Homem é preso acusado de estuprar turista em Barra Grande | Foto: Polícia Civil de Maraú

 

MARAÚ – A Polícia Civil de Barra Grande prendeu na madrugada desta terça-feira (12) o suspeito de ter estuprado e agredido a turista Brasiliense de 34 anos. Joseilton Jorge Conceição, Vulgo ‘Jeilton’ de 25 anos, que é natural de Camamu, foi encontrado e preso por volta das 23:50, pelo Delegado de Polícia, Marcos Augusto Larocca, investigador Robson Evangelista e pelo agente civil, Ramiro Soledade, na Ponta do Mutá, próximo ao local do crime.

A vítima, residia em Taguatinga, no Distrito Federal, mas passava férias com a família no Distrito de Barra Grande, na Península de Maraú, quando foi violentada no início da manhã do último domingo, dia 10, enquanto caminhava pelas areias da praia da Ponta do Mutá, nas proximidades do Farol. O caso ganhou repercussão a nível estadual sendo noticiado no G1 Bahia, o portal de notícias da Globo e por mais de 30 sites do Estado, sendo destaque no programa Bahia Meio Dia, da TV Santa Cruz de Itabuna.

A polícia chegou ao autor, através das características passadas pela vítima. Ela prestou novo depoimento na delegacia de Guará, em Brasília, e por meio de fotos, reconheceu o autor do estupro. No procedimento de reconhecimento, a polícia detalha que foram cumpridas as metodologias necessárias para evitar equívocos. “Tivemos o cuidado de fazer o reconhecimento colocando, lado a lado fotos do suspeito com outros indivíduos com características similares.” 

Tanto a Civil como a Polícia Militar, passaram os últimos dias fazendo rondas intensivas para prender o acusado. O Delegado Marcos Larocca em entrevista ao Barra Grande 24 Horas, destacou o excelente trabalho realizado pela equipe da Polícia Civil na elucidação do crime e prisão do autor do estupro.  “A agilidade da equipe, mesmo com dificuldades no inicio da investigação, fizeram a diferença na prisão do individuo, que agora não ficará mais solto.” comenta.

O preso será encaminhado para Ilhéus e posteriormente levado ao presídio Ariston Cardoso, onde permanecerá a disposição da justiça. A polícia Civil convocou para às 10h da manhã desta terça-feira, 12, uma entrevista coletiva, na delegacia de Ilhéus. 

Por: Darlim Santos | Portal Barra Grande 24 Horas.