2018 setembro 20
WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pousada cravo canela apaixona camamu

setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

:: 20/set/2018 . 21:07

Nesta sexta-feira (21), será entrevistado na Rádio Litoral FM o Secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Maraú

Nesta sexta-feira (21), estará na Rádio Litoral FM, 95.7, o Secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca de Maraú, Vademir Filho, onde participará de uma entrevista com o comunicador Zito Carvalho, no programa Alô Litoral. A entrevista está prevista para ter início às 12:30.

O secretário vai abordar assuntos referentes, aos investimentos no setor e fará um balanço da atuação da pasta nesses seis anos do governo municipal da Prefeita Gracinha Viana.

URUÇUCA: PREFEITO MOACYR LEITE SOFRE TENTATIVA DE ASSALTO NA BR 101

Por: Políticos do Sul da Bahia

O prefeito de Uruçuca, Moacir Leite, por pouco não foi alvo de criminosos na noite desta quarta-feira (19), por volta das 21h30min, quando seguia para Salvador. A tentativa de assalto ocorreu entre Travessão e Itamarati, na BR-101. O seu veículo (SW4) foi surpreendido por um EcoSport que emparelhou com o carro onde estava o prefeito. De arma em punho um dos ocupantes do veículo ordenou que parasse e bloqueou uma das pistas.

Moacyr Leite disse que o seu motorista desviou o veículo, quando percebeu que vinha um caminhão no sentido contrário. Se fosse o caso preferiria correr o risco de colidir frontalmente. E de imediato ele aumentou a velocidade e foi ainda seguido por alguns quilômetros pelos criminosos que não conseguiram alcançar.

Já nas imediações de um posto de combustíveis localizado no município de Gandu o carro onde estava o prefeito parou em busca de proteção. Logo, percebeu que não estava sendo mais seguido. Depois, concluiu a viagem para Salvador. A ocorrência foi registrada na Polícia Civil.

Refeito do susto, o prefeito Moacyr Leite disse que “dificilmente podemos relacionar este fato a crime político, porque a abordagem dos criminosos foi bem diferente disso. Cremos que foi tentativa de assalto ou mesmo sequestro. Foi assustador e nenhum cidadão tem segurança em qualquer local, principalmente nas estradas”, acentuou.

Horário de verão começa a valer em novembro, após a eleição

Os descontentes com o horário de verão terão menos dias de sofrimento nesta temporada. Em 2018, será aplicado pela primeira vez o decreto presidencial que empurrou de outubro para o primeiro domingo de novembro a mudança nos relógios.

Com isso, o horário de verão começará no dia 4 de novembro. No ano passado, por exemplo, quando ainda valia a regra do terceiro domingo do décimo mês, começou em 15 de outubro. O próximo horário de verão terminará em 16 de fevereiro. Em comparação com o do ano passado, terá 21 dias de duração a menos.

A mudança nas regras foi definida em dezembro do ano passado pelo presidente Michel Temer, a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Então à frente do TSE, o ministro Gilmar Mendes argumentou que a vigência do horário de verão em meio ao período eleitoral agravava os problemas relativos à existência de diferentes fusos horários eleitorais no país, podendo confundir os votantes e aumentar a abstenção.

A mudança ocorreu depois de um processo em que o governo discutiu até mesmo extinguir o horário de verão, a partir de dados do Ministério de Minas e Energia que apontavam uma efetividade decrescente da medida para economizar eletricidade. Ao longo do tempo, Estados que participavam, como a Bahia, decidiram ficar de fora do horário de verão – o sistema é eficaz apenas em regiões mais distantes da linha do Equador. Atualmente, os relógios são adiantados em uma hora em 10 Estados (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul) e no Distrito Federal.

O objetivo primordial do horário de verão é intensificar o uso da luz natural em relação à artificial. Quando os relógios são adiantados em uma hora, espera-se uma queda da concentração de consumo de energia no horário entre 18h e 21h. Com isso, ocorre um achatamento da curva de consumo, com um menor carregamento nas linhas de transmissão, nas subestações e nos sistemas de distribuição de eletricidade.

Prefeita Gracinha se reúne e ouve reivindicações dos moradores em Barra Grande

Visando conhecer mais a fundo as necessidades e os problemas do povo marauense, a prefeita de Maraú, Gracinha Viana, esteve reunida na última terça-feira (18) com moradores do distrito de Barra Grande. A iniciativa aproxima a prefeitura da população e tem por objetivo ouvir as principais reivindicações e carências de quem reside na localidade.

Na oportunidade, representantes da associação de moradores, do setor de transportes marítimos e terrestres como taxistas, motoristas de jardineiras e mototaxistas apresentaram algumas reivindicações a prefeita e ouviram também sobre as benfeitorias que Gracinha Viana ao lado dos Deputados Eduardo Salles e Ronaldo Carletto vêm realizando no município.

Além de ouvir as principais reivindicações e necessidades da comunidade e apresentar os candidatos a deputado federal e estadual, em sua fala, a prefeita agradeceu a vinda dos moradores e falou da importância de ouvir a população e reafirmou seu compromisso da luta de dar mais qualidade de vida ao povo.

A gestora estava acompanhada do vereador, Gustavo Magalhães, do secretário de Infraestrutura e Obras Tinho, da Secretária de Turismo Nilza Vicente e do Secretário de Educação Antônio Carlos. Gracinha aproveitou a ocasião para tirar as duvidas dos moradores sobre a situação da saúde pública do município.

A prefeita também esteve em reunião na vila do Mangue Verde e ouviu outras demandas de moradores e disse que os pedidos serão avaliados com secretários. Ela lembrou, porém, que as medidas serão adotadas conforme o cenário financeiro da prefeitura.

Cultura: Banda Toco Y Me Voy se apresentará em Maraú, Itacaré e Ilhéus em novembro

Banda Toco Y Me Voy. Foto: Divulgação

Numa carretinha acoplada a uma van que se transforma num palco itinerante, a Toco Y Me Voy revisita o conceito de “mambembe” e vai rodar a Bahia com apresentações gratuitas em áreas públicas. Num formato de show que coloca a rua como espaço de visibilidade para o artista e de interação direta com o público, a banda vai percorrer 10 cidades do estado.

Banda Toco Y Me Voy. Foto: Divulgação

O projeto é uma realização da Multi Planejamento Cultural e apoio financeiro do Estado da Bahia através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia. Em outubro, o projeto segue para Salvador e fecha a circulação em novembro, com paradas em Maraú, Itacaré e Ilhéus. (Com informações do Viva Comunicação Interativa)





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia