Distrito de Ibiaçú, zona rural de Maraú | Foto; Darlim Santos

A tranquilidade da vida no campo já não é mais a mesma. Moradores reclamam do aumento da criminalidade nas propriedades rurais e nos povoados e distritos mais longes da sede de Maraú. Na última semana de 2018,  moradores do distrito de Ibiaçú voltaram a sofrer com arrastões, bandidos armados levaram dinheiro e celulares das vítimas. Nesta semana, moradores do povoado do Tabuleiro, já nas proximidades da BR 101, uma dupla de moto também realizou assaltos levando celulares e causando pânico na comunidade.

O delegado da Polícia Civil, Marcos Larocca, explica que as vítimas precisam fazer o registro policial para ajudar no trabalho de prevenção e combate à violência. “É com base nessas ocorrências que nós fazemos todo esse planejamento estratégico de como se vai agir naquela situação e naquela região”. 

O Tenente PM, Barreto que é comandante do 4º pelotão de Maraú, falou que a polícia militar tem intensificado as rondas rurais no município, mesmo com a dificuldade de conseguir cobrir toda zona rural que é bastante extensa. 

Preocupada com a situação, a prefeita Gracinha Viana em 2017 participou de várias reuniões com o Secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa e pediu o aumento do efetivo da Polícia Militar e mais viaturas para fazer a ronda rural.