O vereador Gustavo Magalhães se solidariza com o servidor Pedro Fontes, que é administrador do Distrito de Barra Grande, que sofreu uma agressão no último dia 6, de Abril. As agressões iniciaram no centro do distrito e continuaram na porta da delegacia.

Em sua fala na sessão da câmara, o vereador repudiou qualquer forma de violência, sendo que desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela é crime, segundo o artigo 331 do Código Penal Brasileiro, que prevê detenção, de seis meses a dois anos, ou multa.