WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
faculdade de ilheus faculdade de ilheus faculdade de ilheus

:: 4/jun/2020 . 12:07

Guarda municipal que atuava em barreira sanitária contra a Covid-19 é baleado por dupla armada em Barro Preto

Um guarda municipal de 58 anos, que trabalhava em uma barreira sanitária contra a Covid-19, em Barro Preto, na região sul da Bahia, foi baleado após homens armados dispararem contra a estrutura, na noite de quarta-feira (3). A informação foi confirmada pela prefeitura da cidade.

O caso ocorreu por volta das 20h30. Dois homens armados chegaram a pé e dispararam contra a barreira sanitária. Não há informações sobre motivação e nem identidades dos suspeitos. Ninguém foi preso.  A assessoria da prefeitura explicou que parte da rua onde a estrutura foi montada é escura. A dupla aproveitou a situação para chegar ao local por essa parte menos iluminada. Os funcionários da barreira estavam de costas para os homens na hora do crime.

Dois outros funcionários, que também trabalhavam no local, não tiveram ferimentos. Um guarda-chuva e algumas paredes ficam com marcas dos tiros. O guarda foi socorrido por agentes da Polícia Militar e levado para o Hospital de Base de Itabuna, cidade da mesma região. Apesar do susto, ele passa bem. Ele recebeu alta e está em casa se recuperando.

Desde quarta-feira (3) e até o dia 15 de junho, Barro Preto está com toque de recolher, das 19h às 5h, como medida de enfrentamento à Covid-19. (G1 Bahia)

ITABUNA REGISTRA MAIS QUATRO MORTES PELA COVID-19 E NÚMERO DE ÓBITOS SOBE PARA 43

Em Itabuna, subiu para 43 o número de mortes provocadas pelo novo coronavírus, sendo que cinco óbitos ocorreram em domicílio. Ontem, eram 39 pessoas que não resistiram à doença. Nas últimas 24 horas foram confirmados mais 33 casos de Covid-19 e o município atingiu a marca de 1.033 infectados.

São aguardado resultados de exames de 159 moradores e outros 411 que apresentam os sintomas da doença esperam a coleta de material. Até o momento, são 3.997 casos notificados da Covid-19, com 2.754 descartados. Existem 1.560 pessoas em monitoramento.

Além disso, Itabuna tem 300 recuperados. O município conta com 58 leitos clínicos, dos quais 20 estão ocupados. São 18 leitos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), incluído os pediátricos. Existem 12 ocupados. Os dados foram divulgados há pouco pela Secretaria Municipal de Saúde. (Pimenta)

MP-BA QUER SUSPENSÃO DE DECRETO QUE REABRIU COMÉRCIO DE ILHÉUS

O Ministério Público Estadual (MP-BA) requereu à Justiça que determine o fechamento dos estabelecimentos e a suspensão de todas as atividades comerciais não essenciais de Ilhéus. A ação contra a reabertura do comércio foi ajuizada pelo MP baiano nesta quarta (3), tendo como autor o promotor de Justiça Pedro Nogueira Coelho, que solicita decisão liminar que suspenda os efeitos do decreto do prefeito Mário Alexandre (Marão).

Conforme a ação, a reabertura deve estar condicionada a cenário epidemiológico favorável, com disponibilidade regular dos leitos de UTI existentes no município, estabilização do número de casos ativos, diminuição da taxa de letalidade do coronavírus, redução contínua da taxa de infecção diária e aumento do índice de isolamento social local. Segundo o promotor, os dados sobre pandemia em Ilhéus mostram que o cenário segue desfavorável, ao contrário do que alega estudo técnico apresentado pelo governo municipal para fundamentar o decreto.

Segundo dados apresentados na ação, coletados dos últimos boletins epidemiológicos divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), a taxa de ocupação dos 31 leitos de UTI para Covid-19 permaneceu em 100% em quase todos os dias entre o período de 21 de maio a 2 de junho de 2020, com exceção do dia 31, quando 27 leitos estavam ocupados.

Porém, no boletim de ontem (2), foram registrados cinco novos óbitos nas últimas 24 horas, chegando a um total de 34 mortes por coronavírus em Ilhéus, número menor apenas que Salvador e Itabuna. “Circunstância essa que, de plano, desperta dúvida se tais óbitos teriam sido causados justamente pela inacessibilidade aos leitos de UTI, diante da máxima lotação acima citada”, afirmou o promotor.

ALTA TAXA DE MORTALIDADE

Pedro Nogueira destacou também que a taxa de letalidade em Ilhéus é 5,3%, uma das cinco maiores do estado. Na semana entre 26 de maio e 2 de junho, o número de casos diários cresceu em mais de 5%, com 163 novos casos confirmados, depois de ter havido redução nas semanas anteriores de maio.

– Tais dados mostram que na última semana do mês ocorreu uma verdadeira explosão em tal curva de crescimento, evidenciando de forma indiscutível que o município está no pico da epidemia com clara tendência de piora no seu cenário epidemiológico.

O promotor de Justiça apontou ainda que a taxa de isolamento, segundo o próprio estudo apresentado pelo município, esteve sempre abaixo de 50% entre os dias 21 e 26 de maio, com exceção do dia 24, quando atingiu 53,8%. “A taxa mínima de isolamento social aceitável deve estar acima de 50% e a desejável para conter a disseminação do vírus seria de 70% (setenta por cento)”, pontuou.

Segundo o promotor, análise gráfica elaborada pelo físico Zolacir Trindade de Oliveira Junior, professor da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), aponta que Ilhéus atravessa fase exponencial no número de casos de infecção por Covid-19. Para a promotoria, o gráfico ressalta o equívoco do estudo apresentado pela Secretaria Municipal de Saúde. (Pimenta)

Homem invade estabelecimento e agride mulher com golpes de facão em Barra Grande

Mulher é agredida com golpes de facão dentro de um restaurante de sushi, em Barra Grande.

Um homem invadiu uma estabelecimento comercial e agrediu uma mulher com golpes de facão, no distrito de Barra Grande, na Península de Maraú. O crime ocorreu por volta das 22h00hs de segunda-feira (1). Segundo informações da vítima, Rebeca Miranda Dias, que é gerente de um restaurante de sushi, o agressor foi até seu trabalho procurando por um funcionário do restaurante para agredi-lo.Foi aí que a vítima pediu para que o homem se retirasse do local, mas o agressor foi na direção da mulher, gritando e bastante agressivo agredindo a vítima com golpes de facão.

De acordo com Rebeca, ela ficou acuada atrás do balcão da recepção, sem saída e gritando por socorro toda machucada, clamando por ajuda de Deus. O agressor então invadiu a pousada Don Pepe que fica ao lado do restaurante, gritando atrás do sushiman batendo com facão pelos objetos. A vítima conseguiu correr e chamar por socorro. O filho do agressor apareceu no local e conseguiu tirar o pai do restaurante.

De acordo com a Polícia Militar, o acusado aparentemente embreagado foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil, para o registro do ocorrido. Os policiais militares de Barra Grande orientaram o propriétario da pousada que foi invadida,  a fazer o boletim de ocorrência no dia seguinte.

A vítima foi na delegacia da polícia civil em Barra Grande e registrou o boletim de ocorrência. De acordo com a delegada Dra Andréa Oliveira, a vítima foi ouvida, fez o exame de corpo de delito no Posto de Saúde do distrito e foi feito um TCO – termo circustanciado por lesão e ameaça.

Ainda segundo a delegada, o contexto da agressão não se encaixa na lei Maria Da Penha, porque a vítima não tem coabitação e nem vínculo com o agressor, e por isso, não houve prisão em flagrante. O crime foi de lesão corporal e ameaça a uma mulher em seu trabalho. “Todo o procedimento neste caso foi realizado dentro do que prevê a lei. Eu como guardiã da lei , nao posso ir além. Não fui eu que fiz as leis, apenas as cumpro e com rigor. Não posso mantê-lo preso, porque se assim fizer, quem será presa, sou, como determina a lei de abuso de autoridade.

Em postagem no facebook, a vítima denunciou Gustavo Lucena Barbosa Ofugi, que segundo ela é o autor da agressão e é arrendatário de um restaurante no centro do distrito. Revoltados com o crime, grupos de mulheres estão convocando toda população para uma manifestação às 16h30 na praça das Mangueiras, no centro de Barra Grande. De acordo com a convocação, todos deverão manter o distanciamento social necessário e usar máscaras.

Mulher é agredida com golpes de facão dentro de um restaurante de sushi, em Barra Grande.

 

junho 2020
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia