WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Bahia’

SECRETARIA DE SAÚDE DE MARAÚ CONFIRMA MAIS 3 CASOS POSITIVOS DA COVID-19 E 3 NOVOS CURADOS 

O município de Maraú registrou 3 novos casos positivos da COVID-19, e 3 novos curados de acordo com o boletim da Secretaria de Saúde desta segunda-feira, 31. Os novos casos positivos: 01 na Sede, 01 em Piabanha e 01 em Ibiaçú, além de 01 cura na Ilha do Sapinho e 02 novos curados em Piabanha.

A Vigilância Epidemiológica registrou 04 novos casos suspeitos: 03 na Sede e 01 em Saquaíra. Dois casos foram descartados na Sede. Maraú tem 01 óbito por outras causas, já que um paciente infectado com a COVID-19, morreu em decorrência de outra patologia. Até a presente data, Maraú contabiliza, 305 casos confirmados, 284 pacientes recuperados, 14 ativos, 06 óbitos, 35 suspeitos, 35 aguardando resultado e 255 casos negativos. Disk Covid (73) 9 9965-9338 – (73) 9 9836-5649.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta a população a reforçar as medidas sanitárias definidas para evitar a disseminação da COVID-19, utilizando máscaras caseiras, realizando a higienização adequada das mãos, evitando contato físico (mantendo a distância mínima de 2 metros entre as pessoas) e se mantendo em domicílio sempre que possível.

ASCOM – Prefeitura de Maraú

Ubaitaba: Apoiadores de prefeita fazem ato de campanha em meio à pandemia, mas gestora nega convocação

Apoiadores da prefeita de Ubaitaba Sueli Oliveira, conhecida como Suka (PSB), promoveram aglomerações na cidade neste final de semana em ato de campanha pela reeleição da gestora do município localizado no sul baiano. Imagens enviadas ao BNews mostram correligionários da prefeita concentrados e com camisas padronizadas.

Alguns deles ignoraram o uso de máscaras. A cidade de quase 20 mil habitantes tem 840 casos de coronavírus notificados e 13 mortes. No início da pandemia, decretos municipais estabeleceram regras de distanciamento social e Ubaitaba chegou a decretar lockdown, inclusive com reforço de barreiras sanitárias.

Em contato com a reportagem, um morador afirmou que a aglomeração do final de semana teve o aval de Suka. “O exemplo deveria vir dentro de casa, mas não é o que está acontecendo. Desse jeito, a prefeita nem deveria mais estar no comando da cidade”, bradou.

Segundo esta mesma fonte, a secretaria municipal de Saúde não realiza testes para detecção de coronavírus há 45 dias. “Os moradores precisam ir para cidades vizinhas como Aurelino Leal e Itabuna para serem testados”.

Outro lado

Ao BNews, a prefeita Suka afirmou não ter convocado ato de campanha. “Não convoquei e nem participei. Infelizmente, nem sempre temos conter todas as pessoas. Além disso, não estamos em época de campanha. Se eu tivesse participado, seria campanha eleitoral antecipada. Tenho responsabilidade com a cidade. Conversarei com os meus apoiadores para que situações como esta não voltem a acontecer”, garantiu.

A gestora disse ainda que os testes rápidos continuam sendo realizados. “Não é verdade que suspendemos os testes.Fazemos o PCR regularmente. Essas informações falsas fazem parte da politicagem do período”, assegurou. (Bocão News)

Tremores na Bahia devem continuar nos próximos dias, diz especialista

A região do Recôncavo Baiano tem registrado desde ontem tremores de terra que se seguiram na madrugada de hoje. Após os abalos sísmicos chegarem a 4,6 na escala Richter na manhã de ontem, hoje os tremores foram mais fracos, mas devem continuar pelos próximos dias segundo Aderson Nogueira, coordenador do Laboratório Sismológico da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte).

“Tivemos um terremoto inicialmente de 4,6, e se você tem um terremoto de magnitude 4 é esperado que você tenha pelo menos 10 eventos de magnitude 3, e 100 eventos de magnitude 2. Então a sismicidade deve continuar nessa área e o que a gente sentiu essa madrugada, que a gente registrou, é réplica do que está acontecendo”, afirmou Nogueira em entrevista à GloboNews.

Na manhã de ontem, tremores de terra foram sentidos em cidades do Recôncavo Baiano e no sul do estado e chegaram a assustar moradores, principalmente da cidade Mutuípe, localizada a cerca de 250 km de Salvador. De acordo com informações do Laboratório Sismológico da UFRN, medições internacionais registraram o tremor mais forte, de 4,6 na escala Richter, às 7h44.

Já o abalo sísmico de hoje ocorreu às 3h42 e teve magnitude preliminar de 3,5. Segundo o órgão da UFRN, o tremor foi sentido principalmente na cidade de Amargosa (BA), além de municípios próximos.

Novo terremoto atinge Recôncavo da Bahia; Amargosa tem casas e igreja rachadas

Um novo terremoto, com magnitude de 3,5 na escala, foi registrado em algumas cidades do Recôncavo Baiano na madrugada desta segunda-feira (31). Os tremores foram sentidos principalmente em Amargosa, Brejões e Elísio Medrado. Moradores já tinham feito relatos sobre o fenômeno na manhã e na noite de domingo (30). Em Amargosa, a prefeitura identificou rachaduras em pelo menos seis casas e na igreja da cidade. Os impactos dos terremotos foram sentidos principalmente na zona rural do município

 Os primeiros terremotos foram sentidos na manhã do domingo (30). O primeiro tremor começou pouco antes das 8h e durou cerca de 20 segundos. Depois, uma nova trepidação, desta vez mais branda, por volta das 8h20. O terremoto teve magnitude de 4,6. Apesar do epicentro ser entre o Recôncavo Baiano e o Vale do Jiquiriçá, o tremor foi sentido em diversas áreas da Bahia, como Salvador e cidades das regiões sul e sudoeste.

Já na noite domingo, um novo tremor foi sentido em Amargosa. Dessa vez, o terremoto teve magnitude de 2,7. Há cerca de 10 dias, moradores de Cachoeira, que também fica no recôncavo baiano, também relataram tremores de terra. O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) informou que o fenômeno ocorreu na cidade de São Félix, vizinha a Cachoeira, e teve magnitude de 1,6.

No mês de julho, um terremoto de 3,5 de magnitude foi registrado na região do litoral sul da Bahia. O tremor aconteceu na altura da cidade de Ilhéus e também foi registrado por sismólogos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que fazem o monitoramento.

Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.

MARAÚ REGISTRA 4 NOVOS CURADOS DA COVID-19 E NÚMERO DE ATIVOS CAI PARA 14

O município de Maraú segue há quatro dias sem registrar novos casos positivos da COVID-19, de acordo com o boletim da Secretaria de Saúde. Maraú registrou mais 04 pacientes curados da doença: 02 na Sede, 01 em Ibiaçú e 01 no Sapinho.

A Vigilância Epidemiológica registrou 12 novos casos suspeitos: 01 próximo ao Farol de Taipu, 01 Aibim, 01 em Tremembé, 05 em Barra Grande, 02 em Taipu de Dentro e 02 na Ilha do Sapinho. Outros 05 casos suspeitos foram descartados em Tremembé.

Maraú tem 01 óbito por outras causas, já que um paciente infectado com a COVID-19, morreu em decorrência de outra patologia. Até a presente data, Maraú contabiliza, 302 casos confirmados, 281 pacientes recuperados, 14 ativos, 06 óbitos, 36 suspeitos, 36 aguardando resultado e 253 casos negativos. Disk Covid (73) 9 9965-9338 – (73) 9 9836-5649.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta a população a reforçar as medidas sanitárias definidas para evitar a disseminação da COVID-19, utilizando máscaras caseiras, realizando a higienização adequada das mãos, evitando contato físico (mantendo a distância mínima de 2 metros entre as pessoas) e se mantendo em domicílio sempre que possível.

ASCOM – Prefeitura de Maraú

Brasil passa dos 120 mil mortos pela Covid-19

O Brasil tem 120.025 mortes por coronavírus confirmadas até as 13h deste sábado (29), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. Desde o balanço das 20h de sexta-feira (28), 7 estados atualizaram seus dados: BA, CE, GO, MG, PE, RR E SP.

Veja os números consolidados:

  • 120.025 mortes confirmadas
  • 3.819.077 casos confirmados

Às 8h, o consórcio publicou a primeira atualização do dia com 119.610 mortes e 3.809.046 casos.

Na sexta-feira, às 20h, o balanço indicou: 119.594 mortes confirmadas, 868 em 24 horas. Com isso, a média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 877 óbitos, uma variação de -9% em relação aos dados registrados em 14 dias. Este número é o mais baixo em mais de três meses. Contudo, o RJ não divulgou seu balanço nesta sexta-feira, o que pode influenciar na média móvel do Brasil. Considerando os dados até 20h de quinta-feira (27), o estado estava em alta (+64%).

Em casos confirmados, eram 3.808.663 brasileiros com o novo coronavírus desde o começo da pandemia, 44.170 desses confirmados no último dia. A média móvel de casos foi de 38.882 por dia, uma variação de -11% em relação aos casos registrados em 14 dias.

Governo do Estado entrega novo Centro de Canoagem em Ubaitaba com investimento de R$ 1,6 milhão.

Conhecida como cidade das canoas, Ubaitaba, no sul da Bahia, passa a contar com um Centro de Treinamento de Canoagem. O investimento de mais de R$ 1,6 milhão foi entregue pelo governador Rui Costa nesta sexta-feira (28) e atenderá os atletas entre 8 e 18 anos da região. Em Ubaitaba figuram nomes importantes da canoagem brasileira, e exemplos dos atletas medalhistas Isaquias Queiroz e Erlon de Souza.

“Este é o segundo equipamento deste tipo que nós entregamos, o primeiro foi em Itacaré, e agora aqui em Ubaitaba a partir de um compromisso que eu assumi quando encontrei o Isaquias depois que ele ganhou a medalha de ouro. Dialogando com os atletas e associações de canoagem a gente chegou ao melhor formato pra projetar e entregar três centros de canoagem no Estado”, afirmou o governador Rui Costa.

A estrutura do centro contempla garagem dos barcos, sala de musculação, refeitório, copa, despensa, área de serviço, sala da administração, sala de professores, sala de aula e deck flutuante. O modelo segue o mesmo padrão adotado no primeiro centro de canoagem em Itacaré, também construído pelo Governo da Bahia e inaugurado em julho de 2018. O terceiro está em fase de construção em Ubatã.

setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia