WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
faculdade de ilheus faculdade de ilheus faculdade de ilheus

:: ‘Costa do Dendê’

Centro de Barra Grande fica vazio após decreto municipal com medidas de prevenção contra coronavírus na Península de Maraú

Centro de Barra Grande | Fotos: Tiago Medeoa

As ruas do centro de Barra Grande, ponto turístico da Península de Maraú, ficaram vazias neste sábado (21) após a adoção de medidas de prevenção contra o novo coronavírus (Covid-19). A região é o principal destino turístico do município de Maraú e um dos principais do estado.

Na quinta-feira, a Prefeitura de Maraú publicou decretos  e determinou a suspensão do funcionamento de hotéis, pousadas, restaurantes e pontos turísticos. Apenas serviços essenciais devem seguir em atividade. Não há casos confirmados no município.

“Nós estamos atuando com medidas mais duras para intervir no convívio social e dessa maneira diminuir a curva de contaminação do vírus em Maraú.”, afirmou a prefeita Gracinha Viana (PP).  Neste sábado, os restaurantes já estavam fechados e o cenário em Barra Grande, um dos pontos preferidos dos turistas na península, era de ruas vazias.

No caso do setor hoteleiro, a determinação é de que seja suspenso o funcionamento e que as reservas previstas sejam remarcadas. De acordo com o documento, apenas farmácias, supermercados, padarias e estabelecimentos voltados aos serviços essenciais – como distribuição de água e gás – podem permanecer abertos.

https://youtu.be/Yu4QGspVOo0

PREFEITURA DE MARAÚ IRÁ PUNIR HOTELEIROS E DEMAIS COMERCIANTES QUE DESCUMPRIREM DECRETOS 

Vista de Barra Grande | Foto: Darlim Santos

A prefeitura de Maraú, informa que irá punir com rigor, todos hoteleiros que estiverem descumprindo as determinações dos Decretos nº 1223/2020, de 17/03/2020, 1229/2020, de 20 de março 2020 e 1230/2020, de 20 de março 2020. A prefeitura reconhece que as medidas são drásticas, mas ressalta a necessidade da restrição de atividades públicas previstas pelos referidos Decretos. A medida que visa conter o Coronavírus (COVID-19), permite que apenas serviços essenciais podem ser mantidos abertos. Quem não cumprir as referidas determinações poderão ser punidos rigorosamente, com suspensão de alvará ou até mesmo a detenção.

“Fazemos um apelo a toda a Comunidade marauense para que toda população mantenham-se em suas casas isolados. Qualquer pessoa que não for residente no município de Maraú e que não tenha nenhum empreendimento que requeira a sua presença, e que estiver vindo apenas para se refugiar dos lugares em estado de risco; estarão infringindo às determinações de ordem Nacional, Estadual e Municipal, incorrendo em crime de desobediência (Lei nº 13.641/18), atentado à sua pública (Lei nº 8072 de 25/07/1990), e do fato resulta morte, a pena é aplicada em dobro. O município só estará autorizando a entrada de moradores residentes, funcionários públicos ou prestadores de serviços essenciais – Disse a Secretária de Saúde, Juliana Lemos. ”

“Alertamos ainda, que os donos e/ou responsáveis pelos hotéis, pousadas, casas de aluguel e campings, bares, restaurantes, boates, academias, salão de cabeleireiro, que insistirem no descumprimento no exposto nos Decretos estabelecidos (1223/2020, 1229/2020 e 1230/2020) poderão ter a suspensão de seu Alvará de Funcionamento, tendo seu estabelecimento fechado imediatamente e/ou ainda o proprietário poderá ser detido pela Polícia Militar. Estes decretos determinam a suspensão do funcionamento destes estabelecimentos, proibindo a entrada de novos hóspedes, aeronaves e assemelhados, embarcações e assemelhados, bem como a SUSPENSÃO IMEDIATA de visitação a cachoeira, praias e rios, conforme determinado também no Artigo 2º, do Decreto n° 1229/2020, emitido em 20/03/2030. É uma determinação, não é uma recomendação. Alerta o Secretário de Administração, Samar Santos”.

Agentes da administração municipal estão nas ruas do município fiscalizando todo o comércio local com apoio da polícia militar. A medida se faz necessária para previnir a proliferação do Coronavírus. Hotéis e pousadas que estão descumprindo os decretos serão interditados.

Fonte: Diário Oficial do Município (http://marau.ba.io.org.br/diarioOficial/download/499/1462/0

 

Com apoio da PM, prefeitura fecha comércio da sede de Maraú após descumprirem decreto

A Prefeitura de Maraú, com apoio da Polícia Militar está fiscalizando o cumprimento do decreto que suspende o funcionamento dos comércios no município. A medida que visa conter o coronavírus, permite que apenas serviços essenciais podem ser mantidos abertos. Neste sábado (21) agentes da prefeitura municipal intensificaram a fiscalização na sede de Maraú.

Alguns comerciantes da sede insistiam em descumprir o decreto publico no diário ofical e mantiam seus estabelecimentos abertos. O comércio foi fechado com apoio da polícia militar. O Secretário de Administração, Samar Santos e o Coordenador de Gabinete da Prefeita acompanharam o cumprimento das medidas.

PM quer prender empresários baianos que estocarem álcool em gel

Comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, o coronel Anselmo Brandão afirmou que a corporação busca identificar e prender empresários que estocarem álcool em gel. “É um problema que estamos sentindo [o estoque de [álcool em gel e outros materiais]. Temos dificuldade de adquirir álcool em gel, queremos achar quem está fazendo estoque e prender. É crime econômico”, reclamou, em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole.

Ainda de acordo com Brandão, a PM tem recebido muitas doações. “Nós temos dinheiro para comprar. Não temos encontrado o produto, mas temos recursos”, disse. Ainda segundo o coronel, “infelizmente” ainda existem aglomerações. “Mas o processo é lento e gradual. Ontem o governador determine que a gente uso os microfones das viaturas e peça que as pessoas evitem aglomerações. É um trabalho de cultura”, afirmou. (Metro1)

Coronavírus: Governo da Bahia pede à Alba declaração do estado de calamidade pública

O governo da Bahia encaminhou mensagem à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), nesta sexta-feira (20), solicitando declaração do estado de calamidade pública, com efeitos até 31 de dezembro deste ano, por causa da propagação do novo coronavírus. Segundo a assessoria do governo, a declaração também pede a dispensa do atingimento dos resultados fiscais e limitação de empenho prevista e a suspensão da contagem de prazos.

No documento, o governador Rui Costa afirma que a Bahia, que tem como principal fonte de receita o Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviço de Transporte Interestadual, Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), deve ter uma queda na receita de aproximadamente R$ 1,5 bilhão até dezembro deste ano.

Novo decreto do Governo

O novo decreto do governo, que vai ser publicado no Diário Oficial, no sábado (21), estabelece diretrizes para contenção de despesas e pessoal no estado da Bahia.

De acordo com o documento, ficam suspensas as despesas públicas das atividades de aquisição de imóveis e veículos; contratação de cursos, seminários, congressos, simpósios e outras formas de capacitação e treinamento de servidores públicos.

Brasil registra 12 mortes e mil casos de coronavírus e ministério confirma transmissão comunitária em todo país

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até 12h08 deste sábado (21), 1.000 casos confirmados de novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil em 25 estados e no Distrito Federal. São 12 mortes no Brasil, três no Rio de Janeiro e chegou a nove em São Paulo. O Ministério da Saúde atualizou os números na tarde de sexta-feira, informando que o Brasil tem um total de 904 casos confirmados de coronavírus e 11 mortes.

O Maranhão registrou o primeiro caso confirmado na sexta-feira. Apenas Roraima ainda não teve caso confirmado. Em Goiás, o número de pessoas com coronavírus subiu de 15 para 18, de acordo com boletim da Secretaria Estadual de Saúde. No Rio Grande do Norte, a Secretaria Estadual de Saúde confirmou 5 novos casos. Ao todo, o Estado tem 6 casos confirmados. Em Santa Catarina, neste sábado (21), o número saltou de 40 para 51. O Mato Grosso confirmou seu 2º caso, assim como o Tocantins.

Transmissão comunitária

O Ministério da Saúde declarou que todo o território nacional está sob o status de transmissão comunitária do coronavírus Sars-Cov-2, responsável pela pandemia da doença Covid-19. O status foi publicado em portaria na noite desta sexta-feira (20). O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, já tinha anunciado nesta tarde que a medida seria tomada em breve para facilitar ações do governo. O ministro sinalizou também que a previsão é que os casos da doença disparem em abril e o sistema de saúde deve entrar em colapso.

A transmissão comunitária ou sustentada é aquela quando não é possível rastrear qual a origem da infecção, indicando que o vírus circula entre pessoas que não viajaram ou tiveram contato com quem esteve no exterior. Até o balanço de quinta-feira (19), a transmissão comunitária estava configurada nos estados de São Paulo e de Pernambuco. Além disso, ocorre isoladamente em três capitais: Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre (além das capitais de SP e PE, já incluídas acima).

MORADORES QUE CHEGARAM DE VIAGEM DEVEM INFORMAR A SECRETARIA DE SAÚDE DE MARAÚ

 

A prefeitura de Maraú, através da secretaria de saúde, determina que todos moradores do município que retornaram do exterior, estados como, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, além de cidades com casos suspeitos ou confirmados do coronavírus como: Salvador, Porto Seguro, Itacaré, Itabuna, Feira de Santana e demais, há menos de 14 dias, devem informar imediatamente a secretaria de saúde. (73) 3258-2269, (73) 99946-9956, (73) 98109-9165 (73) 99806-0386.

A iniciativa faz parte do intenso trabalho que a administração municipal vem realizando, junto com outros segmentos da sociedade, para sensibilizar os cidadãos sobre a necessidade de medidas preventivas contra o Coronavírus (Covid-19).

O site oficial da Prefeitura de Maraú (pefeitura.marau.ba.gov.br) está sendo atualizado diariamente, assim como as redes sociais do município. Para maiores informações, denúncias sobre pessoas que chegaram de viagem ou não e estão descumprindo as medidas preventivas e até quem quiser comunicar que chegou de viagem, o cidadão deve entrar em contato.

ASCOM – Prefeitura de Maraú

julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia