Bahia - BARRA GRANDE 24 HORAS
WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

:: ‘Bahia’

Raimundinho da JR foi o candidato a deputado estadual que gastou R$ 700 mil em campanha e não foi eleito

Não faltou material de propaganda e cabos eleitorais na campanha de Raimundinho da JR (Foto: Reprodução)

Por: Correio da Bahia

“Seu Raimundinho, quantos caminhões o senhor tem atualmente?”, perguntamos ao empresário Raimundinho da JR, que foi candidato a deputado estadual pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT). “Rapaz, já perdi as contas. Preciso contar. Mas, posso dizer que são muitos”, disse, com a serenidade de quem, de fato, tem muitos caminhões.

Talvez por isso, Raimundo Ramos de Andrade, 57 anos, tenha acordado nessa segunda-feira (8) pós-eleições com a alma em paz, mesmo tendo perdido o pleito e tendo sido o candidato na Bahia (entre todos os cargos) que mais investiu com recursos próprios na campanha. No total, foram R$ 707 mil. Dos quais, R$ 20 mil doados por terceiros (no caso, um cidadão chamado Milton Barbosa da Silva). O restante, R$ 687 mil (mais de 97%), Raimundinho doou para si próprio.

Como somou 37.047, podemos dizer que o custo por voto saiu por R$ 18. Nem chegou a doer no bolso. “Estou tranquilo. De cabeça erguida. Não vou parar, vou continuar tentando”, disse o empresário, que garante ter um grande projeto político. “Meu projeto para a vida pública é diferenciado”. Segundo defende, no seu caso, a política não é feita para enriquecer.

Raimundinho não foi só o que mais investiu do próprio bolso na campanha. Ele foi, na verdade, o candidato mais rico na Bahia, incluindo os postulantes a governador. Aliás, o empresário tem um patrimônio maior do que todos os 14 candidatos ao governo e vice, juntos. O valor dos bens declarados à Justiça Eleitoral soma pouco mais de R$ 20 milhões. Os bens dos candidatos ao Palácio de Ondina e seus vices somados chegam a R$ 9,5 milhões – ou seja, menos da metade do patrimônio de Raimundinho.

É a maior prova de que o candidato que mais investe na campanha nem sempre tem o melhor resultado. Só para se ter uma ideia, o deputado estadual mais votado na Bahia, João Isidorio, com 110.540 votos, gastou R$ 121 mil (entre doações de partidos, doações de pessoa física e recursos próprios). Cada voto de Isidorio custou, em média, R$ 1. O que faltou então para Raimundinho da JR ser eleito?

Trajetória
Na adolescência, Raimundinho da JR vendia vísceras bovinas na feira da cidade de Aurelino Leal, onde nasceu, no Sul do estado. “Trabalhava duro para levar um troco pra casa”. Depois, seguiu os passos do pai, que era caminhoneiro. “Eu era doido para dirigir caminhão”. Começou dirigindo um caminhão. Em alguns anos, dirigia a JR, uma transportadora de cargas, principalmente de produtos químicos.

Ex-ministro de Temer e um dos caciques da política baiana, Antônio Imbassahy não consegue se reeleger e perderá o foro privilegiado 

Por: Revista Veja

Quatro deputados federais na Bahia aliados ao presidente Michel Temer (MDB)sofreram com o desgaste do governo e não conseguiram se reeleger nas eleições deste ano. No estado, a onda petista se manteve e assegurou a vitória em primeiro turno para o governador reeleito Rui Costa (PT), além de 60,28% dos votos para o presidenciável Fernando Haddad (PT).

No decorrer da campanha, os governistas pediram que o eleitorado não votasse nos aliados de Temer, que aprovaram o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), a reforma trabalhista e a PEC do teto de gastos.

Ex-ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy foi apenas o segundo mais votado de seu partido, o PSDB, com 66.320 — ele perdeu quase 60.000 votos em comparação com o pleito anterior. O tucano foi um dos principais aliados de Temer e deixou o posto após pressão do centrão, que estava descontente com atuação do baiano no cargo.

O vice-líder do governo, Benito Gama (PTB), também não conquistou a recondução. Ele teve 29.964 votos, cerca 40.000 a menos do que em 2014. Relator do projeto de privatização da Eletrobras, José Carlos Aleluia (DEM) foi apenas o oitavo mais votado da coligação formada pelo DEM, PRB e PV na Bahia. Na aliança, o relator da reforma da Previdência, Arthur Maia (DEM), conseguiu se salvar e se reelegeu.

Em Maraú, o Deputado era apoiado pelo grupo da oposição que conseguiu apenas 310 votos para o parlamentar.

Com 3.353 votos, Eduardo Salles é de novo o deputado estadual mais votado de Maraú com 258 votos a mais do que em 2014

Prefeita de Maraú, Gracinha Viana ao lado do Deputado Estadual Eduardo Salles.

Com 100% das urnas apuradas em Maraú, Eduardo Salles foi o candidato a Deputado Estadual mais votado, com 3.353 votos, correspondendo à 41,09% dos votos válidos. Na Bahia inteira, Eduardo Salles soma mais de 89 mil votos, ficando entre os cinco mais votados do Estado.

Para a prefeita Gracinha Viana, a votação é fruto do reconhecimento do povo com o deputado que é presente no município e tem serviço prestado dentro de Maraú. Eduardo já destinou uma ambulância, trator, emendas para calçamento do povoado de Tremembé, entre outros benefícios para a população. Clique aqui e veja a votação.

 

TSE diz que eleitor pode usar camiseta de partido e candidato no dia da eleição

Por: Globo.com

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entendeu nesta sexta-feira (5) que os eleitores podem usar camisetas de partidos no dia da eleição, como manifestação individual e silenciosa, mas não em grupos. Também não pode haver distribuição de camisetas nem tentativa de convencimento de outros eleitores. A ministra Rosa Weber, presidente do tribunal, afirmou que se trata de um “esclarecimento” da Corte para os tribunais regionais, visando a “tranquilidade” das eleições.

A questão foi levada à sessão pelo vice-procurador geral eleitoral, Humberto Jacques. Segundo ele, tribunais regionais vêm dando interpretações diferentes à lei.

O ministro relator, Tarcísio Vieira, votou a favor de permitir o uso de camisetas, desde que em forma de manifestação individual e silenciosa por parte de cada eleitor e não por grupos. “A lei proíbe a propaganda eleitoral, mas não a manifestação pessoal, desde que seja silenciosa”, afirmou.

O ministro votou a favor da permissão no dia das eleições de manifestação individual e silenciosa do eleitor, por partido político, coligação ou candidato, revelada também pelas camisetas, mas com as seguintes restrições:

  • não haver aglomeração de pessoas portando esse mesmo vestuário padronizado;
  • não haver manifestação coletiva, muito menos ruidosa, que ponha em risco a serenidade que permeia o processo de votação;
  • não haver, de nenhuma maneira, abordagem, aliciamento, utilização de métodos de persuasão ou de convencimento dos demais eleitores, que devem ser respeitados na liberdade que detêm;
  • não haver distribuição de camisetas.

O voto do relator foi acompanhado pelos ministros Jorge Mussi, Og Fernandes e Admar Gonzaga.

Justiça Eleitoral determina “Lei Seca” no primeiro turno das eleições em Camamu e Maraú

O domingo de eleição terá ‘lei seca’ para bares, lanchonetes, trailers, quiosques, restaurantes, conveniências de Maraú e Camamu. É o que determina portaria 004/2018 assinada na última segunda-feira (1) pelo Juiz da Justiça Eleitoral, Dr José Ayres de Souza Nascimento Júnior.

A Portaria proíbe a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas a partir das 23 horas do dia 6 de outubro (sábado) até às 22 horas do dia 7 de Outubro (Domingo) e deve ser cumprida nos municípios que compreendem a Zona Eleitoral, Camamu e Maraú.

Conforme a portaria, a medida foi tomada visando assegurar a tranquilidade no dia das eleições, já que o consumo de bebidas alcoólicas pode acarretar transtornos, comprometer a boa ordem dos trabalhos eleitorais e o exercício democrático do voto.

O descumprimento da portaria vai implicar na autuação pelo crime de desobediência previsto no Código Eleitoral, com pena de prisão de três meses a um ano e ainda ao pagamento de 10 a 20 dias-multa.

 

A partir de amanhã eleitores só podem ser presos em casos especiais.

Por: Itacaré Urgente

A partir de amanhã (2), a cinco dias das eleições, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido exceto em casos de flagrante delito ou de sentença criminal condenatória por crime inafiançável por desrespeito a salvo-conduto. A orientação está na legislação e prevista no calendário eleitoral.

Também nesta terça-feira será o último dia para a verificação das assinaturas digitais do Sistema de Transporte de Arquivos da Urna Eletrônica, do Subsistema de Instalação e Segurança e da Solução JE-Connect instalados nos equipamentos da Justiça Eleitoral.

Essa verificação deve ser feita por representantes dos partidos políticos e das coligações, da Ordem dos Advogados do Brasil, do Ministério Público e das pessoas autorizadas em resolução específica a formalizar pedido ao juízo eleitoral

Amanhã também é o último dia para os tribunais regionais eleitorais divulgarem na internet os pontos de transmissão de dados que funcionarão em locais distintos daquele de funcionamento da junta eleitoral. (Agencia Brasil)

Carros são apedrejados durante a carreata pró-Bolsonaro em Itacaré, assista;

 

 

Por: Itacaré Urgente

Em atitude desesperada da oposição, uma caminhonete e vários carros foram apedrejados nas proximidade do mirante da Praia da Concha “Ponta do Xaréu”, durante a carreata em favor do candidato à presidente da República, Jair Bolsonaro, na manhã deste domingo (30), em Itacaré.

Os bandidos até o momento não identificados, atacaram os manifestantes com paus e pedras, atingido o para-brisa e outras partes dos veículos. A polícia militar foi acionada, para evitar uma possível tragédia.Apesar do atentado criminoso, a carreata pró Bolsonaro bateu recorde de participantes, percorrendo as principais ruas da cidade com apoio da polícia militar.

Ubatã: Dois menores são esfaqueados por outro menor por rixa de gangues

Dois menores, um de 17 e outro de 16 anos, foram feridos, nesta quinta-feira (27), por arma branca, tipo faca, por um menor de apenas 13 anos, que já tem diversas passagens pela polícia por assalto e tráfico. As vítimas são moradoras do Bairro Dois de Julho. O menor de 17 anos foi ferido na altura da costela; foi atendido no Hospital César Monteiro Pirajá. O outro menor, segundo informações de testemunhas, foi ferido sem menor gravidade. O episódio teria sido motivado por briga de gangues. Não foi informado o estado de saúde do menor hospitalizado, mas ele estava consciente. A Polícia Civil fará a apuração do caso. (Ubatã Notícias)

Carreata de apoio a Bolsonaro reuniu centenas de veículos em Ipiaú; veja vídeos

 

Por: Giro em Ipiaú

Centenas de carros e motos participaram na noite dessa quarta-feira (26), em Ipiaú, de um manifesto de apoio ao candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL). O evento organizado por apoiadores do presidenciável teve início por volta das 19h30, saindo da Rua Vicente Júlio Aragão, ao lado do Campo da Baixada, seguindo em direção ao bairro Euclides Neto, percorrendo várias ruas e avenidas da cidade, finalizando a carreata em frente ao Ginásio de Esportes, por volta das 21h30.

Simpatizantes do candidato Jair Bolsonaro comemoraram o sucesso do movimento e de uma vitória nas eleições. “Vamos libertar o Brasil no primeiro turno”, bradou um dos eleitores de dentro de um automóvel. “Aqui todo mundo veio de graça, ninguém está recebendo nada, é por amor à pátria e desejo de mudança na política”, pontou outro apoiador do presidenciável.

Movimentos espontâneos de apoio a Bolsonaro têm ocorrido em várias partes da Bahia e do nordeste. Há menos de duas semanas, cidades como Jequié, Eunápolis, Conquista, Ilhéus e outras realizaram grandes carreatas. Até a próxima semana outros eventos semelhantes estão programados em cidades na região sul da Bahia, a exemplo de Ubaitaba.

A última pesquisa Ibope, divulgada nesta quarta-feira (26) mostra Jair Bolsonaro com 27%, seguido de Haddad 21%, Ciro Gomes (PDT), com 12%, Geraldo Alckmin (PSDB), com 8% e Marina Silva (Rede), com 6%. A eleições acontecem no dia 07 de outubro. (Giro Ipiaú)

Wagner lidera disputa pelo senado com 43%; Lázaro tem 26% e Coronel 22%, diz Ibope

Por: Giro em Ipiaú

O ex-governador Jaques Wagner lidera a disputa por uma vaga no Senado na Bahia. De acordo com pesquisa Ibope divulgada pela TV Bahia nesta quarta-feira (26), ele tem 43% das intenções de voto. Irmão Lázaro (PSC) fica em segundo na corrida, com 26%. Ângelo Coronel cresceu em relação ao levantamento anterior do instituto, mas segue em terceiro, com 22%.
 A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou menos. O Ibope ouviu 1512 eleitores em 90 municípios entre o domingo (23) e esta terça-feira (25). O levantamento foi protocolado no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) com o registro BA-08144/2018 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o registro BR-00231/2018.









WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia