2019 fevereiro 06
WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  

:: 6/fev/2019 . 17:21

TRE inicia cadastramento biométrico obrigatório para eleitores de Camamu e Maraú 

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Bahia já iniciou o recadastramento obrigatório do eleitorado por meio da coleta de dados biométricos. Para as eleições municipais de 2020, a biometria passa a ser compulsória para os eleitores de Maraú e Camamu, onde a atualização do cadastro deverá ser efetuada até 30 de agosto de 2019. 

Onde e quando.

O cartório eleitoral de Camamu disponibiliza apenas as terças e quintas para os eleitores de Maraú, sempre das 8h às 14h. São distribuídos apenas 25 senhas, sendo 5 prioridades e 20 normais. 

Como fazer?

Para ser atendido, o eleitor precisará apresentar as originais de um documento de identificação oficial com foto – exceto carteira de habilitação e passaporte novo. É preciso também levar o comprovante de residência recente e título de eleitor. Homens que vão fazer o alistamento militar devem apresentar o comprovante de quitação do serviço militar.

Comprovação de residência 

O comprovante de residência deve estar no nome do eleitor, do cônjuge ou companheiro, de ascendente (pai, mãe, avô ou avó) ou descendente (filho, filha, neto ou neta), ou de parente colateral até o terceiro grau (tio ou tia), ou representante legal (assim nomeado por decisão judicial). O grau de parentesco deverá ser comprovado, documentalmente, no ato do atendimento. 

Serão aceitos como comprovante de residência: contas de água, de luz, de telefone e de internet, boletos bancários (fatura de cartão de crédito), declaração da Bolsa Família (assinada e carimbada pelo órgão responsável), declaração do ITR (2016 ou 2017) e declaração de matrícula escolar (2017). 

Vale lembrar que os comprovantes de domicílio devem ser atuais, cuja data de emissão tenha ocorrido até três meses antes do dia do atendimento (exceto ITR-2016). 

 

 

Quem não comparecer ao cartório local no prazo estipulado terá o título de eleitor cancelado. Sem o título de eleitor, o cidadão fica impedido de votar, pedir passaporte, se inscrever em concursos públicos, pedir empréstimo em banco público ou renovar e fazer matrícula em instituições públicas de ensino.

 
 









WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia