2019 maio 20
WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


maio 2019
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: 20/maio/2019 . 22:20

Maraú: Motorista perde controle do carro, sai da pista e um homem fica ferido na BR-030 na região do Caubi

Um acidente foi registrado no início da tarde do último domingo (19), por volta das 15h30, na BR-030, em Maraú. Segundo informações da guarnição da Polícia Militar que fica na região do Caubi, que esteve no local do acidente para prestar socorro, um homem seguia em um carro quando perdeu o controle, saiu da pista e só parou ao bater em um pé de banana.

O motorista do veículo fugiu antes da chegada da polícia militar, deixando o dono do carro ferido no banco do carona. Marcos Pereira da Silva, que é residente da cidade de Itacaré, foi socorrido e levado pelos policiais militares ao hospital da cidade e não corre risco de vida.

Júlio César parabeniza prefeita Gracinha pela construção da escola do Ponto do Café e solicita criação de espaços de lazer nas escolas

O vereador Júlio César (PRTB) reforçou o pedido feito na sessão anterior sobre a possível criação de novos espaços de lazer nas escolas municipais. De acordo com o vereador é de extrema importância sua indicação. O edil aproveitou também para pedir um pouco mais de celeridade no conserto da patrol da prefeitura, para que retorne os serviços na estrada da Santa Maria.

Júlio César ainda parabenizou a Prefeita Gracinha e o Secretário de Educação, Antônio Carlos, pela reforma e ampliação da escola Roberto Adami Sá, no Ponto do Café. O parlamentar ainda reforçou na sessão, a importância da vinda do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), que irá ajudar a população local na resolução mais rápida dos pequenos conflitos.

Mucuri: Conheça cidade do extremo sul da Bahia que tem PIB per capita maior que Salvador e Porto Seguro

O município de Mucuri, que fica no extremo sul da Bahia, tem fundamental importância para a economia da regão. Com Produto Interno Bruto (PIB) per capita maior do que o de Salvador, a cidade tem na produção de celulose o carro-chefe da região. Além disso, a cidade ainda é conhecida por belas praias e festas, como o carnaval.

Com 250 anos de emancipação, o município tem 41.221 habitantes e faz fronteira com os estados do Espírito Santo e Minas Gerais. A cidade tem 1.787,626 km² de extensão territorial, e é maior que outras cidades da região, como Itabuna (401,028 km²), Eunápolis (1.425,970 km²) e Ilhéus (1.588,555 km²).

Mucuri fica no litoral e faz parte da zona conhecida como Costa das Baleias, que tem outras quatro cidades da região (Nova Viçosa, Alcobaça, Prado e Caravelas). Entre os principais pontos turísticos estão a Passarela do Gigica, a Lagoa Azul, a praia da Costa Dourada e o rio que leva o mesmo nome da cidade.

As praias mucurienses, no entanto, também são motivos de preocupação. O avanço do mar tem causado estragos ao longo dos anos. Entre 2014 e 2017, pelo menos 15 imóveis localizados na orla da cidade desabaram por conta da erosão costeira. A Defesa Civil da cidade tem feito ações para conter a situação.

Educação e desenvolvimento

A cidade tem duas creches municipais, três colégios estaduais, 22 escolas municipais e 18 escolas municipais rurais. Em 2018, 6.387 alunos foram matriculados no ensino fundamental e outros 1.615 no ensino médio, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Até o ano de 2010, quando foi realizado o último Censo do IBGE, a taxa de escolarização de crianças entre 6 a 14 anos de idade era de 94,1%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em comparação com os outros 417 municípios da Bahia, Mucuri ocupa a 406ª posição no ranking de cidades mais escolarizadas.

O último medidor do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) da cidade foi feito em 2015, e a cidade ficou com média de desempenho de 4,3.

Com base nas metas estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC), as escolas precisam alcançar 6 pontos até 2022, que é a média correspondente ao sistema educacional dos países desenvolvidos.

 

Comércio

A principal arrecadação do município provém do ICMS, o imposto cobrado pela circulação de mercadorias e serviços de uma empresa que fabrica papel e celulose.

De acordo com dados do IBGE, o produto interno bruto (PIB) per capita de Mucuri é de R$ 47.890,59 – maior que o de Porto Seguro (R$ 17.114,47), cidade turística que também fica no extremo sul baiano, e da capital Salvador (R$ 20.796,62).

A média de salário mensal dos trabalhadores formais do município é de três salários mínimos. Ainda conforme o IBGE, até o ano de 2016, dos mais de 41 mil habitantes de Mucuri, apenas 7.287 pessoas estavam empregadas. O número representa um percentual de cerca de 17,5% com relação ao número total da população.

Saúde e saneamento

Mucuri tem 21 unidades de saúde que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS), entre eles Unidade de Pronto Atendimento (UPA), hospitais, clínicas especializadas e postos de saúde.

Os índices de mortalidade infantil da cidade, até o último levantamento feito pelo IBGE em 2014, são pequenos: três óbitos a cada mil nascidos vivos. O indicador considerado aceitável pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 10 mortes para cada mil nascimentos.

Outro fator que impacta em questões de saúde é o saneamento básico do local. Até 2010, a cidade tinha apenas 30% dos domicílios com esgotamento sanitário adequado. Em comparação com os outros 417 municípios baianos, Mucuri ocupa o 166ª posição.









WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia