A APLB-Sindicato, que representa os trabalhadores da educação da rede municipal de ensino em Maraú vai aderir à greve geral contra a Reforma da Previdência , articulada por diversas centrais sindicais do país e que vai acontecer na próxima sexta-feira (14/06). Isso significa dizer que não haverá aulas nas escolas públicas municipais e estaduais, neste dia.