2019 janeiro 15
WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pousada cravo canela apaixona camamu

janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: 15/jan/2019 . 16:28

Pôr do sol na sede Maraú encanta moradores; veja foto

Pôr do Sol em Maraú | Foto: Danilo

O Pôr do Sol da última segunda-feira, dia 14, na sede de Maraú, se despediu de maneira encantadora e deixou os moradores maravilhados com o visual. Nas redes sociais, o que mais se viu foram imagens do momento especial registrados pelos marauenses que estavam contemplando o fim de tarde. 

Maraú: Sensei Elivan Souza dá aulas gratuitas de karatê para crianças e adolescentes em Tremembé

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre um projeto esportivo que atende jovens no povoado de Tremembé, em Maraú. ‘Formando Cidadãos’ é o nome dado ao projeto social que oferece aulas de karatê. As aulas é ministrada pelo Sensei Elivan Souza Santos, faixa preta 1 Dan, e que atende ao todo 30 crianças e jovens de 7 a 17 anos. 

O Karatê, uma arte marcial reconhecida por educadores, médicos e sociólogos como uma maneira saudável da prática do esporte, desenvolve aspectos psicológicos e comportamentais, tais como disciplina, responsabilidade, pontualidade, organização, concentração, respeito à hierarquia e ao próximo, raciocínio rápido, auto controle, auto confiança. 

Os benefícios físicos também são significativos, uma vez que o karatê desenvolve um bom funcionamento cardiovascular, tonificando os músculos, exercendo elasticidade, proporcionando qualidade no sono e disposição física. O vereador Adson é um apoiador do projeto.

Maioria defende redução da maioridade penal para 16 anos, diz Datafolha

 

Do Atualiza Bahia

84% dos brasileiros são favoráveis à redução da maioridade penal de 18 para 16 anos. Segundo pesquisa do Datafolha divulgada hoje (14), apenas 14% são contrários à alteração. 2% são indiferentes ou não opinaram. Entre os favoráveis à redução, 33% defendem que a medida deve valer somente para determinados crimes, enquanto os outros 67% acreditam que ela deve ser aplicada a todos os tipos. Segundo a pesquisa, para 45%, a faixa etária deveria ser de 16 a 17 anos e, para 28%, de 13 a 15 anos. Uma minoria, de 9%, acha que a idade mínima ideal é de 12 anos. O Datafolha entrevistou 2.077 pessoas em 130 municípios, entre 18 e 19 de dezembro de 2018. As informações são do Metro1.

Bolsonaro assina decreto que facilita posse de armas

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (15), em cerimônia no Palácio do Planalto, um decreto que facilita a posse de armas de fogo. O texto permite aos cidadãos residentes em área urbana ou rural fazer o pedido à Polícia Federal para manter arma de fogo em casa. Se cumprir os requisitos (veja regras mais abaixo) poderá ter até quatro armas, limite que pode ser ultrapassado em casos específicos. O decreto também prevê que o prazo de validade do registro da arma, hoje de cinco anos, passará para dez anos.

“Todo e qualquer cidadão e cidadã, em qualquer lugar do país, por conta desse dispositivo, tem o direito de ir até uma delegacia de Polícia Federal, levar os seus documentos, pedir autorização, adquirir a arma e poder ter a respectiva posse“, declarou o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Segundo o ministro, agora, a “verdade” estará com o cidadão quando ele fizer o pedido. “Basta uma declaração do cidadão e esta declaração será tomada como verdade”, afirmou Lorenzoni.

direito à posse é a autorização para manter uma arma de fogo em casa ou no local de trabalho (desde que o dono da arma seja o responsável legal pelo estabelecimento). Para andar com a arma na rua, é preciso ter direito ao portecujas regras mais rigorosas e não foram tratadas no decreto. O texto assinado por Bolsonaro modifica um decreto de 2004, que regulamenta o Estatuto do Desarmamento. O Estatuto dispõe sobre regras para posse e porte de arma no país.

“Como o povo soberanamente decidiu por ocasião do referendo de 2005, para lhes garantir esse legítimo direito à defesa, eu, como presidente, vou usar esta arma”, disse Bolsonaro, mostrando uma caneta antes de assinar o decreto. 

No discurso, o presidente afirmou que o decreto restabelece um direito definido no referendo. Na época, a maioria da população rejeitou trecho do Estatuto do Desarmamento que tornava mais restrita a posse de armas.

“Infelizmente o governo, à época, buscou maneiras em decretos e portarias para negar esse direito”, disse Bolsonaro. “O povo decidiu por comprar armas e munições e nós não podemos negar o que o povo quis nesse momento”, declarou. 

Segundo pesquisa do Instituto Datafolha divulgada em 31 de dezembro, 61% dos entrevistados consideram que a posse de armas de fogo deve ser proibida por representar ameaça à vida de outras pessoas.

No discurso na solenidade de assinatura do decreto, Bolsonaro criticou a maneira como a lei até então em vigor exigia comprovação “da efetiva necessidade” de ter uma arma em casa. Segundo ele, essa regra “beirava a subjetividade”.

O novo texto mantém a exigência, mas estabelece as situações concretas em que se verificam a “efetiva necessidade”. Além disso, o Estado, ao analisar a solicitação, vai presumir que os dados fornecidos pelo cidadão para comprovar a “efetiva necessidade” são verdadeiros.

O que o diz o decreto

Pelas novas regras, ficam estabelecidos os seguintes critérios para que o cidadão comprove “efetiva necessidade” de possuir arma em casa:

  • Ser agente público (ativo ou inativo) de categorias como: agentes de segurança, funcionário da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), agentes penintenciários, funcionários do sistema socioeducativo e trabalhadores de polícia administrativa;
  • Ser militar (ativo ou inativo)
  • Residir em área rural;
  • Residir em área urbana de estados com índices anuais de mais de dez homicídios por cem mil habitantes, segundo dados de 2016 apresentados no Atlas da Violência 2018 (todos os estados e o Distrito Federal se encaixam nesse critério).
  • Ser dono ou responsável legal de estabelecimentos comerciais ou industriais; e
  • Ser colecionador, atirador e caçador, devidamente registrados no Comando do Exército.

Mãe e filho morrem após caminhão em que estavam capotar na BR-101, em Ibirapitanga

 
 
Do Giro em Ipiaú
 
Uma mulher de 36 anos e o filho dela, que tem quatro, morreram após o caminhão em que estavam capotar na BR-101, na altura da cidade de Ibirapitanga. O motorista do veículo, que é companheiro da mulher de 36 anos e pai da criança, não teve ferimentos. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas foram identificadas como Cátia Manuela Passos e Jackson Oliveira. O motorista foi identificado como Giosvaldo Silva, 41 anos. Segundo a PRF, o caminhão trafegava na via, quando um dos pneus estourou, na altura do KM-397, fazendo o veículo capotar. Com o impacto, Cátia e Jackson morreram no local. Os corpos das vítimas foram levados para Instituto Médico Legal de Ilhéus. A via ficou interditada por cerca de 40 minutos, porque o caminhão ficou atravessado na pista. Segundo informações da PRF, o veículo saiu de Feira de Santana e seguia para Itabuna. *Com informações do G1
 

Camamu: Suspeito de roubo de motos é preso em Travessão

Do Camamu Atual

Na última sexta-feira, 11/01/2019, no Distrito de Travessão, Camamu/BA, foi preso em flagrante e autuado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo o indivíduo que se identificou por GILSON CONCEIÇÃO DOS SANTOS. Ocorre que, posteriormente, a Polícia Civil descobriu que o citado indivíduo havia passado informações falsas sobre a sua identificação à Autoridade Policial, sendo constatado que o nome verdadeiro do autuado é JOSENILTON SANTOS DA PAZ, alcunha “JACU ou CHICO ou GOLEIRO”.

A Polícia Civil também obteve informações que JOSENILTON é o responsável por vários roubos de motocicletas que ocorreram nos últimos meses no Distrito de Travessão. Na segunda-feira, inclusive, compareceram na Delegacia de Camamu duas vítimas que tiveram suas motocicletas roubadas, uma no final de dezembro e outra no início de janeiro, e o reconheceram como sendo o autor dos respectivos roubos.

A Polícia Civil de Camamu acredita que há várias outras vítimas de JOSENILTON, pois houve um número alto de roubo de motocicleta naquela localidade nos últimos meses, e pede para que quem reconhecer JOSENILTON por meio das fotografias que estão sendo disponibilizadas comparecer na Delegacia de Polícia Civil de Camamu, tel.: 73 3255-2267. JOSENILTON tem uma peculiaridade que é uma cicatriz na testa, o que facilita sua identificação.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia