O vereador Gustavo Magalhães (PP) iniciou suas falas na sessão da câmara municipal falando sobre uma situação que vem sendo recorrente no distrito de Barra Grande, o conflito entre às tradições e costumes dos moradores do distrito e os costumes e vontades dos novos moradores do distrito que vive um ‘boom’ de crescimento populacional. 

Gustavo que é um dos fiés mais antigos e presente da comunidade católica se diz indignado e revoltado com a atitude de alguns empresários recém-chegados no distrito perante uma das tradições da Igreja de Santo Antônio da localidade.

De acordo com o vereador, alguns empresários da praça, foram para porta da Igreja, tentando impedir a soltura de fogos de artifício que é tradicional na cultura de Barra Grande nas comemorações do ‘Mês de Maria’ e dos festejos em louvor a Santo Antônio. 

O vereador pede aos recém-chegados respeito as tradições e costumes de Barra Grande e que se adpatem a cultura local. “Se coloca um som na praça, reclamam, se os jovens jogam bola a noite na quadra, reclamam também” diz o vereador. 

O edil revoltado com a situação ainda disse “Quando nós chegamos em uma comunidade que tem sua tradição e sua cultura, precisamos respeitar, por mais que não gostem, é preciso respeitar a cultura e a tradição local. E se chegarmos em um local e não podermos respeitar os costumes e não se sentir bem, oquê fazemos? pegamos nossas malas e vamos embora.” afirma.

Gustavo ainda disparou com um ditado popular bastante conhecido que é “Eu acho é que os incomodados é que se mudem!” dispara.