Durante pronunciamento na Tribuna do Plenário da Câmara Municipal, o vereador e vice-presidente, Osvaldo Mota, “Vado”, rebateu as declarações dadas pelo vereador de oposição Jeremias “Bobô” que criticou o valor que a prefeitura gasta com merenda escolar. Vado rebateu as declarações do colega afirmando que quando um vereador vota contra as contas de um prefeito, é preciso ter responsabilidade com as pessoas.

Vocês se lembram que o ex-prefeito (Pito), ele deixou cancelar o dinheiro da merenda escolar? Ele (Bobô) tá achando muito caro o valor investido na merenda escolar né, mas o ex-prefeito deixou cancelar o dinheiro da merenda e do transporte escolar. Então, é por essas e outras que votei contra as contas do ex-prefeito, e ele não deu a mínima nas prestações de contas. Não se explicou, não falou porque fez isso. 

Para Vado, quando os prefeitos gastam na BR-030 que não é de sua responsabilidade, mas tenta amenizar o sofrimento do povo, eles não podem prestar contas no TCM, pois, a prefeitura não pode investir em obras que são responsabilidade do Governo Federal, e isso, acaba prejudicando os prefeitos nas prestações de contas.

Como que presta conta no Tribunal de Contas dos Municípios o valor investido em uma rodovia federal que não é obrigação da prefeitura? Agora eu pergunto ao vereador se foi gasto dinheiro na BR-030 ou não? Eaí? Como que presta conta? Questiona Vado à Bobô.