2019 maio 25
WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

maio 2019
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: 25/maio/2019 . 14:47

“Por que tudo é para Itacaré e Maraú nada?” questiona Régis sobre a falta de apoio do Governo da Bahia nos eventos para Maraú

Vereador Régis

Em sua fala no plenário da Câmara Municipal de Maraú, o vereador Reginaldo Bispo dos Santos (PRB) falou sobre os eventos que vem acontecendo em Itacaré e falta deles na Península de Maraú. De acordo com o parlamentar, a cidade vizinha vem ocupando cada vez mais o espaço de destaque no turismo regional, com a realização de vários eventos com forte patrocínio do Governo do Estado.

O vereador aproveitou para da uma leve alfinetada no Governador Rui Costa (PT) que por meio da Bahiatursa, vem derramando dinheiro em patrocínios em todas as festas de Itacaré. Reginaldo acredita que há um certo favorecimento ao prefeito da cidade vizinha, que é do mesmo partido político do Governador Rui Costa.

“O Governo em Itacaré é PT, aqui é PP (Maraú) mas é da base aliada do Governador, e por que tudo é Itacaré e Maraú nada? Maraú só serve de escada, e nada mais. Então precisamos chamar a Secretária de Turismo do nosso município para dialogar sobre a realização de eventos em Maraú.” diz o vereador

 

Jovem sequestra mulher, rouba dinheiro, estupra e atropela vítima em Porto Seguro

Numa ação rápida, a PM prendeu no fim da tarde dessa quarta-feira, 21, em Porto Seguro, um homem acusado de sequestrar, estuprar e agredir violentamente uma empresária de 43 anos. Segundo informou o site Radar64, a vítima foi encontrada em uma estrada de chão, nas imediações da Estação da Ceplac, a poucos metros da BR-367. Ela foi abordada pelo criminoso quando saia de uma agência bancária.

No hospital, a mulher contou que o bandido forçou a fazer uma transferência de dinheiro para a conta dele, por meio de um aplicativo de celular. Ainda segundo a empresária, em seguida, ele a levou em seu próprio carro e após percorrer diversos bairros, parou em um local deserto e a estuprou. O criminoso ainda teria tentado mata-la estrangulada e a golpeou com uma ferramenta de ferro conhecida como “macaco”. O homem ainda atropelou a vítima. “Ele passou o carro por cima de mim várias vezes”, conta.

A mulher foi encontrada por um funcionário da Ceplac que acionou a Polícia. O suspeito identificado como Rafael Almeida Schettini, 19, foi preso dirigindo o carro da vítima. Ele teria confessado o crime, segundo informou a polícia. O agressor está custodiado na 1ª Delegacia Territorial de Porto Seguro. O estado de saúde da mulher é grave. (Giro em Ipiaú)

Maraú: Com CNH falsa, bandidos alugam dois quadriciclos em Barra Grande e fogem com veículos

Um golpe que se espalha pelo país faz vítimas também na Península de Maraú. Desta vez, o caso aconteceu no distrito de Barra Grande, na última sexta-feira, dia 24, quando dois homens alugaram dois quadriciclos apresentando duas CNH falsas com nomes e fotos de possíveis laranjas. 

O proprietário dos quadriciclos só descobriu o golpe, após ir até a pousada em que os criminosos disseram estar hospedados e ser informado que não tinha nenhum hóspede com os nomes da CNH. A vítima procurou a polícia civil em Barra Grande, que acionou a Polícia Militar de Camamu e Ituberá.

Por volta das 17h, os criminosos foram vistos nas proximidades do Posto Líder, já na cidade de Camamu, trafegando em alta velocidade e quase atropelando pedestres que passavam pelo local na hora. A polícia militar de Camamu foi acionada e saiu em busca dos criminosos que deixaram os veículos na região de Pinaré. Os suspeitos fugiram.

COMO FUNCIONA O GOLPE

Os falsos clientes alugam carros ou quadriciclos em locadoras, não devolvem e vendem os veículos como se fossem deles ou desmontam as peças para revender. A polícia não enquadra isso como furto e, sim, como apropriação indébita.

O golpista ou um laranja aluga o carro ou quadriciclo, não devolve e se aproveita de uma brecha na lei que não considera isso roubo ou furto. Dessa maneira, o veículo não entra no radar da polícia.

Para muitos advogados, é preciso rever alguns processos para diminuir esse tipo de crime. A primeira medida é fazer com que conste nos registros do Detran [Departamento Estadual do Trânsito ] restrições ao veículo não só de roubo e furto, mas também de outros crimes, estelionato e apropriação indébita. Paralelamente os delegados, vendo esse contexto brasileiro de milhares e milhares de veículos que são furtados usando uma simulação de locação, passem a registrar esse tipo de episódio como o que eles realmente são, que é um furto mediante fraude. 

 

 









WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia