosos pra entregar essa novidade pra vocês, e matarmos um pouco a saudade nesses dias difíceis.”

COM 2,2 MIL CASOS NOVOS, BAHIA CONFIRMA 32,6 MIL INFECTADOS PELA COVID-19 E 975 ÓBITOS

Com 2.204 novos casos, a Bahia atingiu total de 32.685 pacientes confirmados com o novo coronavírus desde o início da pandemia. A  doença já provocou total de 975 mortes no estado, conforme a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Chega a 14.228 o total de pessoas recuperadas da doença.

Os casos confirmados ocorreram em 346 dos 417 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (57,19%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Ipiaú (8.523,53), Itajuípe (8.296,33), Uruçuca (7.407,77), Urandi (6.423,34) e Salvador (6.319,22).

Segundo a Sesab, 4.415 profissionais de saúde foram infectados pela doença.

CLIQUE E CONFIRA O BOLETIM

O estado possui 1.990 leitos exclusivos para pacientes covid-19 pelo SUS. O nível de ocupação dos leitos chega a 60%. Segundo a Sesab, o percentual de ocupação dos leitos de UTI adulto e pediátrico atingiu 72% hoje.

ÓBITOS

A Sesab contabiliza 975 mortes pelo novo coronavírus. Conforme perfil detalhado abaixo, os óbitos não ocorreram nas últimas 24 horas. As vítimas são, em sua maioria, de Salvador, além de Jequié e Feira de Santana. Clique em “leia mais” e confira o histórico de todos os casos registrados hoje. (Pimenta)

Por medo de Covid-19, coveiro e moradores se negam a enterrar idosa na Bahia; agentes funerários fazem sepultamento

Dois agentes funerários fizeram o enterro de uma idosa de 81 anos vítima da Covid-19, na última sexta-feira (5), em um cemitério localizado no distrito de Rosário, que pertence ao município de Canudos, no norte da Bahia. A mulher morreu em Salvador e teve o corpo levado para onde morava no interior do estado. Contudo, ao chegar ao local, os agentes não encontraram pessoas que estivessem dispostas a realizar o sepultamento e decidiram realizar o enterro.

Proprietário da funerária Pax Monte Sinai, José Silva foi um dos agentes funerários responsáveis pelo enterro da idosa. Ele explica que a mulher morreu na sexta-feira e que a filha dela ficou em Salvador, já que também foi diagnosticada com Covid-19 e não pôde acompanhar o retorno do corpo para Rosário.

“Ela morreu 3h. Fomos acionados por volta das 10h30 na cidade de Euclides da Cunha e fomos até Salvador. Chegamos lá por volta das 18h, fizemos procedimentos de reconhecimento de corpo e voltamos. Quando chegamos na comunidade de Rosário, era meia-noite”, lembra José.

“Combinado de chegar na comunidade e passaria pelo cemitério. As pessoas estariam esperando atendendo toda as normas de segurança. Quando a gente chegou lá, não encontrou ninguém. Cavaram a cova e deixaram lá. No momento não encontrou ninguém, cemitério sem iluminação”, continua o agente funerário.

Ao chegar ao distrito, José Silva lembra que falou com um representante da localidade que disse que a comunidade não queria se envolver no sepultamento por medo de contaminação. O coveiro também demonstrou receio e não estava paramentado para este tipo de situação.

“Ele disse que não tinha ninguém para acompanhar por medo. O pessoal do interior, devido aos acontecidos, acredito que por medo. E o pessoal que trabalha de coveiro disse que foi devido ao medo e não estar preparado”, afirma o agente funerário.

José, então, tomou a iniciativa e decidiu fazer o enterro, em um local com baixa iluminação, ao lado do seu colega de trabalho. O profissional conta que nunca viveu uma situação como essa na carreira.

COVID-19: Ubaitaba 32, Aurelino 25, Ubatã 43, Ibirapitanga 44, Valença, 186 e Itabuna 1264 casos confirmados

Dados divulgados nos boletins das Secretarias de Saúde dos Municípios até a noite da última terça-feira, 09.
CASOS CONFIRMADOS DA COVID-19 NA REGIÃO:

MARAÚ: 11 confirmados e 03 curados e 02 óbitos
UBAITABA: 32 confirmados e 20 curados e 02 óbitos
ITACARÉ: 53 confirmados e 19 curados e 02 óbitos
CAMAMU: 10 confirmados e 03 recuperados e 01 óbito
AURELINO LEAL: 25 casos confirmados e 07 curados nenhum óbito
UBATÃ: 43 casos confirmados e 16 curados e 02 óbitos
JEQUIÉ: 535 casos confirmados e 222 recuperados e 18 óbitos
ILHÉUS: 693 casos confirmados e 452 curados e 40 óbitos
URUÇUCA:154 casos confirmados e 100 curados e 13 óbitos
ITABUNA: 1264 casos confirmados e 465 curados e 50 óbitos
VALENÇA: 186 casos confirmados e 30 recuperados e 04 óbitos
IBIRAPITANGA: 44 casos confirmados e 11 curados e 02 óbitos
ITUBERÁ: 17 casos confirmados e 03 recuperados e 01 óbito

IPIAÚ: 395 casos confirmados e 267 recuperados e 07 óbitos

 

Ministério Público Eleitoral defende manter em outubro datas das eleições municipais deste ano

O Ministério Público Eleitoral (MPE) enviou um ofício ao Congresso Nacional defendendo a manutenção das datas das eleições municipais de outubro. A mudança é discutida em função da pandemia do novo coronavírus. Pelas regras constitucionais, neste ano, o primeiro turno da disputa deve ocorrer no dia 4 de outubro, e o segundo turno em 25 de outubro.

Segundo o vice-procurador-geral Eleitoral, Renato Brill de Góes, a adoção de um protocolo e a redução do número de casos da Covid-19, de acordo com estudos estatísticos, permitem a manutenção do calendário eleitoral. Para Góes, caso o adiamento seja inevitável, a melhor alternativa é realizar as votações em 25 de outubro (1º turno) e 15 de novembro (2º turno). O documento foi encaminhado ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Nesta segunda-feira (8), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luis Roberto Barroso, e o vice, Edson Fachin, apresentaram aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), avaliação de especialistas que recomendam o adiamento. Maia e Alcolumbre também já se manifestaram favoravelmente ao adiamento.

Um dos argumentos do Ministério Público pela manutenção das datas é que adiar as eleições poderia impactar na fiscalização do pleito. O vice-procurador-geral Eleitoral defende ainda que os mandatos em curso não sejam prorrogados.

O MPE afirma considerar fundamental assegurar um prazo razoável entre a votação e a diplomação dos eleitos para que seja exercido o dever público “de defesa da lisura e da legitimidade do processo eleitoral, por meio do ajuizamento de eventuais ações judiciais”.

No ofício, o procurador cita estudo realizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em parceria com a Universidade de Bordeaux, na França. De acordo com o levantamento, os números de casos da Covid-19 devem se estabilizar no fim de julho.

“Nesse contexto, entende-se que a curva preditiva de tais pesquisas permite sejam mantidas as datas estabelecidas no art. 29, II, da Constituição Federal para a realização das eleições, afastando-se a hipótese de seu adiamento”, afirma.

Góes cita ainda que a Coreia do Sul realizou, em 15 de abril, já em meio à pandemia, as eleições parlamentares previstas para aquela data. Na oportunidade, 66,2% da população compareceram às urnas, configurando a mais alta taxa de participação desde 1992.

Outro ponto citado pelo vice-procurador é que ao menos nove países, entre eles, Estados Unidos, Espanha e Chile realizarão eleições em 2020.

julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia